4 de jul de 2010

Gosto demais de Copa do Mundo e acompanho tudinho. Mas aprendi a não sofrer pelo que não merece. Sendo assim minha chateação por ver o Brasil desclassificado não durou mais que 5 minutos. Primeiro porque estão com a "burra" cheia de dinheiro e eu tenho que trabalhar muito para pagar minhas contas. Segundo porque no fundo eu sabia que isso não ía dar em boa coisa.
Poderia citar muitos detalhes, mas acho que basta lembrar os jogos anteriores, a dificuldade, o jogo ruim, uma seleção que não parecia nossa. O que foi aquele jogo contra Portugal? Onde vimos mais Brasil? Contra um Chile que já é meio freguês nosso e aí é bem mais fácil. Porém no primeiro jogo contra um grande time europeu deu no que deu. Mais uma vez o psicológico descambou. Até quando veremos isso? Não, esse time não merece uma só lágrima minha, um só momento de dor. Só tínhamos um jogador de criatividade? Ainda por cima machucado. Quequeisso! E cadê um banco de reservas decente para substituição quando precisássemos? Ficou em casa assistindo aos jogos pela TV. Ah Ronaldinho Gaúcho, como senti sua falta, viu? Nem o melhor goleiro do mundo, sim porque eu o considero assim,  foi capaz de defender gols bobos como da Coréia do Norte, da Costa do Marfim e o que foram os gols da Holanda. Tá, e a Fifa vem dizer que o primeiro gol deles não foi contra feito pelo Felipe... a gente acredita! Assim como já sabíamos que em algum momento ele aprontaria, o que para mim não justifica o estado que o resto do time ficou. Psicólogos neles. Uma seleção Penta e melhor do mundo não pode mais ter essa atitude em campo.Uma seleção que só entrou em campo por meia hora e depois ninguém sabe para onde foram suas almas. Uma vergonha!
Decidi que por conta das declarações de um jogador alemão eu faria algo que nunca pensei em fazer: torceria para a Argentina, um time Sulamericano. Mesmo depois de todas as gracinhas que os argentinos fizeram sobre nós, mas isso faz parte dessa nossa rivalidade. Porém após o segundo gol da Alemanha eu não resisti e deixei aflorar o prazer em ver a Argentina perder. Fazer o que? Não mostravam a cara de Dieguito e eu doida prá ver e saborear.
Todo mundo elogiando demais a seleção argentina, mas... jogou contra Coréia do Sul, Nigéria, Grécia e México.  Contra o México lembro bem como o gol roubado desestabilizou. Aí pegou um time europeu, um tri-campeão. Deu no que deu. Cadê Messi? 4 x 0 !!!!
Terminado o jogo me lembrei de uma reportagem onde argentinos gozavam da gente e lá no meio um brasileiro disse: A diferença entre Brasil e Argentina é de um dia!  E foi!
Meu lado ruim saboreou as imagens de Dunga e Maradona nas coletivas após os jogos. Quanta humildade!

Aí tenho que ouvir diversas vezes e de diversos deles da seleção brasileira que essa seleção resgatou o amor do torcedor pela seleção, o prazer em torcer novamente pela seleção brasilera. Conversa fiada pois o brasileiro pode reclamar sempre mas nunca deixou de torcer. Para mim essa seleção me deixou envergonhada.

Fico aqui agora assistindo as seleções que tiveram força para lutar e chegarem as semi finais. Aposto no tetra da Alemanha, que será merecido. Porém minha torcida é para o Uruguai e não posso deixar de dar os parabéns ao Paraguai que foi muito guerreiro, caiu de pé!

7 comentários:

  1. Sim amiga Lu a vida tem derrotas e vitórias, há que se entristecer com a dor dos outros e chorar com a nossa, mas superar, tocar o barco pra frente, ter novas esperanças, também choro e rio depois pois sei que aqui é tudo passageiro e há que se enfarizr as coisas boas da vida. bjs e bom domingo!

    ResponderExcluir
  2. amiga!
    Eu concordo com tudo que você disse e complemento: o Brasil caiu deitado, humilhado, arrasado. Torcer era gostoso qnd Ronaldo jogava, Romário e Bebeto. Essa é a geração do patrocínio, do amor ao lucro. O resto... é especulação para poder valer mais no mercado futebolístico!
    Beijos e bom domingo

    ResponderExcluir
  3. Bem, o Brasil não me empolgou nessa Copa (a não ser no jogo contra o Chile, que até foi legalzinho), e eu também não esperava muito do time não. O pessoal parecia meio perdido, com um ar estranho de perplexidade, e o Dunga parecia estar sob uma pressão incrível, que o deixava até engessado - ou extremamente irritado.

    Totalmente sem clima.

    Torci muito pro Paraguai ontem, foi guerreiro e forte. Meus parbéns a eles, também!

    E, quanto ao Uruguai... Soy loca! XD

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com vc...eu não entendo como adultos, profissionais, deixam-se abalar tão profundamente... Se os jogadores não conseguem reagir, não deveriam ser convocados. Eu tenho sangue alemão então sou fria nessas horas, mas quem joga tem que saber superar as adversidades bem rapidinho...... mas times latinos não conseguem..... é uma pena
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  5. Certo amiga, eu também concordo com tudo que você escreveu, até porque sei que neste assunto você não vai mudar de opinião.
    Abraços.
    Luiza.

    ResponderExcluir
  6. Vida
    Que bom ler um post seu e ver o Vida de cara nova. Fui descendo as janelinhas e passei n o Arte da Luci e quando vi o VIDA fiquei tão feliz que li seu post de um a vez só sem respirar.
    Você falou tudo que eu queria falar e ponto final.

    Beijos e mais beijos

    ResponderExcluir
  7. Luci..
    Concordo com tudo...
    Mas acho tbem que Dunga foi o maior responsavel...
    Já Argentinha..ahhh...lavamos a alma né??
    To torcendo muito para Alemanha, quem sabe tá ai o tetra deles!!

    Bjos no♥

    ResponderExcluir