12 de jan de 2010

Bodas de Prata e a Infoburra

Domingo fui à missa e almoço pelas Bodas de Prata de um casal amigo e querido: Tico e Táta (como Camila os chamava quando pequenina e que pegou). Esse ano. um outro casal amigodemaisdaconta e do qual sou madrinha de casamento, fará Bodas de Prata. Isso me levou a pensar...
Vocês já notaram como diminuiu esse tipo de comemoração? E olhando assim por alto acho que ficará cada vez mais rara. Os que agora completam 25 anos de casados são os da minha geração. Nas gerações seguintes foi aumentando o número de separações bem antes disso. Aliás, em 25 anos ,muitos conseguiram casar duas, tres e até mais vezes.
Numa conversa sobre isso comentei que antigamente, época de mamãe e papai e antes disso, os casamentos duravam mais por conta que as mulheres não podiam se separar. A grande maioria não tinha uma profissão, a sociedade não via isso com bons olhos, aliás, olhos bem ruins, e os casamentos eram arrastados. As mulheres eram "obrigadas" a aceitar e engolir tudinho por mais infelizes que fossem. Com o tempo as coisas foram mudando. Porém atualmente não é só o fato de terem condições de se separar quando quiserem que fez aumentar o número de separações, mas vejo as pessoas se casarem sem muita responsabilidade.
Antes nós namorávamos até encontrar Aquela pessoa. Havia um tempo para se conhecer. Hoje a cada pessoa, já vivem um meio casamento. Na primeira paixão já está se casando ou juntando os trapinhos. Outro dia conheci uma pessoa que vai se casar e só conhece a pessoa há 3 meses. Também observo o medo de ficar sozinha que muitas mulheres têm e por isso acabam entrando numa relação que tem poucas chances de dar certo.
Bem, são só opiniões porque eu não sou a pessoa ideal para falar disso, afinal me casei duas vezes e cada um durou 1 ano (caiu da cadeira? levanta que eu espero). Mas tenho visto muita gente brincando de casar.
Veja bem, não estou dizendo que é todo mundo, sei que tem muitos casais responsáveis e felizes e fico muito feliz com isso porque acho família uma coisa linda e importante. Conheço diversos e sei que não foi fácil chegarem onde chegaram. Na minha opinião casamento não dá certo simplesmente, é necessário que façamos nosso dever de casa, vencer as dificuldades que surgem no dia-a-dia. Casamento se faz dar certo, mas muitos desistem na primeira pedra que surge.
......
Mudando de cabo prá rabo, estou muito orgulhosa de mim \o/\o/ Não sei se já contei prá vocês, mas me considero uma infoburra. A minha relação com esse mundo é bem complicada. Coisinhas básicas que a maioria faz com o pé nas costas, eu peno... me irrito... me descabelo... desisto! Se eu contar umas historinhas prá vocês, não vão acreditar. Claro que já tentei colocar um template mais alegrinho aqui, aliás, tentei diversas vezes, mas nem preciso dizer que não eu certo. né?
Nesse final de semana eu juntei toda a minha paciência, que é pouca, e decidi que eu ía conseguir colocar umas coisinhas aqui. Depois de muuuito trabalho, tentativa e erro, consegui! Aí do lado direiro, agora tem Top Comentarista (que ainda não entendi como ele contou isso porque não é assim como está mostrando, mas tudo bem, deve ter partido de um ponto que eu não sei qual é e nem vou tentar descobrir), tem um novo contador de visitas e até contador de comentários e artigos. Estou delirante de orgulho da minha pessoa.
.......
As pessoas que entraram no link do blog onde tem as séries de TV que eu postei no post anterior e quiser baixar outras coisas que não seja dalva e herivelto e não tem esperiência, eu quero dizer uma coisinha: as vezes quando você clicar no episódio da série vai abrir uma página pedindo para vc cadastrar seu celular para poder fazer o ddownload. Não precisa!!! Vai direto lá embaixo e clica na caixinha escrito download. As vezes é necessário fazer isso 2, 3 vezes, mas abre o link sem que vc precise cadastrar nada, viu? Estou falando isso porque eu deixava de baixar pq não queria cadastrar meu fone e irmão me ensinou isso.
Agora vou ali tomar uma limonada geladinha que o calor tá bravo.

12 comentários:

  1. Oi Luci.
    Casamento é complicado. Eu conheço meu marido ha 12 anos, temos um filho de 10e uma menina de 3, moramos juntos ha 8 anos e somos casados vais fazer 2 anos. kkkk, eu disse ´-e complicado. Casamento é sinonimo de paciencia, se vc nao tem paciencia mata o outro ou pede o divorcio. kkkk

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Luci
    Hoje é uma raridade encontara casais com tanto tempo juntos.
    Amei tbm Dalva e Herivelto apesar de minha mãe não ouvir essas músicas.Sofria junto com a Dalva e meu marido dava risada pq eu sempre comentava indiguinada quando via a mulher sogrendo.Eu me envolvo nessas histórias reais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Concordo em gênero-número-e-grau, Luci! Acho que as pessoas estão brincando de casar, mas eu acho que o pior de tudo são os filhos que saem dessas relações.
    Bjus, Lu

    ResponderExcluir
  4. Eu tb acho que as pessoas andam pulando etapas...aí se juntam, casam sem se conhecerem direito e quando a paixão ameniza e os defeitos começam a aparecer muitos desistem e abandonam o barco pq é mais fácil fazer isso do que encarar os problemas.

    ResponderExcluir
  5. Oiiiiiii Querida...

    É, que não é fácil, não é mesmo!!

    Principalmente quando as partes não ajudam... como vc disse, temos que fazer dar certo... ter muita paciência e muitas vezes abrir mão das coisas....né?

    Eu já estou há 1 ano e 2 meses rsrsrs

    beijocas...

    ResponderExcluir
  6. Essa questão é tão complicada, Luci.
    Passei por uma relação que entre idas e vindas durou exatos 20 anos.
    (eu pareço novinha, mas já vou entrar na casa dos 'enta' hahahaha)

    Casei apaixonada, mas minha x cara metade queria mais da vida, queria 'experimentar' outros prazeres fora do casamento :(
    E quem sou eu pra impedir...
    Casamento é a dois, não a 3 ou 4.
    Preferi me separar a não ter que me submeter a humilhações.

    Diz ele que agi errado, que fui impulsiva e não pensei nas necessidades dele, só nas minhas...é pra ri hhahahahahaa.

    Mas a vida é pra ser vivida, e não experimentada somente! Achei que ia morrer só, mas tamos aí, vivinha da silva e arrumei até um namorado !

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi Luci, as bodas de prata, de ouro, etc é uma tradição e vejo que muitos de minha geração não ligam para isso, soa como coisa antiga.
    Eu gosto muito e já até comentei com meu marido que poderíamos fazer planos para comemorarmos os 25 anos de casados, até então completamos 12 anos que passaram voando.
    Concordo com suas considerações sobre casamento, e acredito tb que há excessões e existe a chance de um casamento apressado dar certo assim como há chances de um casamento após anos de namoro não durar muito tempo. O que mais me espanta porém são alguns casais dizerem: "vamos casar, mas se não der certo a gente se separa..." Poxa, eu casei com sentimento e o firme propósito de fazer dar certo, e me espanto com esta afirmação pois parece que as pessoas já entram no casamento com um ar descompromissado. E daí acho que se encaixa naquilo que vc falou, sobre desistir no primeiro percalço que aparece...mas assim como vc tb não sou expert no assunto, faço aqui minha lição de casa mesmo sabendo que não há garantias na vida e sigo em frente, pensando que seria super legal comemorar as minhas bodas de prata na presença de meus filhos, etc.
    Quanto às atualizações do blog, ficaram bem legais. Parabéns! E a partir daí, vai surgindo mais estímulo...
    Bjs, Elaine

    ResponderExcluir
  8. bodas!!! assunto hoje quase q instindo do vocabulário ne?
    eu estou no segundo, ja vencemos 2 anos, q dure 10 vezes ou mais.
    mas facil nao é.

    quanto ao blog e as descobertas... menina, eu tbm apanho pra caramba nesse troço. mas de vagar a gente aprende.

    uma linda tarde de terça e apareça na nossa casinha!!!

    ResponderExcluir
  9. Luci, querida
    Terminei uma relação de 10 anos que estava com data marcada de casamento e não me arrependo. Sabia que não ia dar certo de jeito nenhum.
    Aí fiquei sozinha e confesso que senti medo de ficar encalhada, mas a vida me deu um presente e hoje sou muito feliz no casamento. Como toda relação, é claro que exige um pouco de paciência, respeito, cautela e humor, mas gosto muito da minha vida.

    Daqui do trabalho não consigo visualizar seu perfil completo e consequente seu e-mail. Queria convidá-la a participar da série Gente que Faz lá do Mundinho e ser uma das minhas entrevistadas. Topas?
    Então me envie um e-mail nesse endereço rosicosta@robotton.com.br que a gente combina tudo. Tomara que você aceite!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Olha, se vc é infoburra, eu sou oque então...rs.r.s....ainda não consegui colocar contador de nada...rs.r.s.....

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi,lucio! Que bom quando conseguimos fazer umas coisinhas no blog, não? Eu uso o Dicaspara Blogs, do Fabiano e ainda as ótimas dicas da Elaine do Um pouco de mim. São ótimos.Mesmo assim, a bruua véia aqui fica remando e não tenhop coragem de mudar template,rsrs...

    Quaonto ao casamento:vamos com´pletar agora, dia 18 janeiro, 41 anos de casados.Um tempão,não? Legal!beijos,chica

    ResponderExcluir
  12. casamentos como esse não existem mais minha amiga , esse são os verdadeiro amor , e lutam , passam por dificuldades e ainda estão juntos, meus pais foram assim 54 anos juntos
    bjs minha linda

    ResponderExcluir