2 de jun de 2010

atualização: Queridonas e queridões! Fiquei um pouco preocupada lendo os comentários nesse post. Será que passei a impressão de estar chateada pelo que contei do irmão? Tou não viu? Só enchi o bumbum dele de palmadas hehehe Eu sou danada quando fico brava, sou meio briguenta, mas sou daquelas que resolvo tudo na hora e minha raiva passa logo logo. Eu e irmão somos bem diferentes, uma pisciana e um virginiano. Vira mexe temos nossos arranca rabo, mas que me lembro só ficamos de mal uma vez em toda nossa vida. Maior que nossas diferenças é nosso amor :) ~Veja que no início do post eu falei o quanto estou bem e feliz. De qualquer forma obrigada pelo carinho.
Um óótimooo feriadooo!!!!!! Eu ficarei aqu i no lerê lerê lerê lerê lerê hahahahaha
beijosss
....................
.
Bom dia flores do dia!!! Friozinho danado aqui, viu? 18 graus! Não, não ri... Inverno carioca é assim e lembra que aqui é úmido né? Eu aqui de moleton e meia nos pés. Janela aberta só um pouquinho por conta do ventinho frio. Mas tá bom! Ah se tá! Depois daquele calor louco, nada como esse tempo gostoso, principalmente que a chuva parou.
Se a gente conta que está triste, também tem que contar que a tristeza passou e o coração tá belo e formoso, não é? Não é bom ficar triste, mas esses momentos também nos ajudam a crescer, nos faz pensar e dessa vez foi importante porque consegui encarar essa tristeza de forma diferente e conversei muito comigo. Você conversa com você? Dá bronca? Chama a atenção? Eu tenho feito muito isso e está sendo muito bom. Já que não tem ninguém em casa prá fazer isso, faço eu mesmo hehehe
Uma das coisas que percebi é que muitas vezes para termos o que queremos, o que pedimos a Deus, temos que passar por algumas coisas para alcançar o objetivo final e está sendo assim.
Tenho muitos motivos para estar feliz, muitas coisas acontecendo, mas o principal, que nem lembro se já contei prá você, é que irmão voltou definitivamente para o Rio \o/\o/\o/ Depois de mais de 2 anos trabalhando fora do Rio e vindo só de vez enquando, ele viu que estava n ahora de mudar, pediu demissão e voltou prá nós. Aaah que coisa boa viu?
Você que tem família, marido, esposa, filhos, qual a coisa mais importante? Vê-los felizes, não é mesmo? Assim é comigo, eles são minha família e o que mais quero é vê-los bem e felizes. Muita gente diz que sou meio mãezona com todo mundo, e eu concordo. Desde muito cedo eu tinha a vontade de ter filhos, planejava meia dúzia, 2 mulheres e 4 homens, pode isso? Mas era. Não tive filhos naturais, mas Deus, a vida, me deu muitos filhos postiços, até mais velhos que eu.
Sou a irmã mais velha e como papai e mamãe já foram, você não concorda qque agora sou a cabeça da família? (irmão vai ler isso e rir muito) Pois então, segunda-feira mesmo levou umas boas palmadas enquanto eu o abraçava, mas veja se não tinha razão. No domingo fazia 10 dias que não os via, e olha que eles moram na rua que fica no final da rua que moro, mas tudo bem. Como já era o segundo domingo que eu não recebia ligação para ouvir que viriam almoçar aqui ou convidando para almoçar lá. Quequefiz? Separei os ingredientes para fazer uma torta salgada que eles gostam e ir lá pro lanche. Niqui tou lá na cozinha, toca o telefone, era Camila, a sobrinha.
"Tia, você quer alguma coisa daqui de Itaipava?" Respirei fundo...
- Camila, vocês estão em Itaipava e não me disseram nada?
- Só fiquei sabendo hoje de manhã.
- Quero nada não, tchau! e desliguei o fone.
Não entendeu, né? Ah e você não me viu brava ainda. Desliguei para não falar um monte.
Semana passada eu havia pensado que queria comprar umas coisas lá em Itaipava e pensei em chamá-los para ir até lá. Custa ligar, que não seja para convidar, mas para saber com calma se eu quero algo e o que? É, eu sou assim...
Então quando irmão chegou aqui na segunda, abracei e dei muita palmada e reclamei tudinho. Ele nem me deu bola....
Agora vou deixar você porque vou assistir o jogo treino do Brasil e começar a esquentar prá torcer na Copa.
beijos geladinhos prá você.

9 comentários:

  1. Luci, você é tão querida!!! Que tenha um lindo dia, nesse friozinho que por aqui também faz. O calorzinho e o carinho de toda amizade. Beijos no seu coração ;)

    ResponderExcluir
  2. Família é assim mesmo.Tudo acaba bem!beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Família... não tem jeito, é complicado. Mas no final, como disse a Chica, tudo se resolve, se esclarece.

    A gente fica magoado qdo não lembram da gente, principalmente as pessoas que mais amamos... Foi bom vc ter desligado, sem brigar, sem falar um monte. E com cabeça mais fria, conversou e explicou seu ponto de vista. Senão, talvez, vcs ainda estariam brigados, cara virada um para o outro...e com certeza muito triste.

    Bjs bom dia! e aqui ta calor rs

    ResponderExcluir
  4. Oi Luci!
    Eu entendo perfeitamente! Isso é frustrante, mas eles te amam muito! Tenho certeza que fizeram sem a menor intenção! Mas que bom que vc falou. Isso faz bem, nos tira as mágoas e as angustias do peito!
    Ah! Aqui, hoje, amanhecemos com 3 graus!!! Bom, né mesmo?
    Beijos
    Karina

    ResponderExcluir
  5. Ah, aqui em sp tb anda um friozinhoooo....e eu tb converso muito comigo mesma.
    Família é sempre assim, não tem jeito!

    ResponderExcluir
  6. Oi Luci,
    Essas coisas acontecem...família é assim! Mas no final, tudo se acerta e todos ficam bem e felizes!
    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Luci
    Eu teria ficado braba tb e depois tudo volta ao normal.
    Agora que podia ter ligado para avisar, perguntar, convidar seja lá o que for... e isso claro que chateia.
    Minhas maninhas são assim tb , pois moro em Jacarepagua e elas e sobrinhos em Copa, exceto um que mora em Cabo Frio. Sou sempre a última a saber... acho até que esquecem de mim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Luci, antes eu internalizava e ficava me atormentando com pequenas coisas. Agora faço como você, incomodou, espero a calma chegar, falo, resolvo e pronto. Tudo bem, tudo bom. Ninguém fica chateado e as coisas melhoram lá pra frente, né?

    Bjs, Elaine

    ResponderExcluir