10 de jul de 2007

Hoje faz um ano que minha lindona se foi... Ela adorava quando eu a chamava assim: lindona!
Como o tempo passou rápido... O que posso dizer ? A dor ruim se foi, ficou muita saudade, que acho me acompanhará enquanto eu estiver aqui. Lembro sempre desse sorriso, do carinho , do amor. Que bom que eu a tive na minha vida! Tenho a certeza que ela está cuidando de mim e que tem um lugar muito especial lá onde está.
Mãe, obrigada por tudo! Te amo para todo o sempre!


13 comentários:

  1. Interessante, como só tenho boas lembranças da Bizi, uma grande amiga, uma mulher de fibra, culta, inteligente e talentosa. As vezes paro para pensar nela e só vem as boas conversas, nossas discussões sobre política ou sobre os livros atuais e notícias do jornal. Era a gente chegar e la vinha ela sempre sorrindo e como boa mineira servia logo um gostoso café. A pessoa que quando eu mais precisei na minha vida, foi ela a úbnica que me ligou e perguntou, e aí Gilson como você está? Eu liguei só para saber de você, não quero notícias da Mena desta vez...............
    As lágrimas rolam sim, porque este momento se mantém muito vivo na minha mente e marcado no meu coração. Ainda bem que ela partiu amada por todos nós...........

    ResponderExcluir
  2. Ela era alguém especial sim, uma mulher a frente do seu tempo, antenada.. mesmo vivendo dentro de casa na sua máquina de costura, ela era muito mais informada e tinha muito mais cultura que muita gente. e o cafezinho... :) lembra que a pricila ainda menina pedia para ir beber café da bisí?
    e sempre tinha uma palavra para todos que precisavam.
    sim, ela se foi sendo muito amada e nos amando, é por isso que temos saudades.

    ResponderExcluir
  3. Ela era alguém especial sim, uma mulher a frente do seu tempo, antenada.. mesmo vivendo dentro de casa na sua máquina de costura, ela era muito mais informada e tinha muito mais cultura que muita gente. e o cafezinho... :) lembra que a pricila ainda menina pedia para ir beber café da bisí?
    e sempre tinha uma palavra para todos que precisavam.
    sim, ela se foi sendo muito amada e nos amando, é por isso que temos saudades.

    ResponderExcluir
  4. Para os que não sabem, Bisí era um apelido desde menina. O nome dela era Sebastiana e por ironia do destino, meu pai era Sebastião hehehe

    ResponderExcluir
  5. Para os que não sabem, Bisí era um apelido desde menina. O nome dela era Sebastiana e por ironia do destino, meu pai era Sebastião hehehe

    ResponderExcluir
  6. Lembro sim Lu e a Priscila fala até hoje deste cafézinho, afinal ela aprendeu a tomar café com a Priscila e bebe até hoje da mesma maneira, colocando água gelada....rs..rs....num copo...rs...rs.....que quando eu partir possa deixar boas recordações na vida de muitos como ela.

    ResponderExcluir
  7. Querida, conheci sua mãe através dos seus olhos. Não tenho dúvida nenhuma da grande mulher que ela foi aqui nesse nosso mundo, e da semente de amor que ela deixou em você, e em todos que com ela conviveram. Como eu te disse na época, essa é uma dor que só o tempo pode curar. E, mesmo assim, parcialmente. É uma partida para longe do nosso abraço... Mas jamais para longe do nosso coração! Bjs

    ResponderExcluir
  8. Querida, conheci sua mãe através dos seus olhos. Não tenho dúvida nenhuma da grande mulher que ela foi aqui nesse nosso mundo, e da semente de amor que ela deixou em você, e em todos que com ela conviveram. Como eu te disse na época, essa é uma dor que só o tempo pode curar. E, mesmo assim, parcialmente. É uma partida para longe do nosso abraço... Mas jamais para longe do nosso coração! Bjs

    ResponderExcluir
  9. Saudade dela. Muita mesmo. Da pessoa que, dentre muitas outras coisas, me deu um fantástico presente: me ensinou a amar os livros.
    Ontem fez dez anos que aquele irmão caçula da tia se foi, também... Para mim também fica aquela saudade, mas, mesmo passados dez anos, ainda parece que foi ontem!...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Saudade dela. Muita mesmo. Da pessoa que, dentre muitas outras coisas, me deu um fantástico presente: me ensinou a amar os livros.
    Ontem fez dez anos que aquele irmão caçula da tia se foi, também... Para mim também fica aquela saudade, mas, mesmo passados dez anos, ainda parece que foi ontem!...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Nossa Raven, 10 anos já? tenho muita saudade dele tb!!! Grande Ybson :)

    ResponderExcluir
  12. Nossa Raven, 10 anos já? tenho muita saudade dele tb!!! Grande Ybson :)

    ResponderExcluir
  13. Mãe é a coisa mais linda da vida mesmo, ne amiga?
    E a sua não poderia deixar de ser, aliás, vc é a cara dela e, assim como ela, tem um coração enorme, imenso!
    Que nossas mães sejam eternas na nossa vida!
    beijãooo

    ResponderExcluir