9 de abr de 2010

post atualizado - vou te contar uma coisa...

atualização: O prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira (PTD), admitiu, na noite desta quinta-feira (8), que sabia que a comunidade do Morro do Bumba, no Cubango, atingida por um deslizamento de terra na noite de quarta-feira (7), tinha sido construída sobre um antigo lixão. O PDT administrou a cidade 15 dos últimos 21 anos.

“A gente sabia que o lixão estava desativado há 30 anos. Quando eu assumi pela primeira vez, já havia um início de ocupação. A região é muito pobre e as informações que eu tinha eram de que aquele aterro era muito antigo e não representava nenhum risco”, disse. "
Esse homem tem que responder criminalmente por essas mortes, você não acha?
........
A maioria da notícias vem do tragédia que aconteceu em Niterói, porém há estragos, desabamentos e lugares alagados prá tudo que é lado e na maioria deles não há ninguém da defesa civil ou seja quem for, ajudando. A chuva ainda não parou. Aqui no meu bairro o sol chegou a abrir algumas vezes, mas logo caía muita água. A frente fria já foi embora, mas há um ciclone no oceano, e com isso venta muito e o vento está trazendo as nuvens para a cidade. Agora por conta do ciclone também temos o mar de ressaca com ondas de até 5 metros. Mar invadindo toda a costa do Rio. Com essa chuva que teima em cair os lugares continuam a encharcar e a alagar. Sabia que em 3 meses morreram mais de 250 pessoas no Rio por causa da chuva? Pois é.
Bem, mas aí o Governador do Rio diz aos Estados que ofereceram ajuda, que ainda não precisamos. Os bombeiros aqui estão cansados trabalhando direto. O governo federal manda 40 homens prá cá, mas para o Haiti... O prefeito de Niterói diz que esse aterro é de 20, 30 , 50 anos atrás e que nem sabiam. Foram desmentidos por estudos recentes que foram feitos. O Governo Federal libera ajuda financeira emergencial, mas o Ministro do Planejamento disse que leva 15 dias por causa do envio do relatório. Se chegar em 15 dias, o Ministério libera por meio de termo de compromisso, e é mais rápido. Se chegar depois de 30 dias, será preciso um convênio. O Lula diz que é mentira que o Ministro baiano, que vai se candidatar ao governo da Bahia, liberou 65% da verba para prevenção de enchentes para a Bahia e menos de 1% para o Rio de Janeiro, é o TCU deve ter inventado isso.
E aí eu pergunto prá você: de quem temos que ter medo? dos traficantes ou dos políticos? Quem mata mais? Os políticos matam os doentes que não tem hospitais, matam de fome, sim, porque morre muita gente de fome nesse nosso país. Matam de doenças diversas sem controle, matam pela violência que vivemos, matam pela falta de habitação, matam famílias que não tem emprego, como se sustentar e se matam... Na verdade são eles que apertam os gatilhos porque não fazem o que deveriam fazer.
...............................
´
Sempre falamos que é nos maus momentos que conhecemos os amigos, não é? Eu quero agradecer a todos que deixaram comentários nos meus últimos dois posts. Sei que gente que lia aqui e nunca havia comentado, fez questão de deixar alguma palavra. Fora as que sempre estão e permaneceram no mau momento dando força e carinho. Agradeço a cada um de vocês :)
Eu quero dizer que não sou bairrista e acho que ninguém devia ser. Amar sua cidade é uma coisa, agredir os outros por conta disso é uma babaquice. Sim, me refiro àqueles comentários que vocês leram. Mas também quero dizer que sei que é uma minoria, graças a Deus. Tenho como exemplo o fato de ter morado em São Paulo por 4 anos e feito grandes amigos, alguns já há mais de 20 anos.
Dentre os comentários deixados aqui eu quero destacar um, o da Luciene do blog Minha Casa meu Mundo. A Luciene é Curitibana e ficou aborrecida pelos comentários feitos por dois curitibanos, contra o Rio, naqueles comentários que eu postei. A Luciene mostra bem o que eu penso, que as coisas existem em todos os lugares, mas que preferem não ver e passar outra imagem e apontar para o vizinho. Tem um monte de carioca que não presta, assim como paulistas, gaúchos, cearenses etc. Em todo lugar tem os bons e os maus e por isso temos que ver pessoas, o que cada uma tem de bom. Vejam só o comentário que a Luciene me deixou.
"Olá,
Sou curitibana e me sinto na obrigação de repudiar os comentários absurdos que foram postados por dois (infelzmente) conterrâneos.
Uma tragédia como esta no Rio não poderia ser jamais motivo para que se destile o rancor bairrista que ainda acomete minha cidade, provinciana e preconceituosa.
O que está acontecendo me entristece e choca, tenho acompanhado atentamente os noticiários e rezado muito para que a chuva pare de uma vez! Ao menos para que seja possível fazer os resgates de quem ainda vive sob a lama.
No mais, eu AMO o Rio de Janeiro, uma das cidades mais maravilhosas do MUNDO, não apenas do Brasil. E AMO o carioca de todo o coração, um povo alegre, divertido e também trabalhador. E me diga: por que vocês não teriam orgulho da cidade em que vivem? Da cidade que foi capital do Império e da República?
Foi no Rio que conheci as pessoas mais cultas e educadas da minha vida, porque esta cidade é o berço de tudo que existe de bom em nosso país.
E a pobreza, as favelas e os criminosos existem em todas as cidades, inclusive na "cidade modelo" (kkkkkk) Curitiba, onde o tráfico toma o centro da cidade e ocorre à luz do dia, onde em todos os sinaleiros somos assaltados a mão armada, onde as favelas são imensas. A diferença? Aqui escondemos nossa miséria o mais longe possível, tiramos a pobreza de nossas vistas e achamos que somos modelo para alguém.
Peço desculpas em nome de todos os curitibanos que amam sua cidade e sofrem com vocês nesta tragédia.
Beijos
Lu "
Como escrevi no post anterior, não estou mais lendo o que não merece atenção, estou sim orgulhosa das pessoas que já doaram muuuitas coisas e estão trabalhando como voluntários. Estou feliz porque ainda existe muita gente boa capaz de se sensibilizar , se emocionar e chorar diante das imagens que estão assistindo pela tv. Porque sei que quem não pode fazer nada, está ao menos rezando ou mandando energias positivas para os que estão sofrendo. E falando em fazer alguma coisa... aos paulistas: No estádio do Morumbi tem ponto de doação, passe por lá, viu?
Mais uma vez obrigada por todo carinho que recebi aqui, assim como recebi por email, no msn, no orkut.
Que Deus abençoe a todos!
beijo beijo beijo e uma ótima noite!!!

13 comentários:

  1. Solidariedade JÀ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! AMOR AO PRÓXIMO!!! Somos privilegiados em termos nosso cantinho seguro, mas temos que fazer orações pelos menos favorecidos, temos que respeitar, temos que ajudar dentro das nossas possibilidades!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga eu vi tudo pela tv , muito triste, confesso que não fico assistindo muito, pois sou traumatizada pelo acidente qeu apssei e ai se fico vendo eu nem durmo, mas só pelo que vi, desabamentos, casas contruidas sobre lixão, pessoas aterradas e choro e morte, já me flajelei.Só resta ser solidária, estou orando pelas famílias, por todos ai que Deus possa acalmar essa tempesatde e consolar so corações. bjs

    ResponderExcluir
  3. Aborrecido é um termo tão carioca... assim como biscoito (o que para nós é bolacha)... rs
    Obrigada pelas palavras e tenha certeza que eu não sou a única curitibana que ficou indignada!
    Espero que a situação tenha melhorado nas últimas horas e este é o momento de chamar as autoridades à sua responsabilidade. POrque, assim como acontece em Santa Catarina, não é possível admitir a ocupação de lugares de risco impunemente. Isso é omissão das mais graves. Não é possível admitir um prefeito dizer que não sabia se tratar de um lixão...
    Fácil alegar desconhecimento em um momento destes.
    Beijos
    Lu

    ResponderExcluir
  4. Oi Luci, no meu bairro também alternaram-se momentos de sol e de chuva e ainda há pouco caiu uma chuva bem forte. Resta rezar, para que acabe, para que possamos ajudar a quem pudermos, como pudermos. Resta nos lembrarmos disso em outubro, quando teremos a oportunidade de fazer algo diferente (temos que acreditar que existe laranja boa nesta cesta tãããão podre...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho muita esperança que a tragédia traga uma mudança de atitude política.
    Será que os políticos conseguem dormir após ver tudo o que aconteceu? em grande parte eles foram responsáveis por muitas dessas perdas humanas.

    Muito triste, realmente. A gente fica muito chateado. Vidas destruidas por falta de cuidado das autoridades e falta de planejamento.

    ResponderExcluir
  6. Nossa Luci,
    li o post anterior e os comentários.
    Que absurdo as pessoas acharem ótimo a desgraça aleia.
    Como você mesmo comentou, mlehor nem ler o que não vale a pena.

    Força a todos os cariocas.

    Xeros!

    ResponderExcluir
  7. Luci

    Tomara que a chuva dê uma trégua aos cariocas. Chega de tragédia, não é mesmo?

    Não havia comentado que adoro tons de azul e o novo layout do Vida está lindo!!!

    Bjs e ótimo final de semana

    Convido você a conferir a entrevista de hoje lá no Mundinho, especialíssima.

    ResponderExcluir
  8. Luci, realmente muito triste e lemanetável tudo o que os Cariocas estão passando. Eu não sabia que existia essa rixa que vc falou, que povo sem noção viu? E eu sei que existe esse tipo de gente em todo canto, em qualquer Estado do País, pessoas sem o minimo de bom censo!

    Para mim que moro longe, só me reste orar e pedir a Deus que console os corações de quem teve alguma perda.

    Para vc um grande abraço e fica com Deus. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Essa omissão política saiu caro não?

    Está certo que ninguém pode prever a intensidade das chuvas e alguns fenômenos naturais mas se era uma área de risco porque não foi oferecida ajuda antes não?

    Espero que tudo melhore aí!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Luci!
    Tudo muito trite. Lembrando que as pessoas vem antes de "coisas e das coisas". São vidas e isso é o que realmente importa.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  11. Oi Luci...é a primeira vez que visito este seu blog...
    Bom tudo que tem acontecido no Rio,tem paralizado todo país...mas o importante agora é as ajudas de todos os lugares chegarem...as palavras nao podem expressar tamanho consolo que todos cariocas precisam...mas estaremos orando...pois so o nosso Deus pode alcançar tamanha tragedia...minhas maos no momento nao podem ajudar,mas,meus joelhos no chao sim...
    Que Deus te abençoe e te fortaleça!
    Josi

    ResponderExcluir
  12. Luci, eu sou catarinense, não tenho parentes no RJ nem nunca fui pra lá, mas fico com o coração apertado com tudo isso, e rezo p q possam se recuperar da melhor forma possível.
    Gostei muito do seu post, estou com vc, querida.
    Bjo. Namastê!

    ResponderExcluir
  13. Prezada Luci,
    Os comentários que li no post anterior, parecem ter sido feitos por uma única pessoa e não refletem nem de perto a alma brasileira. pelo que vi, os horários de psotagem estão muito próximos, o que é bastante caracterísitico nesse tipo de coisa. O anonimato torna as pessoas covardes muito "fortes".
    Mas coom relação ao governo, acho que existe uma responsabilidade sim do governo mas não podemos imputar somente a ele essa carga toda. Assisti em diferentes noticiários pessoas resisitindo a sair, mesmo com toda as evidências de que correm perigo de morte. Imagina convencer todas as pessoas a sair diante de um dia lindo de sol, sem nenhuma perspectiva de chuva aparente? Não é um trabalho simples que se possa fazer em um mandato apenas... Essa é a minha visão... Mudar a vida de pessoas depende de políticas públicas mais consistentes e que convença a população.
    É muito difícil entender tudo o que está acontecendo mas peço em oração para que essas famílias sejam retiradas de lá e que tenham forças para recomeçar. Um abraço! Simone carioca, com família em Niterói e que mora em Brasília)

    ResponderExcluir