13 de abr de 2010

um pedido...

Acabei de chegar da Cruz Vermelha. Estou chateada porque cheguei mais cedo que pretendia. Por que cheguei cedo? Acabou a maioria dos alimentos que compõe a cesta básica e ficamos sem trabalho... Mas ao ligar o pc, a primeira notícia que li é que São Paulo já arrecadou 180 toneladas de doações ebaaaaa!!!!!!! Tomara que chegue logo. Sei que outros estados também estão mandando \o/\o/ aguardamos ansiosos. Obrigada Obrigada Obrigada
O principal motivo de ter acabado muita coisa é que a saída está mais rápida que a chegada, principalmente que estamos durante a semana né? As roupas que chegam nem estava dando tempo de separar, íam do mesmo jeito, mas nos lugares tem gente para separar e distribuir.
Também notei nos sites de notícias que as reportagens sobre o que houve já não é destaque e em alguns nem tem notícias na primeira página. Gente, não vamos esquecer isso!! Sei que daqui uns dias ninguém mais falará disso na TV ou sites, mas não podemos esquecer que essas pessoas continuar desabrigadas e precisam comer, dormir, tomar banho...


alimentos que mais estão precisando: sal, biscoito, comidinha para nenen, enlatados
higiene: escovas de dente, absorventes femininos, barbeador, fraldas, mamadeira
roupas: íntimas de preferência novas, roupinhas de nenem
limpeza: sabão em pó


.........................................


Sei que estou correndo risco postando o que vou postar agora, mas acredito que muitas vezes temos que dar a cara para bater e correr riscos para conseguirmos algo. A maioria que por aqui passa só me conhece do blog, e tem todo o direito de desconfiar de mim, se for o caso.
Eu estou sempre envolvida em ajudar e não acho legal ficar contando aqui cada coisa que faço, afinal sempre me lembro das palavras de Jesus: " que sua mão direita não saiba o que faz a esquerda" nos dizendo para não nos vangloriar com nossas atitudes.
Muitas vezes para ajudar preciso recorrer as pessoas, principalmente os amigos, sendo que já tenho alguns que mensalmente me ajudam, e tem aqueles que me socorrem quando grito com alguma emergência.
No post anterior eu deixei de postar duas fotos que tirei lá na Cruz Vermelha, mas as mandei por email para uma porção de amigos que acreditei podiam ajudar. As fotos são essas:
Essa é a geladeira que fica na parte de baixo do prédio onde os voluntários trabalham. Ela só faz aquele monte de gelo, pois bebemos água quente o dia todo. Também se torna impossível que as pessoas que trabalham lá todos os dias, mesmo fora de eventos como esse, levem comida, marmita ou qualquer outra coisa, pois ela não conserva. Fiquei boba quando vi e abracei o desafio de conseguir uma geladeira nova para lá. Mandei email com as fotos pedindo ajuda aos amigos. Acredito que as pessoas que trabalham pelos outros também precisam de um mínimo de condições para trabalhar, não é? Isso não é questão de luxo, mas de necessidade.
Vi que com cerca de R$ 800,00 compro uma nova de 1 porta. Se 80 pessoas dessem R$10,00 estaria fechado, ou 160 pessoas dando R$5,00. Se eu recebesse além do valor, compraria alimentos para doação e claro depois prestarei contas a todos que ajudaram, mostrando as notas fiscais e fotos. No próprio email eu disse que sei que muitos já estão ajudando no seu limite e que não me aborreceria se não houvesse resposta, mas se eu não pedisse não poderia saber se consegueria. E é o que agora estou fazendo aqui.
Desde ontem de manhã consegui metade do valor. Desde a manhã de hoje não recebi mais nenhuma resposta e por isso vim aqui pedir a ajuda de vocês. Quero deixar bem claro que não me chateia de forma alguma se você não responder. Cada um sabe o que pode dar, seu limite, assim como eu tenho o meu. Porém aqueles que puderem, e confiarem em mim, mande um e-mail e eu mandarei minha conta bancária para depósito. Escreva para luci.cardinelli@gmail.com
É isso! Desde já obrigada a todos, mesmo ao que não me responderem, mas que tenho certeza está ajudando do jeito que pode.
beijo beijo beijo
ps. Desculpe se o blog possa estar chato falando só sobre esse assunto, mas estou muito envolvida com tudo isso. Também me desculpa se não estou indo no seu blog ler e comentar, mas estou tentando dividir meu tempo entre as encomendas de trabalho que tenho que entregar, prazos para cumprir e o trabalho voluntário. Você entende, não é?

7 comentários:

  1. Tô dentro, amiga. Òtima iniciativa e vc é digna de confiança.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa Luci que bela atitude tbm vou contribuir, como diz aquele ditado "de grão em grão é que a galinha enche o papo" se todo mundo colaborar com um poquinho....


    beijokas

    ResponderExcluir
  3. Luci, muito prazer, é a primeira vez que visito seu blog e o que me chamou atenção foi a geladeira rs, eu tenho uma igual, com menos ferrugem rs, mas meu marido comprou uma nova e como a minha foi útil por 3 anos, queria repassar a quem precisa.
    Hei, eu posso contribuir com 5 Reais? Como faço?
    Um abraço e parabéns por essa linda atitude!
    Tenho um sonho de poder visitar asilos e orfanatos, mas não sei por onde começar, se precisa ter dinheiro para levar alguns agrados...
    Um beijo no dia do beijo :)
    Tchau

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, claro que pode depositar R$5,00, até R$1,00 é bem vindo! Me mande um email e eu lhe dou minha cta bancária.
    Quanto a sua geladeira antiga, você pode procurar instituições ou associações de bairro que sempre estão precisando.
    Sobre visitar o s lugares, não precisa ter dinheiro não, nem levar agrados, pois em orfanatos e asilos o que mais precisam é de carinho.

    beijos e obrigada :)

    ResponderExcluir
  5. Denise e Cibele, obrigada queridas! Que Deus as abençoe.

    ResponderExcluir
  6. Luci
    Estou com você amiga, minha Vida, meu anjo da guarda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Amiga Luci, minha Vida
    A M@myrene já disparou para conseguir mais ajuda ... veja deposi o post para que acompanhe os que vierem contribuir.

    Beijos e boa noite!!!! meus olhos já não conseguem ficar abertos.... fui

    ResponderExcluir