28 de ago de 2008

Enquanto escrevo estou bebendo vinho e comendo pipoca hahahaha Conheço algumas pessoas que teriam um troço com essa harmonização :D
As pessoas que acompanham desde que comecei a escrever no outro blog, se lembram dessa foto
Para quem não sabe, a foto é de quando meu irmão operou a coluna depois de 3 anos se tratando. Pois então... hoje faz dois anos que isso aconteceu...
No dia que ele operou, fazia 1 mes e 18 dias que nossa mãe havia morrido. Nosso pai morreu no dia seguinte a cirurgia dele (amanhã faz 2 anos) e ele estava sem trabalhar a 3 anos. Foi um tempo bem difícil. Quem acompanhou sabe bem.
Mas hoje tudo está bem diferente. Depois de 1 ano que ele voltou a trabalhar, já está no terceiro emprego e sempre melhorando. Está fazendo faculdade e daqui um ano se formará em tecnólogo na área dele. Os problemas acabaram e estão bem longe.
Eu posso dizer que estou muito feliz de vê-lo seguindo sua vida e crescendo como pessoa e profissional. Tenho muito orgulho. Todos nós estamos num momento de paz, de felicidade, de crescimento.
Silvano é meu único irmão e meu melhor amigo. Tenho muito orgulho dele e de tê-lo em minha vida. Quando minha mãe estava grávida, eu tinha 3 anos e dizia que queria um irmãozinho que "fizesse xixi comprido" hahahaha E Deus me deu esse irmão-amigo maravilhoso.
Quando pequeno primeiro me chamava de Dadá. Foi ele que criou o Cizinha, que é o apelido que mais gosto e que poucos usam prá me chamar.
Sil, sei que vc lê aqui embora nunca tenha comentado. Quero que você saiba que te amo demais. Você é a pessoa que mais amo hoje. Você é a pessoa mais importante da minha vida. Você me deu minha princesa, sua filha e minha sobrinha Camila que amo como a uma filha. Não sei o que teria sido de mim sem você nos momentos mais difíceis. Obrigada por tudo!
Olha nóis aí em dois tempos hehehehehehe

encerrando o período olímpico

Nos comentários do post anterior, as amigas Ursa e Flávia me "cobram" novos posts. Confesso que não tenho escrito por pura preguiça. O que não faltou foi assunto sobre as Olimpíadas, mas vou fazer só alguns comentários prá encerrar o tema.

Não posso deixar de falar do futebol masculino. Sabemos que existe a rivalidade com a Argentina, assim como já houve com Cuba no volei, como há no Rio a rivalidade do Mengão com Vasco e assim vai. Nunca pensei em dizer isso, mas parabéns aos argentinos. Perder lutando é uma coisa, mas perder daquela forma é vergonhoso. Não admito ver o que vimos. O futebol masculino tem muito que aprender com as meninas que lutaram até o fim. Que a prata valeu ouro. Aquelas que não jogam no exterior, voltam ao Brasil e estão desempregadas, ao contrário dos "homens" com seus salários fabulosos. Prá mim foi o pior momento das Olimpíadas. Aliás, só prá ilustrar, eu parei de assistir o jogo qdo a Argentina fez o primeiro gol.

Ah que maravilha ver a vitória da Maurren \o/\o/. Depois de se machucar em uma Olimpíada e não participar da outra pelo problema de dopping, ela merecia isso. Como é bom ver a alegria de quem consegue.


E o que falar das meninas do volei? Fantástico!!! Zé Roberto de parabéns pelo trabalho que fez com elas.

Natália Falavigna com a primeira medalha do taekwondo \o/\o/
As mulheres brasileiras fizeram história nessas Olimpíadas. Ah e sem esquecer a vela.
Sobre o volei masculino, o que dizer? Acho q não fiquei decepcionada como a maioria. No início do segundo set eu já previa que iríamos perder. Primeiro acho bom perdermos para que não nos achemos invensíveis. Acho que isso foi bom pros meninos. Segundo, é nítido que o psicológico do time varia com o psicológico do Giba e isso não pode acontecer. Mas afinal, somos prata e precisamos parar com isso de que só ouro tem valor. Ganhar um bronze numa Olimpíada é muita coisa, assim como os quarto e quinto lugares. Veja o Tiago Pereira que foi quarto lugar em uma das modalidades da natação. Poxa, o quarto melhor do mundo!
Eu tenho uma visão um pouco diferente da maioria. Não vejo os resultados como sendo para um país, mas vejo a vitória de forma individual para os atletas. A luta de cada um deles para chegar onde chegaram. Muito dinheiro tem sido dado as confederações, mas e aos atletas? o atleta tem conta de luz para pagar. Enfim...
Parece que o Nuzman descobriu a pólvora. Disse que vai cuidar para que os atletas tenham acompanhamento psicológico. Que o psicólogo é tão importante quanto o técnico. Nossa! Como será que ele chegou a essa conclusão? :(

Quero deixar registrado que sou contra o Rio de Janeiro sediar as Olimpíadas de 2016.

17 de ago de 2008

Algumas modalidades do esporte são mais ingratas que outras. Em muitas delas você erra e tem a oportunidade de consertar. Porém em outras não tem jeito, é apenas uma chance. E aquilo que você treina por 4 anos, que você cansa de acertar, vem o erro no único momento que não devia vir. A ginástiaca olímpica é uma delas.
Vi muita gente errando, como a americana que caiu da trave e no solo e por conta disso a equipe americana perdeu o ouro por equipe. A chinesa ontem, a grande favorita no solo que também caiu, inclusive o mesmo erro na mesma parte do exercício que a Jade errou. Enfim, foram diversos momentos. Tento imaginar o que eles sentem quando isso acontece, mas sei que não consigo chegar perto.
Porém nenhum momento me doeu tanto como a queda sofrida por Diego Hipólito. Nem há muito o que dizer, só sentir.

Uma coisa que me incomoda é vê-los, como fez hoje o Diego, pedir desculpas aos brasileiros por não terem conseguido. Pedir desculpas por que? Nós não fazemos nada por eles. Assim como acho uma palhaçada o Mulla ligar pro Cesar Cielo na hora que ele recebeu a medalha. Ele devia, assim como a grande maioria dos políticos, se envergonhar por não dar estrutura prá eles e para os que gostariam de seguir algum esporte.
Vejam que o Eduardo dos Santos (aquele que ficou 10 anos na faixa marron do judô porque não tinha dinheiro prá fazer o teste prá faixa preta), que só pode ir à Olimpíada porque a Confederação não cobrou dele os R$1.500,00 de inscrição. Isso é um puta absurdo. Os atletas ainda têm que pagar para ir. Ninguém merece!
Bem, não posso deixar de falar do Phelps. O cara é enjoado hehehehe Mas até que ganhou pontinhos comigo depois que deu força pro Cielo antes da prova. Segundo Cielo ele disse: "Eu ganhei por um centésimo. E você? Vai ganhar ou perder por um centésimo? Vai lá e bate na parede." só faltou ele dizer: "vai e aproveita que eu não tou lá" hahahahahahaha
bjus e boa semana prá vocês! :)

15 de ago de 2008

é muito bom se emocionar...

Após a primeira semana de Olimpíadas, o que eu posso dizer é que foi uma semana de muitas emoções. O que mais fiz foi chorar. Chorei com as tristezas e chorei com as alegrias. Impossível não se emocionar.
Sabemos bem a dificuldade de quem pratica esporte no nosso país, mesmo o que tem, o que se chama de "paitrocínio". Os que precisam ir lá prá fora, ficar longe de seu país, da sua família e amigos. Aqueles que lutam prá conseguir pelo menos a passagem de ônibus prá poder ir treinar.
Vemos o Eduardo dos Santos, do judô, que ficou dos 14 aos 24 anos na faixa marron porque não tinha dinheiro prá fazer o teste prá faixa preta. Só a consegui em dezembro passado e agora participou dessas Olimpíadas. Perdeu. Chorou. E ainda se desculpa por não ter tido competência prá ganhar. Se preocupa em ter decepcionado seus pais que estavam aqui orgulhosos do filho.
Ah foram tantos os momentos até agora que se eu fosse falar de cada um deles esse post ficaria muito maior que aqueles imensos que as vezes escrevo.
Porém quero falar de dois momentos muito especiais. Primeiro das nossas ginastas que pela primeira vez se classificaram, por equipe, numa final de Olimpíadas. É como o Bial disse: Não ficamos em último (oitavo lugar entre oito). E sim, estamos entre as 8 melhores equipes do mundo. É aquela história do copo meio cheio ou meio vazio. Jade hoje está entre as 10 melhores do mundo. Isso é muita coisa prá uma menina que está em sua primeira Olimpíada. Que perdeu sua mãe ainda cedo. Que precisa ficar longe de sua família. Que precisa conviver com a dor e abrir mão de uma infância, adolescência e juventude normal.
A outra coisa é a grande vitória do Cielo na natação. Nossa primeira medalha de ouro na natação. Um menino de 21 anos que hoje pode dizer: "eu sou campeão olímpico". Ele chorou lá e eu chorei aqui e muuito! Só mesmo um brasileiro prá chorar assim no pódio. Só brasileiros prá quebrar o protocolo e fazer aqula farra que os nadadores fizeram com ele. Bão demais da conta!!!!!
E eu me sinto feliz por poder berrar aqui como fiz. Por poder chorar como chorei. Por vibrar como vibrei. Por poder ser uma pessoa capaz de me emocionar.
Parabéns a todos que se apresentaram até agora. Cada um é um vencedor.

10 de ago de 2008

em ritmo de olimpíadas



Vocês sabem que eu gosto muito da noite. Agora com as Olimpíadas de Pequim, com fuso de 11hs, já viram né? Peço encarecidamente aos que costumam me telefonar que não o façam na parte da manhã, porque Lucizinha está ligadérrima nos jogos madrugada a dentro.
Noite passada dormi por volta das 5 e as 9h já estava acordada para assistir as meninas da ginástica. Bem que eu pretendia voltar a dormir quando acabasse, mas era Dia dos Pais e irmãozinho, pai da família, convidou prá um camarão ao catupiry e eu não podia recusar hehehe
Quando voltei de lá, um boa soneca prá aguentar a noite. São 23:21. Estou aqui trabalhando e já assistindo a natação. E tem muita coisa prá assistir nessa noite. Prá vcs, bom sono!
Aaaaahhh e as meninas mesmo com as quedas na trave (como sofro com a queda de cada uma delas), conseguiram pela primeira vez se classificarem prá final por equipe \o/\o/\o/

5 de ago de 2008

aí vc fica 10 dias sem beber o vinho que tanto gosta, fica sem comer doces, chocolate (chocolate não tá na categoria doces, tá na categoria "coisas maravilhosas de comer"), sem aquele macarrão e pão francês quentinho e sobe na balança e vê que o ponteiro continua no mesmo lugar o que fazer?
fazer um espaguete com molho de tomates (natural, não o de caixinhas) com folhas de manjericão e queijo parmesão ralado (não os de pacotinho), abrir um vinho e de sobremesa dois bombons delicosos. ah e o principal: sem culpa!!!
aí vc fala com o médico e ele diz o mesmo que no último ano: " é a menopausa!"


aí vc faz o que?

3 de ago de 2008

As surpresas da semana ainda não haviam acabado. Ontem recebi uma ligação da Fatima, amiga há 39 anos e que mora na Bahia, me chamando prá almoçar \o/\o/ Só mesmo um convite desse prá me tirar de casa, de perto das caixas a pintar. Lá fomos nós, eu, ela, Cristina sua irmã e Yasmin sua sobrinha, almoçar no CADEG. Muitos bolinhos de bacalhau, cerveja gelada e principalmente ótimo papo. Aproveitei prá comprar uns vinhos e também um pão de linguiça dos deuses.
Claro que ao chegar em casa não tinha nenhuma condição de pintar nada. Então, um bom banho e caminha as 6 da tarde, para um gostoso cochilo. Acordei mais tarde a tempo de assistir o Criança Esperança e entrei Altas Horas a dentro.
Só nessas pouca coisas que escrevi, eu poderia me alongar em diversos assuntos: minha amizade de tantos anos com a Fátima, o Criança Esperança com tantas informações que nos toca e leva a pensar, Marília Pera e Tiago Soares no Altas Horas. Mas... com minha saída de ontem o trabalho está atrasado. Tirei uma parte da manhã para dar uma ajeitada na casa, que anda abandonada e vamos as caixinhas. Nem o convite do irmão para almoçar um escondidinho de carne seca, foi aceito. Mas valeu!! Foi bom demais estar com a Fafá muito querida e amada!!!
Bom domingo procês!

1 de ago de 2008

Sexta-feira... a semana foi muito corrida, trabalhosa, gratificante e com boas surpresas. Parei de trabalhar e estava de pó até a alma por ter passado a tarde lixando caixas (a pior parte do meu trabalho). Por outro lado a tarde foi muito gostosa porque a amigona Aline esteve aqui e papeamos, coisa que não fazíamos há algum tempo. Além do que ela me ajuda no meu trabalho e adiantou bastante coisa prá mim. Pensei em trabalhar até mais tarde, mas o corpo pediu socorro. Como trabalharei todo o final de semana, decidi dar um descanso merecido a ele e fui tomar um banho bem gostoso. Arrumei umas coisinhas prá beliscar, abri um vinho e vim pro pc me atualizar. Li e respondi mails, li blogs dos amigos e aqui estou escrevendo um pouco prá vcs.
Estou lendo um livro fantástico. Apesar de ainda estar na metade, não tenho receio de indicar a leitura. A Montanha e o Rio - de Da Chen. Quem quiser saber mais:
Com a reeducação virtual que estou fazendo, tem sobrado mais tempo. Toda tarde, tiro uns minutinhos para reler Clarice Lispector: A Descoberta do Mundo que é uma reunião de seus trabalhos publicados na imprensa de 1967 a 1973. Clarice mexe muito comigo, me leva a pensar, mesmo que o que eu leia não tenha a ver com o meu momento.
Também tenho assistido muitos filmes, uma das minha paixões. Pelo fato de trabalhar em casa, pertinho da TV, tenho assistido pelo menos 2 filmes por dia. Assisto a alguns novos, outros não tão novos mas pela primeira vez e outros assistindo pela quinta, sexta talvez décima vez (mas os que valem a pena).
Falando em filme, essa semana me entristeci lendo notícias de Liz Taylor, que está respirando por aparelhos, e Paul Newman, que está com câncer e em cadeiras de rodas... É, ninguém fica prá sempre né? Mas é triste vê-los indo embora.
Bem, o corpo está pedindo cama embora ainda seja 21:16h. Vou atendê-lo. Iremos, eu, meu vinho, meus petiscos e um filminho pro outro quarto dar uma boa relaxada que amanhã tem trabalho.
bjus e ótimo final de semana prá vcs!.