17 de jul de 2008

qual o nome?




O aniversário de 25 anos de casados se chama Bodas de Prata. Qual o nome que se daria ao aniversário de 25 anos de saparados? Fiquei aqui pensando e não encontrei nada. Um amigo deu a sugestão de alforria de prata. O fato é que hoje comemoro 25 anos de separada, que é mais importante prá mim do que as bodas de prata que eu teria comemorado ano passado. A separação me levou por caminhos que foram importantes na minha vida e aconteceram coisas que não teriam acontecido se eu continuasse casada. Mesmo que não tivesse separado naquela época, com certeza teria separado depois. Foi uma situação que me fez sofrer muito, mas me lembro de um momento especial que resumiu a minha tristeza.
Quando minha amiga Mena foi casar-se, eu abri caixas do meu enxoval e dei-lhe algumas coisas que eu não havia usado. Enquanto eu mexia nas coisas comecei a chorar e talvez tenha sido a única vez que alguém me viu chorar por causa dessa separação. Ela me perguntou:"você ainda gosta dele?" e eu respondi que não. Ela então me perguntou porque eu estava chorando e eu disse: "estou chorando a morte de um sonho".
Sim, casar-me foi um grande sonho. Quando me perguntavam o que eu mais queria na minha vida eu sempre respondia: "casar e ter filhos". Claro que eu queria outras coisas, mas isso era o mais importante prá mim. Engraçado que muitas amigas queriam ter sua profissão, serem independentes, e eu realizei esse sonho delas e elas estão casadas com filhos :D. Porém uma coisa é clara prá mim, mesmo meu casamento não tendo dado certo, o dia do meu casamento foi um dia muito feliz!
No final de semana passado, eu fui mexer numa caixa onde guardo lembranças da minha vida e lá encontrei um caderno onde eu escrevi poemas, textos e coisas assim. Nossa, hoje acho tudo muito ruim, mas na época expressaram meus sentimentos. Nele encontrei algo que escrevi sobre o meu vestido de noiva. Eu vi um concurso que você deveria escrever sobre seu vestido inesquecível e eu escrevi, só não mandei. Como muitos de vocês sabem, minha mãe era costureira e fazia belíssimos vestidos de noiva, e claro que fez o meu. Porém acho que foi o vestido de noiva mais simples que ela fez, mas foi como eu queria.

Segue o que escrevi. Por favor, não é nenhum exemplo literário viu? nem vou fazer mudanças, vou transcrever da forma como escrevi em 1984.

"Meu Vestido Inesquecível

O tempo passava
E cada vez mais o dia se aproximava.
Eram convites a serem entregues
Os presentes que chegavam
A preparação da viagem
E no meio de tudo um tempinho para as provas do vestido.
Era um modelo simples de tule e renda
Mas com um ar majestoso
E que fazia com que eu me sentisse diferente.
Finalmente chegou o dia.
Coloquei a calcinha, as meias, os sapatos
E a grinalda com um longo véu.
Me enrolei numa toalha e fiquei ali sentada
A espera da hora de vestí-lo.
De vez enquando olhava prá ele
Pendurado na porta do guarda-roupa.
E foi numa dessas vezes que notei como era lindo
Não só pelo tecido ou feitio
Mas pela magia que o envolvia.
Ele representava a realização de um sonho.
Um momento maior.
Um momento de transição.
Pensei na vida até chegar a ele
E sonhei com a vida que viria depois dele.
Chegou a hora...
Ao vestí-lo senti como se estivesse vestindo aquele momento-vivo
Toda a importância daquele acontecimento
E me emocionei.
Hoje,
Apesar de toda magia ter se desfeito,
Apesar do motivo para o qual foi criado não mais existir,
Apesar do sonho ter acabado
Olho para o retrato e ao ver-me com ele
Vejo que nunca nenhum outro vestido me deixou tão bonita
E me fez tão feliz
Como aquele do dia do meu casamento
O meu vestido de noiva."


5 comentários:

  1. Amei seu texto!! Tinha que fazer parte de reportagens sobre vestido de noiva.
    E não há como negar que vc estava realmente muito feliz nesse dia, pois seus olhos transparecem isso.
    O importante é que você olha para trás e ver que teve dias realmente felizes. Os sonhos da gente mudam, mas a nossa essência é para sempre!
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Amei seu texto!! Tinha que fazer parte de reportagens sobre vestido de noiva.
    E não há como negar que vc estava realmente muito feliz nesse dia, pois seus olhos transparecem isso.
    O importante é que você olha para trás e ver que teve dias realmente felizes. Os sonhos da gente mudam, mas a nossa essência é para sempre!
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Lu......vc me emocionou agora, caramba e olha que eu já fazia parte da sua vida naquela época. Como poderíamos chamar bodas de prata de amizade?????? Amigos de Prata.....................
    Estava me lembrando agora que no dia do meu casamento entramos com o carro correndo na garagem do prédio e subimos para o nosso apartamento ansiosos por aquele momento mágico da nossa Lua de Mel, quando de repente a campainha toca e era a Luci...rs.rs.....já nem me lembro por que foi, acho que era uma chave...sei lá.......já fazem 23 anos...rs.rs..

    ResponderExcluir
  4. Lu......vc me emocionou agora, caramba e olha que eu já fazia parte da sua vida naquela época. Como poderíamos chamar bodas de prata de amizade?????? Amigos de Prata.....................
    Estava me lembrando agora que no dia do meu casamento entramos com o carro correndo na garagem do prédio e subimos para o nosso apartamento ansiosos por aquele momento mágico da nossa Lua de Mel, quando de repente a campainha toca e era a Luci...rs.rs.....já nem me lembro por que foi, acho que era uma chave...sei lá.......já fazem 23 anos...rs.rs..

    ResponderExcluir
  5. (o anônimo aí em cima é o Gilson que não entendi pq tá se escondendo hahahahahaha)
    Pois é querido já fizemos Bodas de amizade. Bodas sim, pq as grandes amizades são grandes casamentos.
    Pois é, era mesmo uma chave e ninguem queria ir lá em cima bater na porta dos noivos prá entregá-la. E sobrou prá quem? euzinha cara-de-pau hahahahaha

    bjusss

    Dê querida! os olhos são mesmo o espelho da alma, embora muitos não gostem dessas "frases feitas". Eu estava muito feliz mesmo!

    bjuss

    ResponderExcluir