27 de ago de 2007

contagem regressiva....


A turma que sempre acompanha aqui, sabe que após 16 anos trabalhando para o mesmo patrão, o escritório do Rio está fechando, não irei prá SP e por conta disso fui "demitida". Houve um ótimo acordo financeiro para minha saída, porém o melhor, é o presente que ganhei: uma viagem à Europa! Daqui exatamente um mês, dia 27 de setembro, estarei embancando rumo Lisboa, Madri, Santiago de Compostela (não vou fazer o Caminho, somente conhecer a cidade), Barcelona e Paris.
Quem me conhece sabe o quanto amo viajar, seja prá onde for. Há 10 anos estive em Londres, Paris e algumas cidades da Itália, foi fantástico. E agora estou entrando em ritmo dessa viagem que tenho certeza será maravilhosa. O roteiro com todos os lugares que pretendo ir já está sendo preparado. Sempre gosto de viajar com tudo desenhado para aproveitar ao máximo.
Mas, como Luci é desligada... esqueceu de um pequeno detalhe para que a viagem aconteça. E aí começa a minha viagem :D
Só na segunda passada me lembrei do passaporte, que está vencido :( Procurei a despachante e descobri que a Polícia Federal, aqui no Rio, está fechada até 3 de setembro. Solução: dar entrada em outro município, e lá fomos nós. Etapa cumprida. Passaporte fica pronto no dia 17! Só espero não esquecer de levar o cartão de crédito como quando fui a Buenos Aires no início do ano hahaha
Agora é ir fazendo os ajustes ainda necessários no roteiro e começar a pensar na mala. Odeio arrumar mala... Vou tentar contar mais da viagem. Porém se quando eu estiver lá não der para postar aqui, prometo registrar tudo para compartilhar na volta.

19 de ago de 2007

taiguara


Sempre fui muito mais ligada a música nacional. Porém, são poucas as coisas de hoje, e me refiro a turma nova, que me agradam. Não há ninguém que eu me anime a comprar um CD, porque eu acabo só gostando de uma música aqui e outra ali. Não é como a minha turma da antiga, como Bethânia, Milton, que compro o Cd ou DVD porque sei que é ao contrário, não vou gostar de uma música no máximo.
Hoje vejo cantar a violência, a política, de forma aberta. É fácil falar de problemas sem nenhuma censura e mesmo assim são pocos os trabalhos que eu consideraria bons. Ah mas a turma antiga tinha que falar de tudo isso "camufladamente" e falavam muito bem. Compuseram verdadeiras obras de arte. Tinham mesmo que ser artistas para diblarem a fdp da censura. Tinha que ser inteligente, tinha que ter cultura, tinha que ter verdadeiros sentimentos, não era brincar de compor e de cantar... pessoas que hoje vejo completamente esquecidos ou desrespeitados e que foram de uma importância imensa para esse país e seu povo. Você pode até não gostar do estilo, do cara, mas tem que respeitar pelo que representa, não há dúvida disso. Aliás muitos do que estão lendo aqui nem nascidos eram...
Um exemplo muito simples é Roberto Carlos. Pouquíssimas pessoas sabem que "Debaixo dos caracóis dos seus cabelos", não é uma música boçal para alguém, mas ele foi a primeira pessoa a visitar Caetano Veloso no exílio em Londres e a compôs para ele.
Para lembrar:
Um dia a areia branca
Seus pés irão tocar
E vai molhar seus cabelos
A água azul do mar
Janelas e portas vão se abrir
Pra ver você chegar
E ao se sentir em casa
Sorrindo vai chorar
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Uma história pra contar
De um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante
As luzes e o colorido
Que você vê agora
Nas ruas por onde anda
Na casa onde mora
Você olha tudo e nada
Lhe faz ficar contente
Você só deseja agora
Voltar pra sua gente
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Uma história pra contar
De um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante
Você anda pela tarde
E o seu olhar tristonho
Deixa sangrar no peito
Uma saudade, um sonho
Um dia vou ver você
Chegando num sorriso
Pisando a areia branca
Que é seu paraíso

Eu poderia citar muitas música, como as do Chico, por exemplo. Mas estou falando disso porque hoje ouvi um cd que tenho, de alguém pouco conhecido pelos mais novos e que eu gosto e respeito demais: Taiguara. Uma coisa muito importante para que eu goste de uma música, é ela mexer comigo, independente da letra. Taiguara tinha letra e música que mexem, emocionam e dá vontade de cantar junto, de gritar com ele.
Bem, deixo aqui alguns achado no youtube para que quem não conhece, conhecer , e para quem conhece, recordar... presente de boa semana para vcs!

Que as crianças cantem livres
http://br.youtube.com/watch?v=9yKKsEPxEw0

O tempo passa e atravessa as avenidas
E o fruto cresce, pesa e enverga o velho pé
E o vento forte quebra as telhas e vidraças
E o livro sábio deixa em branco o que não é
Pode não ser essa mulher o que te falta
Pode não ser esse calor o que faz mal
Pode não ser essa gravata o que sufoca
Ou essa falta de dinheiro que é fatal
Vê como um fogo brando funde um ferro duro
Vê como o asfalto é teu jardim se você crê
Que há sol nascente avermelhando o céu escuro
Chamando os homens pro seu tempo de viver
E que as crianças cantem livres sobre os muros
E ensinem sonho ao que não pode amar sem dor
E que o passado abra os presentes pro futuro
Que não dormiu e preparou o amanhecer...

Viagem
http://br.youtube.com/watch?v=4MbYEnkNJm8

Vai abandona a morte em vida em que hoje estás
Ao lugar onde essa angustia se desfaz
E o veneno e a solidão mudam de cor
Vai indo amor
Vai recupera a paz perdida e as ilusões,não espera vir a vida às tuas mãos
Faz em fera a flor ferida e vai lutar
Pro amor voltar
Vai faz de um corpo de mulher estrada e sol
Te faz aman...te
Faz meu peito errante
Acreditar que amanheceu
Vai corpo inteiro mergulhar no teu amor
Nesse momen...to vai ser teu momento
O mundo inteiro vai ser teu, teu, teu

Universo no teu corpo
http://br.youtube.com/watch?v=qZmOQSLoG9U

Eu desisto
Não existe essa manhã que eu perseguia
Um lugar que me dê trégua ou me sorria
Uma gente que não viva só pra si
Só encontro
Gente amarga mergulhada no passado
Procurando repartir seu mundo errado
Nessa vida sem amor que eu aprendi
Por uns velhos vão motivos
Somos cegos e cativos
No deserto do universo sem amor
E é por isso que eu preciso
De você como eu preciso
Não me deixe um só minuto sem amor
Vem comigo
Meu pedaço de universo é no teu corpo
Eu te abraço corpo imerso no teu corpo
E em teus braços se une em versos a canção
Em que eu digo
Que estou morto pra esse triste mundo antigo
Que meu porto, meu destino, meu abrigo
São teu corpo amante amigo em minhas mãos
E é por isso que eu preciso...
Vem que eu digoQue estou morto pra esse triste mundo antigoQue meu porto, meu destino, meu abrigoSão teu corpo amante amigo em minhas mãos

Teu sonho não acabou
http://br.youtube.com/watch?v=huuDwTebUbI

Hoje a minha pele já não tem cor
Vivo a minha vida seja onde for
Hoje entrei na dança e não vou sair
Vem que eu sou criança não sei fingir
Eu preciso, eu preciso de vocêAh!
Eu preciso, eu preciso, eu preciso muito de você
Lá onde eu estive o sonho acabou
Cá onde eu te encontro só começou
Lá colhi uma estrela pra te trazer
Bebe o brilho dela até entender
Que eu preciso...
Só feche o seu livro quem já aprendeu
Só peça outro amor quem já deu o seu
Quem não soube a sombra, não sabe a luz
Vem não perde o amor de quem te conduz
Eu preciso...Nós precisamos, precisamos sim
Você de mim, eu de você.

6 de ago de 2007

passando a vida na peneira


Tá eu sei que sumi :( tenho ganhado alguns puxões de orelha por não andar postando. Muitas vezes tive vontade de vir falar com vocês sobre algumas coisas, mas na maioria delas estava longe do pc e aí acabava não postando. Também porque não tinha nada de bom para postar, digo isso por causa dos assuntos que eu abordaria. Muitas notícias têm mexido comigo ultimamente e também o comportamento de algumas pessoas com as quais convivo ou não, no mundo real ou virtual. Tudo isso tem me feito pensar bastante na vida e no ser humano. Aquelas fases que todos passamos, pelo menos os que têm um mínimo de sensibilidade.

Confesso que ando decepcionada com a humanidade. Tá, eu sei que tem muita gente boa, e ainda bem, porque senão só restaria desistir de vez. Mas em alguns momentos acho que nos faz crescer olhar para a miséria do mundo, a miséria do ser humano. Eu sempre tive o hábito de observar o comportamento humano, gosto disso, e fico boba com certas coisas que vejo, com os valores ou falta deles em muita gente.

A vida está sempre em movimento e nós também devemos estar. A cada dia algo tem que fazer valer à pena. Passei um tempo me situando na minha nova fase de vida, algo meu em relação á minha vida. Agora estou numa fase eu e o mundo como um todo. Fazendo meio que uma faxina. Separando o que vale à pena usar meu tempo ou não, seja lendo certas coisas, seja convivendo com certas pessoas, seja participando de algo. Passando a vida na peneira.

Bem, vocês estão vendo que não tem coisas boas a falar, apesar que no fundo acho bom pararmos de vez enquando e pensar em tudo isso, nos questionar diante da vida como um todo e não só no nosso mundinho. Com certeza crescemos e podemos sair mais fortes e melhores como ser humano. Pensar no que estamos fazendo para mudar ou melhorar tudo que está por aí, ou no mínimo, dar graças a Deus pela vida que temos.

Hoje de manhã assisti uma reportagem que mostrou que no Brasil, a cada 15 segundos uma mulher sofre algum tipo de violência... gente! 15 segundos!!!

É isso... Uma boa semana à todos!