28 de dez de 2010

Vivendo o tempo...

Desde que encerrei meu trabalho e entrei de férias, tenho vivido bem lentamente. Ando dormindo muito, como nunca fui de fazer. Acordo cedinho, hoje foi as 4h, faço algumas coisas, volto prá cama e durmo mais um pouco. Após o almoço, soninho  de novo. Sem contar que ando dormindo mais cedo que de costume. Estou respeitando a vontade do meu corpo. Tem muito do cansaço que andava e um pouco do acidente que não dei ao meu corpo o repouso necessário.
O Natal, como comentei que seria, passei sozinha, uma tranquilidade deliciosa. Comi, bebi, assisti filme, li e pouco depois das 22h já estava dormindo. Minha ceia foi comprada na padaria que tinha um buffet tão variado que ficou difícil escolher. Então comprei comida que dava prá ceia, sábado e domingo.
É interessante como muita gente reage quando falo sobre passar Natal sozinha. Creio que é por conta de associar o estar sozinho (e foi opção minha) com ser solitário. Eu não sou solitária, adoro morar sozinha, não tenho problemas quanto a isso e gosto da minha companhia. Passar o Natal sozinha, até me permite viver melhor o valor da data.
Claro que se eu tivesse marido e filhos, ou se meus pais ainda estivessem aqui, seria diferente, mas faz tempo que parei de pensar no que poderia ser e curtir mais o que é, assim se é mais feliz.
Na véspera do Natal família esteve aqui e passamos ótimos momentos juntos. Como vão viajar hoje e passar Ano Novo fora, estiveram aqui ontem, e agora tenho um sobrinho agregado que esteve aqui nas duas ocasiões, namorado da sobrinha, o Marquinhos.
Fiz de lanche algo que eles adoram e como sempre agradou muito, focaccia fechada, foram dois recheios diferentes.




Gostou?
Então volte amanhã que eu ensino a fazer :)



16 comentários:

  1. Hummm, eu gostei, parece uma delícia.
    É verdade viu Lucy, às vezes as pessoas se perdem do verdadeiro valor do Natal, e nada como refletirmos sozinhas ou acompanhadas sobre ele.
    Voltarei para a receita rs
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Lu

    Morar sozinho é uma experiência impar, poder fazer tudo o queremos a hora que queremos é algo excelente.

    Bonita essa focaccia, deve ser apetitosa.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Quero aprender essa receita, Luci,
    Você é muito forte, por conseguir passar sozinha e ficar bem.Te admiro por isso. Não sei se eu conseguiria!
    Desejo um feliz 2011 pra você!

    ResponderExcluir
  4. Hmmm, que delícia!
    Luci, te desejo um excelente 2011.
    Te conhecer foi um dos meus presentes de Natal.
    Papai do Céu foi bonzinho comigo esse Ano e me mandou muitos anjos para me acompanharem!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  5. Luci,
    Eu gosto de estar comigo. No dia de Natal marido saiu cedo, foi para a casa dos pais dele e só voltou de noite. No começo era uma luta porque eu nunca vou, gosto de estar só. Agora ninguém mais pergunta de mim porque já sabem. Sou estranha? Talvez, mas gosto demais de mim e minha companhia é a melhor rsrsrs

    Mais um ponto em comum rsrsrs

    Querida, feliz 2011!
    Beijosssss

    ResponderExcluir
  6. Mais uma estranhazinha para o grupo da Luci e da Elaine: sou eu. Não aguento essas reuniões por causa de datas; reunir por vontade em qualquer dia do ano,ok. Reunir porque TODO MUNDO fa, tô fora.

    beijoooo

    ResponderExcluir
  7. Oi, moça! Conheci seu blog hoje e me encantei com você. Estarei aqui amanhã para pegar a receita. Água na boca!!! Bj

    ResponderExcluir
  8. Oi Luci!
    Mas que maldade rsrsrs só amanhã teremos essa receita?
    Voltarei pra vê-la...
    Um Feliz Ano Novo com mta saúde,paz,prosperidade.

    ResponderExcluir
  9. O dvd da Bethânia é brilhante...eu tenho aqui....amooooo.

    Te desejo um Feliz Ano Novo cheio de alegria e felicidade.

    abraços

    ResponderExcluir
  10. Frô, acho q também faço parte do time das estranhas, rs Adoro ficar sozinha, nunca tive problemas com relação a isso, e algumas muitas vezes até sinto falta de quando o podia fazer. rs Há mesmo uma diferença imensa entre estar só, ser só e se manter solitária! ;oD

    E eu quero mesmo essa receita, viu... Vô ficar antenada aqui amanhã! ;oD

    Xêros
    Paty

    ResponderExcluir
  11. Oi Luci,tudo bem?
    Então...o aperitivo da família (irmãos e etc)...porque a Vania não paricipa mais da ceia? E gostei da resposta de uma das sobrinhas: Não veio pq não quis.´
    E foi assim...como sou cafona...como iria assistir ao show do Roberto ? Só na minha casa mesmo !!
    Ficamos em casa(marido e filhos) por pura opção de ficarmos "em paz e na paz" !!!
    Amo minha companhia tbm,de vez em qdo me isolo pq preciso...necessito disso e ponto.
    Amanhã voltarei para ver a receita...e aprender a fazer...claro !!
    beijo.

    ResponderExcluir
  12. HBC HDTV:
    Convidamos você cara leitora, que goste de ler e apreciar um bom conteúdo, onde se encontram o resumo de tudo sobre: Celebridades, Televisão, Futebol, Coisas Bizarras, Novelas, vídeos de música, pegadinhas e desenhos antigos e atuais, séries e muito mais.
    Contamos com a sua audiência ! Pois um Blog como o HBC HD merece grandes Leitoras como você. Nos visite e seja nossa seguidora você não vai se arrepender !
    Ao nos seguir, retribuiremos da mesma forma. www.hbchdtv.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Desejei essa Focaccia...rsrsrs

    Agora não compartilho da vontade de estar sozinha, eu sinto a necessidade de festa, agitação nessa época...

    Mas o q importa mesmo é a gente se sentir bem com nossas escolhas.

    =)

    Bjks

    ResponderExcluir
  14. Uhuhuhu!! Gostei e vou voltar amanhã, caríssima Luci!

    Morar sozinha é uma delícia, na minha opinião!!! Adoro! Embora tenha uma filha que fica um pouco lá outro cá, eu adoro os momentos em que estou sozinha!! Prefiro-os. Fora que a economia é imensa, rsrsrsrsrs... temos que ser práticos.

    Sinceramente, me deu uma fome essa receita! Amanhã veremos!

    Beijão!

    Carla

    ResponderExcluir
  15. Gata essas fotos estão criminosas... :D
    E eu concordo com vc sobre ser sozinha ou estar sozinha... Eu nunca tive a oportunidade de morar sozinha (mas já quis muito), e gosto de momentos comigo. Tem épocas (pelo menos uma vez ao ano), em que me recolho na minha concha, pra aproveitar meus momentos de fazer só o que eu gosto (ouvir musica alta, bordar, escrever, pintar, ler coisas bacanas e bobagens...). Tenho a sensação que todo mundo deveria se dar esse direito... Mas...
    Bjocas, Luci!
    Carol

    ResponderExcluir
  16. Luciiii eu vou voltarrrr e querooo a receita "crarooo"

    Sobre o post nós conversamos meio que tuitamente sobre o assunto, e sinceramente eu concordo com vc, não pra te paparicar mas pq sempre me tacharam de egoista e nunca me entenderam as opções que me faziam bem e eram diferente dos demais,morei sozinha por um bom tempo, e hoje sinceramente sinto falta do meu espaço, eu sou divorciada e depois de anos juntei os papéis rss, não casei mas tenho um acordo em cartório, e só sobrevive pq ele viaja a trabalho e resolveu me dar espaço rsss... mas eu aprendi a viver comigo e me sinto bem comigo rsss
    Eu não tenho filhos... apesar de lidar com os filhos dos outros... sou normal, boa tia, gosto de crianças não nenhuma mal amada rss, mas prefiro do jeito que está.
    Já passei alguns Natais e virada de ano sozinha por opção tb e ninguém entendia... hoje só consigo viver essas datas com a minha restrita familia que é pequena 3 pessoas e sobrinhos e um cunhado... e cada um de nós respeita o espaço do outro..
    }Nem ligo mais por me tacharem de egoísta... coisa que sou totalmente altruísta haha mas deixa pra lá....
    Eu quero é a receita!hahaah

    Ah me lembrei de um poema da Florbela Espanca que gosto muitooo e que me descreve muitooo bem, fui procurar e achei:

    Nunca fui como todos
    Nunca tive muitos amigos
    Nunca fui favorita
    Nunca fui o que meus pais queriam
    Nunca tive alguém que amasse
    Mas tive somente a mim
    A minha absoluta verdade
    Meu verdadeiro pensamento
    O meu conforto nas horas de sofrimento
    não vivo sozinha porque gosto
    e sim porque aprendi a ser só...

    Florbela Espanca

    ResponderExcluir