2 de jul de 2009

nostalgia

De repente, não mais que de repente, como diria o poetinha, lembranças guardadas lá numa gaveta esquecida de sua memória vem a tona. Saem inesperadamente sem se importarem com a poeira e teias de aranha que as envolvem.
Tudo começou na segunda-feira quando recebi a notícia da morte do meu amigo, quando o conheci ele era operador de pregão. Uau! Quem me repassou a notícia foi um grande amigo há 26 anos que nos falamos até hoje, embora menos do que eu gostaria. Com isso troquei emails com um outro amigão que não nos falávamos há tempos, uma pessoa adorável. Aahh quantas lembranças vieram com essas 3 pessoas de volta a minha vida num momento frágil. Quantos momentos bons vivemos juntos.
No dia seguinte vem uma outra notícia: último dia do pregão viva-voz na BMF - Bolsa de Mercadorias e Futuros. Não acreditei quando li a notícia me enviada por email.
Para quem não entende direitinho, vou explicar. Viva-voz, significa aquele pregão cheinho de gente gritando e fazendo aquela loucura toda, como definem os que conheço e que não pertemcem a esse mundo. Enfim, a partir de agora todos os negócios são feitos só e somente só através dos computadores.
Isso me deu uma dorzinha fina no coração. Sabe aquele sentimento que as vezes toma conta da gente de que o romantismo está acabando? Sim, nada mais do que as máquinas substituindo o homem.
Tá, sei que isso parece piegas, pode até ser, mas é como me sinto. Só mesmo quem viveu e conviveu é que sabe a dimensão disso. Eu poderia contar muitas e muitas histórias e que não mais acontecerão.
Aí para completar, ontem fui transferir algumas coisas de uma armário para outro. Sabe aquela parte de cima dos armários onde vc vai guardando um montão de coisas que não vai mexer tão cedo? Pois são justamente essas. E o que eu encontrei no meio de tudo que eu mexi? O jaleco que eu usava quando descia para o pregão da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro. Aí não teve jeito mesmo, era parar e deixar todas as lembranças tomarem conta da minha vida. E assim eu fiz! Me deitei, fechei os olhos e deixei que elas viessem e me envolvessem.
Eu não tenho saudades do Mercado, não tenho saudades do meu trabalho, mais tenho muuuitas saudades de pessoas e momentos.
São poucas as pessoas que hoje mantenho contato. São muuuitas as que vivem no meu coração até hoje. Elas nem têm idéia do quanto foram importantes para mim, do quanto eu gosto delas.
A minha nostalgia foi tanta que nos últimos dias peguei o telefone e liguei para algumas delas. Que coisa boa ouvir suas vozes. Fui envolvida ainda mais pelas lembranças.
A minha vida nesse mercado foi um desafio do primeiro ao último dia. Só Deus sabe tudo que passei para sobreviver nele. Mas no final de tudo, descarto todos os problemas, todos os sentimentos ruins e só quero me lembrar das pessoas que gosto do fundo do meu coração e que foram e são importantes para mim. Nunca fui falsa nos meus sentimentos de carinho e amor com nenhuma das pessoas que conheci nessa fase da minha vida. E quero crer que fui importante para muitas delas e que em algum lugar, algum deles também se lembre de mim num momento qualquer e tenha saudades.



fotinho de quando eu era lírio do campo hahahaha

4 comentários:

  1. Ah, minha prima-heroína, única mulher mandando naquele mundo feito de barbados!!! Maior orgulho!!!! ^^

    Faço idéia quantas lembranças você deve ter, e me alegra saber que são boas!

    Adoro esse seu vestido azul! XD

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal, são gostosas essas lembranças e fatos que vão acontecendo em nossas vidas. Por isso sempre digo, temos que viver intensamente também o presente e ganhar novas perspectivas de vida a cada ano.
    Um abraço bem apertado em ocê.

    ResponderExcluir
  3. Cheguei aqui depois de um fim de semana e uma segunda em SP trabalhando e o que encontro, nada......nada............de novo. Tudo parado no último pregão, você e Raven tem é preguiça de escrever....isso sim...
    E cade o resto do pessoal, Denise e etc, tudo sumido. Camila deve estar dormindo, no mínimo...rs.rs..

    ResponderExcluir
  4. Opa, meu nome foi anunciado aqui...hehe...vim marcar presença. Amiga enrolada essa sua viu?
    Trabalho bom era esse, hein? Bendita o fruto! kkkkkkk
    Beijos

    ResponderExcluir