19 de mai de 2007

Hoje à tarde, assistindo um filme, eu comecei a pensar em como sentimentos e relacionamentos, que julgamos eternos, se acabam num determinado momento e tudo muda dentro de nós. Quem já sentiu isso está entendendo o que quero dizer.
Quem nunca amou alguém e achou que sem esse amor não conseguiria sobreviver? E o perdeu e sobreviveu e conheceu outros amores.
Quem nunca teve um amigo(a) e acreditou que sem ele(a) sua vida não seria a mesma? E essa amizade se acabou e você conheceu outras pessoas, fez novas amizades e seguiu em frente?
Isso é a vida, sempre se renovando. Tudo tem seu tempo de começar e acabar. Algumas duram mais, outras menos. O importante é passar na peneira e ficar com as coisas boas, com as lições, com as boas lembranças apenas. O resto... a gente esquece e segue em frente, com a surpresa que sobreviveu e quer coisas novas na vida.
(pintura de salvador dali)

QUEM SOU EU ?
''Não venha me falar de razão,
Não me cobre lógica
Não me peça coerência,
Eu sou pura emoção,
Tenho razões e motivações próprias,
Me movimento
por paixão,
Essa é minha religião e minha ciência.
Não meça meus sentimentos,
Nem tente compará-los a nada,
Deles sei eu,,
Eu e meus fantasmas,
Eu e meus medos,
Eu e minha alma.
Sua incerteza me fere,
Mas não me mata.
Suas dúvidas me açoitam,
Mas não deixam cicatrizes.
Não me fale de nuvens,
Eu sou Sol e Lua,
Não conte as poças,
Eu sou mar,
Profundo, intenso, passional.
Não exija prazos e datas,
Eu sou eternidade e atemporal.
Não imponha condições,
Eu sou absolutamente incondicional.
Não espere explicações,
Não as tenho, apenas aconteço,
Sem hora,
local ou ordem.
Vivo Em cada molécula,
Sou um todo e às vezes sou nada,
Você não me vê,
Mas me sente,
Estou tanto na sua solidão,
Quanto no seu sorriso.
Vive-se por mim,
Morre-se por mim,
Sobrevive-se sem mim,
Eu sou começo e fim,
E todo o meio.
Sou seu objetivo,
Sua razão que a razão
Ignora e desconhece,
Tenho milhões de definições,
Todas certas,
Todas imperfeitas,
Todas lógicas apenas
Em motivações pessoais,
Todas corretas,
Todas erradas,
Sou tudo,
Sem mim, tudo é nada.
Sou amanhecer,
Sou Fênix,
Renasço das cinzas,
Sei quando tenho que morrer,
Sei que sempre irei renascer,
Mudo protagonista,
Nunca a história.
Mudo de cenário,
Mas não de roteiro.
Sou música,
Ecôo, reverbero, sacudo.
Sou fogo,
Queimo, destruo, incinero.
Sou água,
Afogo, inundo, invado.
Sou tempo,
Sem medidas, sem marcações.
Sou clima,
Proporcional a minha fase.
Sou vento,
Arrasto, balanço, carrego.
Sou furacão,
Destruo, devasto, arraso.
Mas sou tijolo,
Construo, recomeço ...
Sou cada estação,
No seu apogeu e glória.
Sou seu problema
E sua solução.
Sou seu veneno
E seu antídoto
Sou sua memória
E seu esquecimento.
Eu sou seu reino, seu altar
E seu trono.
Sou sua prisão,
Sou seu abandono e
Sou sua liberdade.
Sua luz,
Sua escuridão
E seu desejo de ambas,
Velo seu sono ...
Poderia continuar me descrevendo
Mas já te dei uma idéia de quem sou...
Muito prazer, tenho vários nomes,
Mas aqui, na sua terra,
Chamam-me de..
AMOR ''
(autor desconhecido)

com isso descobri que tenho muuuito em comum com o Amor.

4 comentários:

  1. Oi Lu,

    Também achei isto, quando comecei a ler e via tanta coincidência comigo, eu viajei. Muito legal mesmo né. Sei do que você falou sobre perder amigos que eu realmente não gostaria de perder e nem pensava que eu ia perder. Acho triste, muito triste estas perdas.

    ResponderExcluir
  2. Lindo o texto, lindo o Dom Quixote de Dalí... E bem escolhida a sua ilustração para o texto, nada mais semelhante ao amor do que o Cavaleiro de La Mancha!... Pelo menos na minha opinião!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Lindo o texto, lindo o Dom Quixote de Dalí... E bem escolhida a sua ilustração para o texto, nada mais semelhante ao amor do que o Cavaleiro de La Mancha!... Pelo menos na minha opinião!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi..tava atrás desta poesia..e fui em busca d eum suposto autor, que me confirmou.
    sue nome ´ESFINGe e seu autor, segundo minha busca é
    Leonardo Andrade.
    http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/landrade.shtml

    Beijos!

    ResponderExcluir