28 de ago de 2010

Já contei que adoro acompanhar certas séries e que atualmente aproveito para baixar na net aquelas que nãopude acompanhar desde o início. Um exemplo disso é que acabei de assistir as 11 temporadas de Law & Oreder SVU. Antes dela assisti as 8 temporadas de Monk, que ameiii. Até as que acompanho atualmente, baixo na net porque assim posso assistir na hora que quero sem o compromisso do dia e horário que passa na tv.
O que tem de ruim em acompanhar as séries? O período entre uma temporada e outra. Tenho crise de abstinência hehehe Você também tem? Então quando é daquelas que o último episódio deixa algo no ar, fico doidinha para saber a continuação.
Porém acredito que a pior coisa para quem acompanha uma série é quando nesse período pós temporada, lê a notícia de que a série foi cancelada. Acho isso uma falta de respeito com o público que acompanha. Li que Cold Case e Ghost Wisperer foram canceladas. E aí? Como ficam as situações que esperávamos ver resolvidas? Cadê as respostas para as perguntas que carregamos? Me pergunto se já não sabiam que íam parar antes da temporada terminar. Por que não escrever um final? Mesmo que decidam terminá-las após o fim da temporada, por que não fazer um episódio dando final a série?

Mas voltando a falar desse período entre uma temporada e outra, para não ficar no vácuo fui em busca de novas séries, que foi o caso de assistir Law & Order SVU. Porém também comecei a assistir séries que ainda não estão passando aqui e a minisséries que passaram só lá fora. Vou partilhar com vocês, quem sabe alguém vai ter vontade de assistir não é?

Das séries estou acompanhando:



"Se querem se deliciar, se acalmarem depois de um dia estressante, acompanhem a nova excelente minissérie de época, Lark Rise to Candleford. A riqueza dos cenários, dos figurinos e a performance dos atores nos leva à linda região rural de Oxfordshire nos idos de 1850, onde acompanharemos romances, dramas, intrigas, luta de classes entre o pobre vilarejo de Lark Rise e a próspera cidade de Candleford.
O tema central é o desabrochar da jovem Laura, moça pobre de Lark Rise, cujo núcleo se encarrega de nos divertir muito a cada episódio, que começa a trabalhar no correio de Candleford.
Adorável é o adjetivo que mais se encaixa à essa produção caprichada da BBC, que agradará a todos que valorizam histórias encantadoras e bem cuidadas."


"A história gira em torno de Christina Hawthorne que trabalha no Charlotte Mercy Hospital na Carolina do Norte. Sendo mãe solteira e trabalhando em um Hospital, Nancy sempre coloca os problemas de terceiros acima dos seus."



                                              
“FLASHPOINT” é um drama que mostra a jornada emocional de um grupo de policiais da SRU (inspirado na força de elite de emergência de Toronto, no Canadá), que arriscam suas vidas numa força especial de emergência.
Esta unidade única resgata reféns, prende criminosos, desarma bombas, escala prédios e negocia com suicidas. Membros de uma equipe de alto nível, eles também são treinados para negociar, traçar o perfil dos criminosos e entrar na mente dos suspeitos para solucionar rapidamente as situações mais complicadas e salvar vidas.
 
Um grupo de 5 recém formados policiais cai de cara nas ruas da cidade e descobrem que nem a melhor preparação os deixa prontos para enfrentarem os problemas que terão no dia-a-dia. Além disso, a série promete explorar os dramas pessoas de cada personagem.
Essas são as que estou acompanhando, mas tem muito mais por lá, é só dar uma passeada pelo blog e encontrar algo que lhe agrade.  VM Séries


As minisséries que assisti ou ainda estou assistindo.



Apparitions conta a história de Padre Jacob, um padre exorcista que se vê a caminho de se tornar o Exorcista- Chefe. Mas isso não é o que as forças lá de baixo querem, elas o temem! Em Apparitions o assunto principal é exorcismo e, em segundo plano, a batalha do bem contra o mal.
Eu amei essa minissérie, a forma como o assunto é abordado, mostrando coisas da Igreja que a maioria das pessoas desconhecem, nos lembrando que o Mal existe e está por aí tentando fazer seu trabalho, nas pequenas coisas... Mesmo quem não é cristão, acho qu e vai gostar muito. São 6 capítulos.



Minissérie em 2 episódios, remake da história de “Ben-Hur”, personagem que surgiu na literatura americana criado por Lew Wallace.
Trata-se de um príncipe hebreu que viveu na época de Jesus Cristo, tendo como amigo, e depois inimigo o militar romano Messala, com quem trava uma luta de poder. BEN HUR do mesmo diretor de (The Tudors, Deadwood, Rome) é um drama angustiante, cheio de ação sobre a luta entre o Império Romano e sua rebelde conquista de Judéia.
Confesso que baixei mas que não tive coragem, ainda, de assistir. Acontece que eu sou apaixonada pelo filme Ben-Hur e receio pelo qu evou encontrar. Porém como prima virá aqui passar o feriado, vou pegá-la como companhia nessa aventura.



Filmada na Hungria e na Áustria, a história é situada na Inglaterra do Século 12. O livro narra as tramas políticas, religiosas e as guerras que surgiram com a construção da primeira igreja gótica do Reino Unido, a Kingsbridge Cathedral, ao longo de 40 anos. A Catedral não existe de fato, ela foi criada pelo autor Ken Follet que publicou o livro em 1989, tornado-se em um best-seller de 14 milhões de cópias vendidas.
São 8 episódios e como ainda está passando, você encontra os 6 primeiros. Os próximos serão publicados nas duas próximas semanas. Para quem gosta de tipo de estória, vai amar!!!! É show!



Entre de cabeça na escuridão da secreta história dos Cavaleiros Templares e da ultima viagem fatídica do ultimo Cavaleiro Templar! Acompanhe a arqueologista Tess Chaykin (Mira Sorvino) e o agente do FBI Sean Danley (Scott Foley) em uma perigosa aventura por cemitérios e esgotos de Manhanttan, através de continentes, dos terrenos desolados da Turquia, e finalmente, em uma violenta tempestade no mar Mediterrâneo, que se encerra como náufragos em uma remota ilha Grega e assim dentro do coração de uma grande segredo escondido pelo Vaticano. The Last Templar é uma minisérie com quatro horas de duração, foi exibida nos EUA em duas partes nos dias 25 e 26 de janeiro de 2009 pelo canal NBC. The Last Templar é baseada no livro homônimo do escritor Raymond Khoury lançado em 2005
Acabei de baixar e vou assistir nesse final de semana. São dois capítulos. Ah e eu ganhei o livro!!

Bem, espero que alguém aproveite o post!

Um ótimo final de semana!!!

3 comentários:

  1. Luci,querida
    Faz um tempão que não passo por aqui, que feio.......
    Mas estou com a cabeça amil com essa gravidez, só penso nisso, viciante.
    E falando em vício também sou viciada em séries, até já falei sobre essa paixão lá no blog, mas que grata surpresa saber que vc tb gosta de Law & Order SVU, adoro, mas Monk nunca me convenceu.
    Outra viciante é House, apesar de detestar o jeito de gerenciar do médico, tenho uma verdadeira história de amor e ódio com ele, vai entender....
    Bjs e bom final de semana

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro séries tb!
    Nunca gostei de novela, mas série é bom demais.

    E agora o Brasil tb tá fazendo umas séries muito bacanas. Isso é mto bom.

    Fiquei contente de ter comentário seu no blog. Tava com saudades, fico feliz de ver q vc está bem, querida Lucy. Bom fds

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lucizinha, boa noite!

    Também gosto de séries, principalmente das antigas, adorava Hawaii 5-0, Kojak, Columbo, Magnun, até Casal 20, kkk, pra não falar de maiores paixões como Star Trek, Jeannie e A feiticeira (cof cof naftalina!!!)
    Ainda não tenho tv a cabo na minha casa, maior parte das séries de hoje eu nem conheço.
    Algumas faço questão de não ver, detesto 24 horas e Lost (essa meu filho Daniel adora), já assisti Monk e gostei.

    Esse lance de interromperem sem apresentar final é comércio, assim sempre é possível haver uma continuação.

    Dessas séries que vc apresentou, achei interessante a do padre exorcista e sobre reilmagem de Ben Hur, sinto como vc, não existirá nunca uma versão melhor que a original, a-mo!!! Ben Hur é um clássico "imexível", como diria aquele antigo ministro. Depois conta o que achou dessa nova versão, tá?
    Normalmente, detesto refilmagens, são fakes, rompem a magia construída pela versão original.

    Luci, abstinência braba mesmo era esperar três anos para ver a continuação dos episódios de Star Wars e pior ainda saber que não haverá mais nenhum episódio novo, snif snif

    Ótimo domingão, beijocas,

    ResponderExcluir