22 de set de 2010

House e o Auxílio Exclusão

Não, não, House não foi preso e não vai receber auxílio reclusão. São 2 assuntos hehehe


Primeiro quero dizer aos fãs de House, mas fãs mesmo, que estão sofrendo com abstinência e ansiedade para o início da nova temporada, que o primeiro episódio já pode ser baixado. Basta clicar aqui.

Se vc não sabe como fazer, é simples! Clique em donload. Vai abrir uma página e você clica em "contiunuar download. Na nova página clique em "transferência normal". Vão lhe pedir para esperar 60 segundos e aí é só salvar \o/\o/

Segundo, sobre o auxílio reclusão. Eu já comentei diversas vezes das pessoas que gostam de criticar com agressividade, mas sem acrescentar nadica de nada. Pois preciso falar que as vezes aparece pessoas gentis, que nos corrigem e esclarecemcom toda educação e eu acho isso ótimo, pois nos impede, principalmente de passar informações erradas.
No post anterior eu falei do tal auxílio reclusão e a Heloisa Cunha me mandou um email que quero partilhar com vocês para que também se informem e não repasse informações erradas.

Oi, Luci,



Tudo bem?


Li o que você escreveu sobre o auxílio-reclusão e resolvi enviar-lhe essa mensagem para esclarecer esse benefício. Achei melhor do que simplesmente comentar no seu blog.
Tenho formação jurídica e trabalhei toda vida nessa área.
Esse benefício é um benefício previdenciário previsto em lei, há muito tempo. Não foi introduzido por esse governo, nem por nenhum outro.
Foi introduzido pela legislação, e a última lei previdenciária foi promulgada em 1991. Portanto, existe há muito tempo.
À primeira vista pode parecer um benefício absurdo, mas é um benefício como qualquer outro previdenciário, ou seja, auxílio-doença, aposentadoria.
Ele só é devido para aqueles que contribuem para a Previdência Social.
Não é devido aos criminosos só porque cometeram um delito e foram presos. É devido para aquele que, contribuindo mensalmente para a Previdência, comete um crime e vai para a prisão.
Esse auxílio é entregue para a família do preso, pois seus filhos não são culpados do seu crime. São crianças que precisam ser cuidadas e alimentadas. Já perderam o pai para o crime, e não podem ser abandonados pelo Estado. Mas reforço: só receberão esse benefício se o pai tiver contribuído para a Previdência.
Desculpe-me se fui inoportuna. Mas como você disse que é uma pessoa informada, e eu sei que é, achei interessante trazer-lhe essas informações.


Beijo,


Heloisa
Heloisa, você não foi importuna de forma alguma. Só tenho que lhe agradecer pela informação. Gostaria que todos fizessem isso em relação aos meus erros e equívocos, pois só assim aprendemos. Você além de me esclarecer foi de muita delizadeza. Sei que nem todos recebem bem esse tipo de coisas. Eu mesmo já tentei ajudar algumas pessoas com informações corretas e elas nem ao menos me responderam, devem ter ficado aborrecidas. Mas que bom que existem pessoas como você.

beijos e muito obrigada!!!!!

Aproveitem e conheçam o blog da Heloisa http://blogdavovohelo.blogspot.com/

5 comentários:

  1. É Luci, que pessoa delicada. Informou com exatidão e muita educação.
    Como faz falta gente assim no mundo... eu tenho até medo de abrir o mail do blog rs. Muitos haters do Japão, que enviam foto de gente morta em terremoto, na bomba atômica, mensagens bem agressivas mesmo contra o país e o povo que vive aqui.
    Pobre ser humano...
    mas que tem uns muito bons, isso tem, vide o exemplo da Heloísa.

    bom dia

    ResponderExcluir
  2. Que beleza essa intervenção da Heloisa que educadamente, esclareceu a todos,não é?

    beijos às duas,chica e uma linda primavera!

    ResponderExcluir
  3. Oi Luci! Saudades! É, estou de volta, rs...
    Muito boa a intervenção da Heloísa. Muito esclarecedora. Me fez pensar: que culpa a família de um infrator tem??? Seus filhos e esposas merecem também pagar pelo crime passando necessidades? Creio que não... e se o infrator pagou previdência, creio que tenha direito, assim como eu tive direito a receber na minha licença maternidade.
    É polêmico o assunto; mas as discussões por aqui, como sempre, estão muito saudáveis! Parabéns!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Luci!

    Que esclarecimento importante para mim, eu havia interpretado totalmente errado, agora está clara a função do benefício.
    Nada como lidar com pessoas inteligentes, a gente sempre aprende boas coisas.

    Minha irmã mais velha, que é médica, e meu filho mais velho são tietes do House.

    Menina, vc tem azaléas? Acho que elas gostam de frio, minha tia mora em Petrópolis e na casa dela tem muito.

    Beijão,

    ResponderExcluir
  5. Conheço a Heloísa e o blog dela, o "Blog da Vovó, mas não só". :)

    Achei o esclarecimento fantástico, porque foi educado e didático. Sai daqui mais informada depois de ter lido esse post, e já não tenho razões para me equivocar em opiniões sobre o benefício daqui 'pra frente, né?

    Muito bom, Luci!
    Perfeito, Helo! :D

    ResponderExcluir