22 de nov de 2010

Eu sofro CyberBullying

Sei que muita gente estranha o fato de vez enquanto eu falar da minha falta de tesão em escrever aqui e até sobre a vontade de acabar com o blog. Não é o caso de estar insatisfeita com o blog e nem de ser inconstante.
Quando eu trabalhava no Mercado de Capitais eu estava sempre muito atenta, com a guarda armada, defesa atenta. Sei que tem gente que acha que sou tranquilinha, boazinha, mas não sou assim não. Tenho personalidade forte e sangue italiano, portugues, espanhol e índio correndo nas veias. Porém como uma boa pisciana tenho a sensibilidade a flor da pele. Para que a minha sensibilidade não me fizesse sofrer muito, sempre fui boa de briga.
Porém quando passei a morar sozinha e trabalhar em casa, fui baixando minha guarda. Fui tentando me reeducar. Isso resultou que hoje é muito mais fácil me magoar.

O Vida sempre foi meu canto, sim, ele é meu!  Ele não tem tema, ele fala de e da Vida e por isso posso escrever sobre qualquer coisa, meus sentimentos e opiniões. Não me considero dona da verdade, longe disso e posso mudar de opinião quantas vezes eu qusiser e achar que devo, isso é evolução. Escrever sobre certos assuntos não é fácil, pois você fica mais sujeito a críticas. Se elas forem com o intuito de ajudar a crescer, ótimo, mas quando vem só para agredir, é o Ó. 
O Vida não é escrito para ganhar seguidores, leitores e comentários. Ele é para mim, e para os amigos que gostam de me ler. Muitos amigos lêem e nunca comentaram aqui, conversamos por fora. Não tenho idéia de quem passa por aqui e lê, nenhum programa para acompanhar isso.

Vocês não fazem idéia dos emails que recebo. Tá, não deveria dar bola para isso, mas não é bem assim que a banda toca, principalmente quando falam sobre um assunto que mexe com vc ou então vc não está num bom dia emocionalmente. Muitos machucam sim! Já parei diversas vezes na frente da tela, li e fiquei aqui chorando.
Maldade não é só matar, roubar, estuprar. Existe uma maldade mais fina. Essa maldade nem precisa vir nesses emails ou comentários maldosos. Muitas vezes leio em posts de blogs, uma simples frase que tem a função de alfinetar os outros.. Pura maldade. 

Quando escrevi sobre minha Fibromialgia, choveu emails. Muitos de pessoas querendo saber mais, conversando sobre o assunto, outros dizendo que eu queria me fazer de coitada e coisas assim. E quando escrevi sobre a doença da minha mãe? Esses foram os que mais me magoaram pelo assunto em si. Assim como a Fibro, falei da minha mãe porque acho que outros podem aprender com nossas experiências. Recebi muitos emails de pessoas passando o mesmo problema, pessoas que cuidam dos pais, suas dificuldades e foi muito bom trocar sentimentos com essas pessoas.

Sim, sim, eu não devo dar bola para isso,mas não é assim fácil. Alguns eu passo por cima, quando na época das eleições. Caguei e andei (desculpa) prá todos que me agrediram por conta disso. Teve um cara que me disse que ele podia escrever o que quisesse nos comentários porque o blog pertence aos leitores. Não, não pertence, ele é meu.

Sei que não estou só nisso tudo. Muitas vezes li posts por aí de pessoas reclamando disso. Imaginem vocês a Elaine e o Alexandre, do Lost Japan, também passam por isso, dá para acreditar? Quando a Elaine postou um texto sensual, logo escrevi nos comentários que iriam chamá-la de pervertida hehehe Trocamos emails sobre esses assuntos e ela me deu forças para continuar. Vi no Criative-se uma baixaria por conta de uma promoção. Um mulheril que me deu vergonha e pensei logo : falta de um tanque prá lavar roupa. Sim, porque fazer certas coisas só pode ser de gente que não tem o que fazer, com que se preocupar.

Essas pessoas que agridem por prazer, que se escondem atrás de fakes e e-mails falsos, são doentes, são perversos. Ao invés de abrir um blog e defender suas idéias, saem por aí agredindo os outros, que nem conhecem. Hoje algumas pessoas 
Tem coisas que quando quero escrever, preciso escrever, pois estão transbordando na mente e no coração, vou no word, escrevo e guardo, quando gostaria de escrever aqui... Eu não programo posts pro Vida, sento aqui e escrevo o que vem do coração, da emoção ou da razão, sem correções.
A partir de hoje eu vou escrever o que eu quiser. Não gosta não ler, mas não enche meu saco. A porta da rua é serventia da casa. Assim como quando  não gosto de um blog paro de seguí-lo.Não gosta do meu, não me siga.  Não gosta dos assuntos que escrevo? procura blogs com os assuntos que você gosta.

Diversas pessoas já me disseram que eu deveria parar de escrever sobre assuntos ruins, como de violência. O mundo não é cor de rosa. É feito de coisas boas e ruins e eu não vou fingir que não vejo e me trancar na casinha da barbie. Não vivo isso 24h por dia e ninguém deve, mas se precisa saber, para se cuidar, se previnir, educar os filhos, protegê-los. Temos que saber e  falar, não para sofrer, mas para tentar mudar, ao menos ao nosso redor. Todo mundo fala em paz mundial, mas eu não consigo paz aqui na blogosfera, pode isso?

Outra coisa... Sou cobrada por não visitar os blogs, não comentar. Mais um assunto que eu e a Elaine passamos juntas.  E vou novamente pegar carona no post dela. Me faz um favor? Vai lá e lê ele, é só clicar aqui.

Engraçado como as pessoas se sentem no direito de lhe cobrar. Me cobram visita, me cobram comentários, me cobram ensinar mais lá no Postando sobre Artes. Chego a receber email assim : "Vai demorar muito a postar o passo-a-passo de tal coisa?" Assim, mesmo, sem um oi nem um tchau. Outras escrevem para pedir alguma coisas, da mesma forma, sem um bom dia sequer, como se eu tivesse a obrigação. Não tenho, faço por prazer e não vou deixar de fazer porque tem muita gente legal. Há pessoas que me perguntam como fazer algo, eu paro meu trabalho, respondo com todo detalhe e a pessoa é incapaz de dizer um obrigada sequer. A partir de hoje só vou responder os emails que acho que devo, falta de educação não!!!!
Assim como a Elaine, eu tenho uma vida. Só ganho o que trabalho e o que ganho com meus artesanatos não paga metade das minhas contas fixas e não tenho ninguém para dividir as contas, sou sozinha.. Não estou ficando rica como muita gente pensa. O tempo que preparo os posts e respondo emails eu poderia estar trabalhando, mas eu gosto de fazer, mas não gosto de ser cobrada.

Como a Elaine me disse que ía postar sobre o Bullying Blogueiro e postou hoje a noite, ao invés de ir tomar uma banho, pois são 23:14h e eu estou de pé desde as 6 e trabalhando desde as 7h, decidi parar e escrever aqui. Bom que a blogosfera venha a discutir esse assunto.
Eu ainda teria muita coisa para falar, mas já tá grande demais e eu cansada demais. Mas voltarei a alguns assuntos.
Então ficamos assim: o blog é meu, eu escrevo o que quiser, se você não gosta não aparece mais aqui, se não tem o que fazer, vai encher o saco de outro, e vocês que gostam de reclamar dos meus erros de portugues, vão a merda!

Minha querida prima, Raven, me escreveu o seguinte:  No mundo nerd, chamamos Cyberbullyng de Trollagem. O melhor remédio para combater trolls? Nosso silêncio. Eles ODEIAM! XD Sim, magoa mto, mas é pior responder ao troll do que ignorá-lo. Pq, quanto mais confiança vc dá ao troll, mais ele te magoa.

Me desculpem os amigos queridos pelo desabafo, mas precisava. Não vou desistir do Vida, mas as vezes posso ficar um pouco quieta .  Obrigada Elaine, pela força e carinho!

Não deixem de ler o post da Elaine : CyberBullying - a agressão em seu blog

Agora vou tomar meu banho que quero assistir o show do Paul :)

Uma ótima e abençoada semana!!!!!!!


Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Paz e Bem!


30 comentários:

  1. Oi Luci esses dias tbm acabei com o orkut, não de vez, mas exclui gente que só conhecia da NEt, mães de modelos, que se dizem amigas, mas na verdade esnobam, e riem de outras crianças coisas que não tolero.Pode mexer comigo , mas com minha filha viro bicho.Chorei, sofri, deu vontade de abandonar tudo.Como vc disse a gente escreve pra gente, pra amigos que gostam da gente, pra desabafar.Tão chato os outros se apossarem da vida da gente né?
    Bjs e fique com Deus.Seu coração lhe mostrará o caminho.saudades

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luci, boa noite ou já bom dia?

    Cá estou com insônia, pra lá e pra cá no pc e vi teu post, muito bom mesmo, diz tudo que muitas vezes senti vontade de dizer mas de certa forma engoli.

    Esse lance de trolls aprendi em uma comunidade do orkut, havia uma palhaçada dessas, um demente agredindo todo mundo e as pessoas tentavam responder, até que ensinaram o seguinte: "se vcs ficarem batendo palmas pra maluco dançar, o maluco não pára nunca", foi combinado que mais ninguém responderia, pronto, acabou a festa.

    Vou lá ler o post da Elaine.

    Beijo pra vc!

    ResponderExcluir
  3. Minha querida, não podia imaginar que passava por coisas desse tipo. Já li posts sobre estar chateada com alguns comentários, mas não pensei que fossem tão pessoais. Estou indignada! Só posso aplaudir sua decisão de responder a quem merecer resposta. Esse pedaço aqui é seu e pode usá-lo da forma que lhe convier. Quem não gosta, que não invada seu espaço.
    Não preciso dizer o quanto respeito seu trabalho, pois sabe que há muito a acompanho. Fico feliz com a decisão de continuar seu trabalho e que esses parasitas vão procurar sua turma!
    Boa semana e superbeijo!

    ResponderExcluir
  4. Luci que coisa chata. Tem gente que parece que tem prazer em maltratar os outros, mas ignore. Tenha certeza que do outro lado da telinha tem muito mais gente que te adora.
    E não precisa se desculpar não viu, concordo com tudo o que disse.
    Parabéns pelas palavras.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu post!!! acho que todas nos em algum momento fomos vitimas desse tipo de coisa.... É como tu dize tem gente que parece que vai nos blogs só para esculachar =( É triste isso, perderem o tempo para falar mau e colocarem as blogueiras para baixo....
    Essa é a sua casa! E quem manda aqui é tu =P Quem nao gosta que va plantar batata xD

    Tomara que com esse teu desabafo te deixem um pouco em paz =)
    TE cuida muito!
    beijao!

    ResponderExcluir
  6. Digo o mesmo que disse para a Elaine, você está certíssima!

    Como é difícil imaginar você sofrendo esse tipo de perseguição. Não tem por onde!

    Beijo na alma e continue com a mesma garra, sempre.

    ResponderExcluir
  7. Concoirdo que é melhor ignorar do que se agitar com eles.Não é fácio. mas...
    Linda oração!

    um beijo e acho que cada um aborda o tema que quiser, o que for no seu coração no dia. um beijo,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  8. Lucy,

    Essa pessoas a gente tem que IGNORAR mesmo... Pq elas gostam de magoar, mas não gostam de ser ignoradas... O desprezo é a nossa melhor arma!
    Sabe?
    Alguns anos atrás (2008) minha irmã queria me "ensinar" como fazer o MEU blog...
    Mandei ela as favas!
    Eu sigo o blog dela, comento qdo quero e nem bom dia dou a ela...
    Pessoas assim não valem a pena conviver com elas!

    Sua oração é linda e profunda!
    E seu desabafo é do fundo da alma!

    Tenha uma semana de Luz!

    bjo

    ResponderExcluir
  9. Oi Luci bom dia,
    Isto que é mulher determinada !!!
    É isso aí mesmo que vc falou...só faltou na minha opinião dizer com todas as letras "siga-me os bons".
    Quem não gostar de alguma coisa q leu aqui ou em outros blogs...que saia de mansinho e bem quietinho,é o melhor que faz prá si mesmo !!!
    Tenha um lindo dia.
    beijo.

    ResponderExcluir
  10. Minha querida...leio vc sempre e fiquei muito triste de saber que vc passa por isso.... não é justo... tem gente tão 'nada' nesse mundo, que acha que precisa judiar dos outros para ser visto... o prazer em agredir é um dos maiores defeitos morais.
    Não se deixe abater...... vc tem muitos amigos virtuais que querem ler o que vc escreve.... sempre.
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  11. Nossa, cada dia fico mais decepcionada com as pessoas... como existe gente ruim neste mundo, meu Deus...

    Mas tem muita gente boa! E é nisso que devemos pensar!

    Fica com Deus, excelente semana!

    ResponderExcluir
  12. Lucy, vc está certíssima. Fale do que quiser, quando quiser, na forma que quiser.

    Não mude sua maneira de ser por ninguém. Tb já me incomodei muito com e-mails pedindo coisas desecudamente, mas hoje, eu simlesmente deleto. Pronto. Simples. Não morro por causa disso. Nem todos são educados, nem todos sabem pedir e muito menos agradecer.
    Vc é generosa, prestativa, gentil, educada. As pessoas sem caráter se aproveitam disso.

    Relaxa, esfria a cabeça e volta com calma e disposição, pois vc tem centenas, milhares e pessoas que te acompanham e (mesmo caladinhas) curtem o que vc tem a dizer e compartilhar.

    Bjks

    Claudinha.

    ResponderExcluir
  13. Luci,
    Que dizer?
    Eu assino tudo o que escreveu, me solidarizo com você e mando à merda esses seres uqe te perturbam.
    Quer uma dica? Ignore quando der, e se não der, bota a boca no mundo! Marque com spam na caixa de email, no blog, na vida.
    Se precisar de uma mão pesada me chama pra briga rsrrs

    Amei o texto!!!!! Agora sim é você!
    Beijossss e obrigada por me citar

    ResponderExcluir
  14. Luci, menina! É bom desabafar! Mas, deve ser muito triste receber e-mail ou comentários que machucam. Não saberia eu o que fazer, mesmo assim, se precisar de alguma força... estou por aqui! Conte comigo!

    ResponderExcluir
  15. ;)
    Luci,
    Sabe que eu concordo muito com sua prima!
    Ignora esse povo INVEJOSO, cruz credo!
    O blog é seu mesmo e quem tá aqui (ou deveria), é quem te quer bem, e gosta de vc!!! :D
    Escreva sempre o que seu coração mandar! ;)
    Força sempre
    Bjocas,
    Carol

    ResponderExcluir
  16. Luci,

    A internet é uma ferramenta poderoso em todos os sentidos, infelizmente tem alguns que veem nisso a oportunidade para por para for o pior que se tem dentro, porém com o benefício de não exposição, já que se escondem atrás de fakes e avatares.
    Uma amiga virtual que possuia uma comunidade do orkut super prestativa, também passava por isso e uma vez escreveu: este lugar é meu, é minha casa virtual. Você é bem vindo a entrar e conversar comigo, trocar ideias e até discordar de minha opinião; mas como visita você tem que usar de respeito por estar em casa alheia. Não vou permitir que abusem de minha hospitalidade, que ponham o pé na mesa, que baguncem a minha casa.
    Acho que é por aí!
    Bjs,

    Elaine

    ResponderExcluir
  17. Luci, sem muitas palavras : Siga sempre seu coração , ele sabe o que te faz feliz !!

    bjim

    ResponderExcluir
  18. Olá Luci,

    Aplausos para seu post! Assino embaixo, e te parabenizo pela coragem. Fico triste por você ter se sentido triste em alguns momentos, mas, como na vida existem pessoas ruins, há que se esperar que na blogosfera não seja exceção. O jeito é fazer como sua prima Raven disse: ignorar!
    E sempre pensar que, para um ou outro idiota, existe sempre gente bacana!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  19. ola´, o q posso dizer é que sua decisão foi a mais certa possível..ninguém é obrigado a ler seu blog e vc tm o direito de escrever o que quiser..qdo comecei o blog pensei em escrever tudo que me viesse na cabeça.. mas sempre falo pro meu namorado antes algumas idéias q tenho e ele me diz se é legal ou não colocar o que penso.. enfim.. talvez eu comece um outro blog , algum dia, mais sarcástico e politicamente incorreto.. lembrei de minha época de adolescente quando o tal bullying já existia mas não tinha esse nome .. sempre sofri por ser fofinha , ter espinhas .. etc etc.. e um belo dia descobri que quando me zoavam e eu me zoava junto, as zoações cessavam .. afinal q graça tinha em zoar quem , aparentemente ,não se importava??.. um truque danado de bom mas eu sofria do mesmo jeito .. enfim.. nem Jesus agradou 100%.. então vamos nos importar com quem se interessa pelo q temos de legal e excluir literalmente quem só quer nos zoar .. e punto e basta .. bjs LIN

    ResponderExcluir
  20. Uau!!
    Valeu Luci,
    Assino embaixo em grau, genero e número.
    Este povinho despeitado.
    Não gostou não amola!!!sai fora!!!
    Mas que as vezes enche o saco, isto enche!!!
    Gostei do seu post!!!continue assim
    bjs
    Edna santos

    ResponderExcluir
  21. Sabe Luci, como vc escreveu, passei e passo por cyberbulling. tem mta gente que odeia o Japão, tem racismo contra asiáticos, despejam esse ódio nos mails e mandam.
    mas não ligo, sinceramente já marco o remetente e ele segue pra lixeira sem eu sequer abrir o conteúdo.
    pq tem muita gente amada que tenho contato nessa blogosfera. vou dar minha atenção e sentimento pra eles, os maus acham o que eles próprios emitem, irradiam.

    quem te agride, no fundo, queria ser parecida com vc, saiba disso. é gente recalcada, que não tem coisas que vc tem, que não é o que vc é, que não REPRESENTA PARA MUITOS O QUE VC REPRESENTA (CARINHO, AMIZADE, SENTIMENTO BOM).
    Gente pequena, que infelizmente nao descobriu que poderia melhorar a propria vida fazendo algo de bom para si e para os outros, em vez de perder tempo na maldade.

    e segue em frente, o mal que coma poeira!
    boa semana querida amiga Luci

    ResponderExcluir
  22. OI Lucy, tudo bem?

    eu também recebi algo assim logo que comecei a postar. Que meu blog tinha sido classificado como um dos piores blogs da blogsfera por eu só falar da minha família.

    Logo senti que aquela pessoa nao deve ter uma familia feliz.

    Infelizmente pessoas más existe em toda parte e sair do real para o virtual é mais fácil ainda porque a pessoa se esconde atrás do "anônimo".

    Eu desprezo e nem bato boa, pois para mim qdo bato boca estou mostrando para a outra pessoa o qto ela me afetou e esse gostinho eu nao dou.

    Jogo na caixa de spam e nao penso no assunto. Eu sou mais eu e eu sei porque escrevo sobre a minha familia no meu blog. Quem nao gosta da Saia Justa basta clicar o X e nao voltar.


    Pense nos posts que vc escreve e que passam uma mensagem positiva e de alerta para outras pessoas que gostam de te ler. Por essas pessoas que nos respeitam é que vale continuar postando. Nao pare, viu.

    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  23. Oi, Luci,
    É triste ver o desrespeito das pessoas, que nos magoam à toa...por prazer, por não terem educação!
    Felizmente, as amizades são mais fortes e as mensagens positivas nos dão força para continuar, não é mesmo?
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  24. Frô, você disse muito do que já passei e que ainda passo. Sofro esse e outros problemas em comum, então sei bem do que fala, até na blogagem coletiva recebi palavras que não tinham a menor razão de estarem ali.
    É muito duro e cruel o que muitos flama sem ao menos saber, de verdade, quem somos e muito menos o que queremos. Hoje ainda dói, claro, mas procuro não deixar me afetar, pensando e lendo tudo o de bom que tenho recebido diariamente e daí, vou seguindo em frente. ;oD

    Conte comigo pro que precisar e quiser, viu, frô!

    Xerinhos
    paty

    ResponderExcluir
  25. Oi Luci,

    Gostei muito do seu post. Sou sua seguidora no postando sobre artes e jamais imaginei que existem pessoas para incomodarem até mesmo pelo blog. Foi muito legal sua sinceridade. Mas tem pessoas que nasceram para serem más e nada as fará ser diferente, por isso ignore-as. Continue sendo esta pessoa cativante que vc demonstra ser em todos os seus blogs. Sou sua fã.
    Beijos,

    Luciana

    ResponderExcluir
  26. Olá querida, tudo bem?
    Não pude deixar de dar o meu pitafo, realmente o mundo está cheio de gente sem educação, não se ouve mais um por favor, nem um obrigado.
    Eu devo dizer que vivo em outro mundo, nunca recebi um e-mail mal educado, ou um comentário desse tipo, pq se eu recebo boto a boca no trombone!
    Acho absurdo você escrever algo num lugar em que a pessoa pode ler, ou simplesmente pular para o próximo, e ela ler e achar que está errado, que não gostou... sai fora, vai pro próximo!
    Acho que seu desabafo é pertinente, e acho também que você tem que achar o botão "APAGAR", deixa isso pra lá, é um bando de gente invejosa que quer ter os seus telespectadores, os seus paps, o seu bom humor, enfim, a sua vida, sem sequer se preocupar com o bando de coisa ruins que você passa nos bastidores!
    Relaxa querida, você é maravilhosa, e se você não der bola pra isso, daqui a algum tempo a pessoa desiste!
    Bem como está no post, o silêncio é a melhor resposta!

    Agora vou nanar que to com sono! rs...

    Beijocassss mil e um abraço de panda! ;)

    ;*********

    ResponderExcluir
  27. Oi, Luci!
    Felizmente, não posso dizer que sofro disso constantemente. Mas já recebi um e-mail desaforado, sim. O que fiz? Não liberei (meus comentários são e sempre foram moderados), e também não respondi. Deletei. Pronto! Santo remédio... esse foi o único! Acho que a saída é por aí... ignorar. Assim você vence a pessoa inconveniente pelo cansaço. Boa sorte! :)
    Beijos,
    Lidi

    ResponderExcluir
  28. Bravos!!! Bravos!!! Adorei!!! Esse é o 2º post de seu blog que eu leio (o 1º foi da sua queda no Saara), e agora percebi que você é das minhas. É isso aí Luci,concordo com tudo e assino embaixo desse post. bjnhos.

    ResponderExcluir
  29. Ainda estou aqui rsrsr...ameiiii o teu jeito ,me identifico muito com vc
    Tbm sou uma mistura de indios e italianos,acho q é por isso que somos autênticos.Amiga vc escreveu tudo q saiu do seu coração e é isso mesmo ,ñ temos que fazer blog com post que não mostram o que realmente sentimos ,tbm faço isso e já recebi muitas criticas,mas como vc mesmo disse "estou cagando e andando" kkk
    Desculpe abreviar mas sou preguiçosaaaa.
    bjs e fique com Deus

    ResponderExcluir