9 de abr de 2010

Laurinha, um exemplo

Definitivamente algumas coisas não se explica e nos surpreende. Ontem a Fatima Bernardes fez o Jornal Nacional direto do Morro do Bumba onde houve a maior tragédia. Ela entrevistou uma menina de 8 anos chamada Laura Beatriz, justamente os dois nomes das suas filhas gêmeas, já pensou como ela deve ter se sentido?
Fiquei impressionada com a declaração da menina... Quer assistir? Clica aqui !


Eu lembro que o banheiro foi o primeiro a cair. O banheiro partiu no meio e caiu. Quando eu pisquei o olho, não conseguia sair do lugar. Só via aquelas coisas caírem em cima de mim. O barro levou tudinho e me levou na direção, acho que bati com a cabeça no muro. Não doeu nada, eu não sei o que foi isso. Meu pai chorou muito no meu colo, falou: ‘Laurinha, fica bem, pelo amor de Deus’. Deus me ajudou com muitas coisas. Agora vou viver minha vida, tenho muitas coisas para viver".





Laurinha se tornou para mim o símbolo dessa tragédia. Que Deus abençoe muita a sua vida e que ela possa realmente viver muitas coisas, muitas coisas boas.
.........................
Sei que toda ajuda é bem vinda e que o importante é ajudar, mas quandoli que os Estados Unidos da América mandaram 50 mil dólares para os desabrigados, não consegui deixar de pensar se isso não fará falta a eles aff
Só a guarda municipal já recebeu 15 toneladas de doações daqui mesmo do Rio. Vi que só no estádio do São Paulo, em um dia foram recebidas duas toneladas de doações. Outras cidades também já memobilizam. Tem ajuda de todos os jeitos possíveis, incrível isso. Veja só, uma companhia de táxis colocou carros a disposição para pegar doações nas casa das pessoas e levar para os locais de recolhimento. Sempre temos uma forma de ajudar,não é mesmo? Basta querer!
Nesses momentos de sofrimento sempre podemos ver o lado solidário do brasileiro, que não foge da raia e está sempre disposto. Coisa boa isso!

11 comentários:

  1. Luci, suas postagens recentes disseram tudo o que qualquer pessoa sensata, humana e viva poderia sentir. Não sei nem o que dizer quanto às barbaridades que andaram comentando sobre sua cidade. Desejo muita força e paz ao povo do Rio para superar essa tragédia. Parabéns por escrever de forma tão realista, comovente e sensível sobre uma coisa tão triste.
    Um grande abraço, minha amiga e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Não posso com isso!!! Estou me debulhando em lágrimas!!!
    Mas isso sim é um exemplo!
    beijoss
    Dani

    ResponderExcluir
  3. São as experiências da vida, vivida na pele.
    Momentos de solidariedade. Exemplos de vida..
    marcas que ficaram para sempre. na mente dessas crianças e dos adultos. Tragédias, jamais esquecidas.
    Sandra

    ResponderExcluir
  4. Ola!
    Como é bom rever os amigos e matar a saudade..
    Não há nada que pague este momento..
    Agradeço carinhosamente o seu carinho em me visitar. Hoje vou conseguir postar e visitar os meus amigos. Estou com muita saudades.
    Só terei os finais de semana para fazer isso. Mas prometo sempre estar por aqui..Peço desculpa pela minha ausencia. Mas, mas muitas vezes precisamos nos afastar em função do trabalho. Falta o tempo. ele voa..Não espera. Mas, você que mora no meu coração, será sempre lembrado...
    Amo vc. Amo a sua companhia.
    Meus blogs amam a sua presença. Fico muito feliz por que vem.. Deixá sempre comigo, o seu amor e carinho Planta flores e semeia carinho.
    Muito obrigada. VERDADEIROS AMIGOS..CONQUISTAMOS..AMAMOS..LEMBRAMOS E SENTIMOS SAUDADES!!!
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  5. Foi emocionante ver o relato da menininha. Não dá pra segurar a emoção. Eh muito triste o que aconteceu.

    Olha que coincidência, eu tb falei hj sobre a minha indignação com a ajuda americana. Como vc citou, a gente não deve achar ruim qualquer forma de ajuda, mas 50mil para um pais que gasta quase um bilhão ao dia em armamentos...

    Na hora do aperto a gente vê o amor do brasileiro pelo seu próximo. A garra do povo, que é tão maltratado, que não merece passar pelo que passa. E mesmo assim sorri, encontra forças para ajudar o outro, é solidário e bom.

    E vamos orar para o Rio renascer ainda mais lindo do que já é!
    Bjos Luci, um bom fim de semana pra vc e sempre MUITO OBRIGADO

    ResponderExcluir
  6. Luci querida, primeiro quero que saiba que estou com muita saudade de você amiga. A outra coisa é que ontem mesmo quando meu marido chegou de viagem, tava comentando o quanto fiquei tocada quando vi a reportagem da Laurinha, e o quanto gostaria que el visse também, ae encontro ela aqui, meu Deus, hj mesmo quando ele voltar do trabalho voltarei aqui para mostrar a ele. Ontem minhas orações foram dedicadas a ela(Laurinha). E no meio de uma tragédia daquelas, Deus nos coloca um anjo que nos faz repensar, pelo menos eu tava pensando ontem enquanto orava em o quanto as vezes eu reclamo de certas coisas quando n dão certo, e honestamente, senti vergonha de mim mesma. Olha que andio muito triste com muita coisa que me aconteceu essa semana, inclusive dentre elas, uma tentativa de suicídio que por pouco não se consumou com uma pessoa de minha família muito querida por sinal. E fiquei pensando que a gnt acha que coisas assim nunca vão acontecer conosco, em nossa família, enfim. Mas, a coragem e a esperança que uma criança daquela passa pra gnt é algo impressionante.Ai Luci ultimamente to com tantos conflitos internos. Foi maravilhoso ver seu post, tem tudo ha ver com o desabafo que fiz la no meu blog. Bjos e obrigada por vc existir mesmo! Fica em paz querida. Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Deus nunca nos abandona.
    Emocionante a história da Laurinha.
    E quando queremos, como disse você, podemos ajudar sim.

    Luci fico muito feliz quando sei que as pessoas do mundo virtual, conhecem minha terra.
    Quando vier novamente por aqui, me avise para marcarmos um encontro de blogueiras. rs
    E seu tio? É muito famoso aqui.
    Difícil encontrar alguém que não o conhece nesse meio.

    Xeros!

    ResponderExcluir
  8. oi estou sem palavras depois do que li da menina desculpa te desejo tudo de bom um bem aja beijinhos no seu coração de uoro

    ResponderExcluir
  9. Bela postagem adorei matar a saudade do teu espaço bjuu

    ResponderExcluir
  10. Hoje fiz um post e dediquei a vc!
    Bjos

    http://mauj77.blogspot.com/2010/04/gamagori-takeshima-azaleas.html

    ResponderExcluir
  11. Oi, Luci,
    Foi comovente mesmo a história da Laurinha! Ainda bem que a ajuda está chegando!
    Um abraço!

    ResponderExcluir