24 de jun de 2010

"Faz o que digo mas não faz o que eu faço" Você deve conhecer essa frase, mas você segue? Nem sempre eu sigo. Digo muito as pessoas para ignorar o que faz mal a elas, porém muitas vezes não consigo fazer isso e me arrependo depois. Sim, porque essa coisa de se arrepender só do que não fez é balela, nos arrependemos de coisas que fizemos. Eu me arrependo de muitas que fiz durante minha vida, não sofro com isso, mas me arrependo. Porém ignorar algo que lhe incomodou é fácil? O que é ignorar? Deixar prá lá e seguir adiante? Ou aquilo lhe atinge e fica ali martelando em você? Em mim fica.

Por quê estou escrevendo isso? Conversando com um amigo sobre o que aconteceu e gerou meu penúltimo post, ele me disse uma coisa que desde ontem não sai dos meus pensamentos. Daquelas coisas que você sabe, mas nem sempre faz e aí vem alguém que lhe fala e lhe coloca a pensar.

"- Por que o que a pessoa pensa valeria mais do que o que você pensa? O poder de te afetar ou não  é dado por você. Não acho que seja bobeira sua, é sério e lhe faz mal. Só estou lhe propondo outro modo de ver as coisas."

Por que estou contando isso? Primeiro para falar de como é bom ter um amigo que lhe diga as coisas, que lhe mostra que sua forma de ser, em algum ponto, não é a ideal, que você pode mudar e viver melhor. Nem sempre os amigos fazem isso porque têm medo de lhe chatear ou magoar. Tudo é a forma como você fala e ser amigo não é só concordar com você, não é mesmo?
Segundo porque pode ser que alguém que passa aqui pelo blog também aproveite isso que ele me disse, então vim partilhar.
Terceiro para dizer que me arrependi de ter escrito dois posts que escrevi aqui, que não deveria ter levado tão a sério, que não deveria ter deixado que me atingisse tanto, que deveria ser mais tolerante.

Obrigada meu amigo!

Um bom dia para vocês!

ps. Devagarzinho estou melhorando. Desde segunda voltei a trabalhar e isso já me dá um outro ânimo. Na terça irmão esteve aqui e fez almocinho gostoso e me deu muito abraço, santo remédio. Só mesmo as crises de tosse noturna permanecem, mas sinto que o peito melhorou. Obrigada pelo carinho e preocupação, isso também é um ótimo remédio, mesmo sendo virtual :)

23 de jun de 2010

Que triste assistir o que está acontecendo em Alagoas e Pernambuco. Mais uma vez a chuva causando muita dor. São impressionantes as imagens mostradas, a destruição causada. Pessoas que já tem tão pouco perdendo tudo. São 54 cidades atingidas, 30 municípios em estado de emergência, nove em calamidade pública, 42 mortes, 600 desaparecidos e 42.350 desabrigados.
Outro dia trocando emails com a Claudinha do Feito a Mão, ela comentou que não faz frio por lá, mas que as chuvas sempre castigam muito  nessa época, ou seja, sempre acontece. Mas também vi que Alagoas nunca recebeu um real se quer do programa de prevenção para tragédias climáticas, do Ministério da Integração Nacional. Dos R$ 70 milhões do programa, só a Bahia ficou com mais da metade do dinheiro. O Rio de Janeiro, atingido pelas chuvas em março e abril, aparece em último lugar entre os estados beneficiados.
Fico muito preocupada vendo tudo que tem acontecido nos últimos meses e pensando em como será no próximo ano. Creio que a tendência é piorar e prevenir não é bem o que se faz nesse país. Que Deus nos proteja e abençoe!


21 de jun de 2010

Hoje é o décimo dia da minha gripe e ontem foi o pior dia de todos. Até então eu não havia me abatido emocionalmente e ontem isso aconteceu. O mal estar do corpo melhorou e a congestão também, porém acho que o corpo começou a se ressentir do forte remédio que estou tomando. Continuo tossindo muito, principalmente durante a noite e sinto que ainda há muito no peito e ainda preso. Não consigo fazer tudo em casa, faço um pouco, canso, sento, levanto, faço mais alguma coisa e assim vou...
Como eu disse ontem eu me abati emocionalmente. Não sou o tipo de pessoas de ficar muito parada e me sentir doente sem poder fazer tudo o que quero me faz mal. Ver meu trabalho parado e os dias passando e ficando atrasado está me deixando inquieta. Mas acho que o fato de estar só também mexe muito. Sim, para mim é a única hora ruim de morar sozinha: ficar doente. Ontem senti muita falta de um cafuné da mãe com minha cabeça deitada no seu colo, das comidinhas gostosas e quentinhas, remedinho na boca, de toda atenção que ela nos dava. Passei quase todo o dia deitada encolhidinha e abraçada com o pimpolho. E escrevendo aqui nesse momento vejo que isso ainda não passou, mas não tem jeito, acabando de escrever vou tomar meu banho e começar a trabalhar porque não dá mais prá adiar, tenho encomendas prá entregar, prazos e além do mais o trabalho me distrai e não fico pensando.

Mas nem tudo ontem foi assim, o jogo do Brasil me agitou e não poderia ser diferente, né?  O dia já havia começado bem vendo a Itália empatar. Ah mas se não fosse o juiz dar aquele penâlti teria perdido, né mesmo?  Lavei a alma com os 3 gols e provamos que Deus é mesmo brasileiro. Ele usou a mão para fazer aquele gol do Maradona, lembra? Mas usou os dois braços para fazer o do Luiz Fabiano hahahaha O melhor mesmo foi o juiz mostrando que viu isso e dando risada. Quem teria coragem de anular um gol daquele? Jogada maravilhosa!!!
Que juiz é aquele, Deus do Céu? Nem cartão amarelo deu em diversos lances e entra no jogo do cara que fingiu ser atingido no rosto e expulsa o Kaká? aff  Eu não disse que o jogo ía ser violento e que provavelmente daria expulsão? Mas nunca pensei que seria o bonitinho.
Todo mundo falando da Argentina. Pois é, temos o mesmo saldo de gol deles, estamos classificados e eles ainda não. (Se tiver argentinos lendo o blog, não fique chateados, como já disse minha rivalidade é só no futebol, viu?)
Agora que venha Portugal! Espero poder ver gol de Robinho, ele também merece fazê-los.
Bem, são 7:30h , vou pro meu bainho e começar meu dia de trabalho.

beijo e uma ótima semana prá vocês!

19 de jun de 2010

Aaaahhhhh Acabei de almoçar, vim aqui ler os comentários e adorei!!! :D

Bem, antes de mais nada eu quero dizer que não me aborreço por conta de futebol, então podem escrever o que quiserem. Também não escrevo nada com intenção de aborrecer ninguém é só o que sinto e penso.

Adoooroooo Copa do Mundo! Por mim deveria ter todo ano hahaha tá bom... de dois em dois?
Como eu não sei se o Brasil vai me dar só alegrias eu vou curtindo e me divertindo com tudo. Aliás agradeço a Alemanha, França, Itália, Inglaterra e Espanha pelos ótimos momentos que me proporcionaram. Yeessss! Tá, eu sei que tudo pode mudar, mas eu vou aproveitando enquanto posso, entende?

Karina, isso mesmo, nessas ocmpetições quero é ganhar, jogando bem ou mal.

Desabafando, sim o jogo deve ter dado sono em muita gente, mas euzinha não tirei os olhos da tela e fiquei nervosa morrendo de medo que os coreanos aprontassem. Quem gosta mesmo não dorme nem num jogo desse, pelo menos é o que acredito.

Alexandre, não, não convenceu, mas acho que vai melhorar sim. Pegar um time daquele no primeiro jogo não é bom, preferia que tivesse pego logo Portugal, jogar e deixar jogar.

Clarita, também torco pro Paraguay \o/

Biula, não é mesmo?

Sumie, eu assisto e leio tudo. Quando aqui foi a noite eu virava e ía trabalhar quase sem dormir. paixão!

Luma, como escrevi acima, também preferia que o Brasil tivesse pego outro time logo no primeiro jogo, mas fazer o que né? Sobre a Argentina, deixa eu te contar uma coisa. Torço por qualquer time mas não torço pela seleção argentina. Tenho toda rixa com eles, mas SÓ no futebol. Conheço argentinos que gosto muito, nada contra o povo, mas no futebol não tem jeito, é como flamengo e vasco, são paulo e corinthians etc etc É deles comnóis e nóis comeles. Levo tão a sério e fico tão nervosa que faz um tempo que não assisto jogos de Brasil e Argentina. Eles jogaram bem sim, mas não conta que escrevi isso que eu nego.
Sobre Pelé e Maradona, eu devo dizer que não suporto nenhum dos dois, se merecem. Apesar que quem lançou provocação primeiro foi Maradona, o Pelé respondeu.

Agora, ninguém merece Galvão e Falcão, viu? O segundo tempo do jogo assisti no Sport Tv, embora não goste muito, mas ía ter um troço se continuasse a ouvir a voz do Galvão.

Cada vez que assito uma declaração do Dunga, fico mais fã dele. Gosto de gente assim, que fala na lata.
Se você não viu, clica aqui.

A todos obrigada pelos votos de melhoras. Infelizmente ontem tive que entrar no antibiótico devido a tosse e pulmão cheinho :( Mas pelo menos já consigo fazer as coisas.

beijo grande, ótimo final de semana e vamos torcer!!!

"Quando se está morto, sabe-se de tudo, é uma das vantagens."
[José Saramago]

18 de jun de 2010

Ressurgindo da cama.... Só ontem comecei a melhorar do mal estar e conseguir fazer as coisas. Espero que hoje continue melhorando. Só o que não melhorou é a tosse, pena do sono dos vizinhos :(
Acompanhando os jogos? Euzinha sim! E estou muito feliz com tudo que estou vendo. Para começar também achei que Brasil não jogou bem, mas para mim o que importa é ganhar e ponto. Somos o único da chave que ainda pode ganhar os 3 jogos. Se com a Coréia do Norte jogando daquele jeito nós ganhamos, não tenho receio contra os outros dois. Aliás, Cristiano Ronaldo não faz gol pela seleção portuguesa há mais de 1 ano. Acho que o jogo contra a Costa do Marfim vai ser danado e provavelmente terá até expulsão, pois viram como são bravos? Como também temos os nossos que gostam de uma briga... Argentina acha que já ganhou a Copa por conta dos 4 de ontem. Melhor assim, costumo dizer que o primeiro milho é dos pintos hehehe não gosto do clima "já ganhou" e por conta disso estou adorando tudo que estão falando do Brasil. Ganhar como ganhamos numa final dá o campeonato também, então pronto! Já vi meu time jogar muito bem diversas vezes e não ganhar o jogo.
Mas sabe o que foi melhor prá mim até agora? Ver o México ganhar da França, não tem preço :D
Antes do primeiro jogo eu disse a diversas pessoas: Robinho será o nome dessa Copa e o primeiro jogo mostrou bem isso. Pedala Robinho!!!!!!

Segunda-feira o blog volta ao ar normalmente e espero vocês por aqui.

Beijo e ótimo final de semana!

15 de jun de 2010

Bom dia turminha! :)

Só vim aqui prá dizer que estou bem, nada aconteceu. Quem fechou prá balanço foi o blog e não eu, pelo menos é como deveria ser. Digo deveria porque uma gripe me pegou de jeito e me jogou na cama e eu não estou conseguindo trabalhar pois o corpo só pede cama.
Vim contar isso para que ninguém fique preocupado, já que recebi alguns emails.

O bom é que estou bem concentrada para o jogo de hoje hehehe ontem já treinei bastante torcendo pro Paraguai, apesar daquele monte de homem bonito no time da Itália.


beijos e logo logo voltaremos ao ar.

11 de jun de 2010

Adorei a festa de abertura da Copa e é claro que o post de hoje seria sobre ela. Porém quando liguei o pc, a primeira notícia que li foi a morte da bisneta de Mandela, após a saída da festa. Confesso que isso me tirou o tesão de escrever.


Zenani Mandela
É claro que a vida continua, é claro que a festa continuará, é claro que vou assistir ao primeiro jogo e torcer pros Bafanas Bafanas. Mas é impossível nesse momento não parar e ser solidária a dor dessa família, ainda mais num dia que seria de tanta alegria para ele que trabalhou tanto para que essa Copa acontecesse na sua África do Sul.
O céu ganhou mai sum anjo.
Um bom final de semana...

10 de jun de 2010

Muitas vezes li pela blogosfera posts escritos por conta de comentários agressivos que receberam. Também já recebi, assim como emails de remetentes que não podem ser identificados. Eu entendo bem como se sentem, não é agradável, mas eu tomei a decisão de ignorar essas pessoas, já que não se identificam não merecem minha atenção.
O mundo virtual é igualzinho o real, tem gente de todo tipo. Eu acho que tudo é bem simples quando se trata de blogs, se gosta lê se não gosta não lê e ponto. Ficar lendo o que não gosta e ficar fazendo comentários agressivos é coisa de gente infeliz e que não tem o que fazer com seu tempo. Nós que aproveitamos nosso tempo com o que gostamos, já que ele é curto para tudo que queremos fazer, temos apenas que ignorar e seguir em frente. Ficar chateado por muito tempo e escrever sobre o comentário recebido, para mim é dar cartaz prá esse povinho. Veja bem, eu entendo o que as pessoas sentem e o porque de escreverem , já agi assim muitas vezes, mas hoje acho que não vale a pena e escrevo isso para lhe dar meu apoio e uma sugestão. Ignorar é o verbo.
No post anterior, foi diferente, como escrevi não foi nada contra mim. A pessoa escreveu sobre um assunto de forma que não gostei, que acho que não se deve fazer. Confesso que cheguei a começar escrever um comentário, mas parei e pensei que, primeiro não valia a pena porque não mudaria nada e segundo que ela tem o direito de escrever o que quiser no blog dela, embora eu não concorde. Então se não gosto, me retiro. Se eu respondesse a ela acabaria sendo agressiva também e agiria como os que condeno, não gosta não lê.
Optei por não escrever aqui qual era o assunto e blog para evitar polêmica. Também não tenho o direito de expor ninguém dessa forma.
Virando a página e mudando de assunto, estou ansiosa pela festa de abertura da Copa que será hoje as 15h. Com a cultura africana de alegria, danças e cores acho que vai ser lindíssimo.
beijo grande e ótimo dia!!!!! :)

9 de jun de 2010

respeito, acima de tudo

Ontem quando li um post num blog que eu até então acompanhava, me senti ofendida e desrespeitada. Não, não falava de mim, não era para mim diretamente, mas falava de coisas que fazem parte da minha vida, que acredito.
Há pouco tempo escrevi aqui sobre considerar o respeito o maior dos valores humanos e o que mais falta as pessoas atualmente. Acredito que as pessoas precisam de um mínimo de responsabilidade quando escrevem. Precisam respeitar as pessoas que por ali vão passar e ler o que escreveram. Todos temos direito as nossas opiniões e a escrever sobre elas, mas não é necessário ser de forma agressiva e desrespeitosa. Eu pelo menos penso nisso quando escrevo aqui ou quando comento em outros blogs.
Na última novela das 21h tinha uma personagem, a Isabel, que foi muito discutida por dizer verdades. Não tenho nada contra as pessoas falarem verdades, eu mesmo sou assim. O problema da Isabel não era as verdades que ela falava, mas a forma como ela as falava, o objetivo que ela tinha quando as falava.
Há muita gente que quer ser respeitada, mas se esquecem de respeitar o outro.

7 de jun de 2010

Seu Clak

Na última semana entrei em clima de Copa do Mundo, não tanto pelos jogos, mas pelas fantásticas reportagens que tenho assistido na Globo e na Globo News. Gosto muito de conhecer novas culturas e o povo africano sempre me atraiu muito, principalmente por sua alegria, mesmo vivendo uma vida tão difícil.
Li que a Globo mandou 250 profissionais e com isso cada programa de jornalismo tem sua turma por lá nos mostrando muita coisa curiosa e bonita. Essa pré copa está sendo maravilhosa para mim. Porém de tudo que assisti, de alegre, de triste, de bom, de bonito, o que mais me tocou foi uma entrevista ontem no Bom Dia Brasil, feita pelo Regis Rosing.
Seu Clak tem 80 anos e está trabalhando onde a seleção brasileira está hospedada. É o responsável pelos serviços gerais e o funcionário mais antigo do hotel. Até aí nada demais. Apesar do apartheid ter acabado há quase 20 anos, Seu Clak ainda é perseguido pelo passado. Trabalha há 66 anos num bairro branco e por isso se acostumou a olhar para seus pés, sempre de cabeça baixa. Na entrevista o Regis teve que insistir para que Seu Clak olhasse para ele, mesmo sendo um branco.
Começa a entrevista de cabeça baixa,

levanta o olhar pela insistência

e continua, olhando para o horizonte...
Fiquei pensando em tudo que Seu Clak deve trazer na mente, no coração e na alma. Porém tenho certeza que nunca alcançarei tudo, por mais que tente.

4 de jun de 2010

fervilhando

Ando num momento muito gostoso, mas que me deixa bem inquieta. Minha cabeça anda fervilhando de idéias para trabalhar.
Graças a Deus sempre tenho encomendas de trabalho. Durante muito tempo vivi feliz fazendo meus trabalhos. Porém chegou um momento que comecei a sentir falta de fazer coisas diferentes. Quem gosta de fazer artes, basta fazer um pequena viagem pela net que encontra mil idéias e eu vou guardando tudo numa pasta pensando em fazer depois. Material é o que não falta aqui em casa. Porém vou pegando encomendas e quando vejo a semana terminou, outra começou e cá estou eu nas caixinhas.
Vejo lindos trabalhos feitos por outras artesãs e já tenho um comichão de também fazê-los. Além de fazer novos trabalhos, penso em separar um espaço do meu tempo para dar aulas e fazer apostilas, pois são duas coisas que sempre me perguntam através de emails.
Devagar comecei a mexer com tecido e feltro e fazer trabalhos mais simples. Porém isso não me aquietou. Preciso separar, nem que seja um dia da semana, para colocar as mãos em outros trabalhos. Preciso aquietar essa parte de mim que quer ir além.
Um ótimo final de semana!!!

3 de jun de 2010

Feriado hem? Será que tem alguém aqui lendo ou todo mundo foi viajar e curtir?

Não sei se você já conhecia, eu não. Dei muita risada ao receber essa imagem.

Meninos não fiquem chateados, mas cá entre nós, um homem que reuna todos esses quesitos, não é fácil de encontrar né? Provavelmente impossível hahaha



Estou aqui toda animada pois vou almoçar com uma pessoa que não vejo há pelo menos uns 15 anos!

Bom feriado!!!

2 de jun de 2010

atualização: Queridonas e queridões! Fiquei um pouco preocupada lendo os comentários nesse post. Será que passei a impressão de estar chateada pelo que contei do irmão? Tou não viu? Só enchi o bumbum dele de palmadas hehehe Eu sou danada quando fico brava, sou meio briguenta, mas sou daquelas que resolvo tudo na hora e minha raiva passa logo logo. Eu e irmão somos bem diferentes, uma pisciana e um virginiano. Vira mexe temos nossos arranca rabo, mas que me lembro só ficamos de mal uma vez em toda nossa vida. Maior que nossas diferenças é nosso amor :) ~Veja que no início do post eu falei o quanto estou bem e feliz. De qualquer forma obrigada pelo carinho.
Um óótimooo feriadooo!!!!!! Eu ficarei aqu i no lerê lerê lerê lerê lerê hahahahaha
beijosss
....................
.
Bom dia flores do dia!!! Friozinho danado aqui, viu? 18 graus! Não, não ri... Inverno carioca é assim e lembra que aqui é úmido né? Eu aqui de moleton e meia nos pés. Janela aberta só um pouquinho por conta do ventinho frio. Mas tá bom! Ah se tá! Depois daquele calor louco, nada como esse tempo gostoso, principalmente que a chuva parou.
Se a gente conta que está triste, também tem que contar que a tristeza passou e o coração tá belo e formoso, não é? Não é bom ficar triste, mas esses momentos também nos ajudam a crescer, nos faz pensar e dessa vez foi importante porque consegui encarar essa tristeza de forma diferente e conversei muito comigo. Você conversa com você? Dá bronca? Chama a atenção? Eu tenho feito muito isso e está sendo muito bom. Já que não tem ninguém em casa prá fazer isso, faço eu mesmo hehehe
Uma das coisas que percebi é que muitas vezes para termos o que queremos, o que pedimos a Deus, temos que passar por algumas coisas para alcançar o objetivo final e está sendo assim.
Tenho muitos motivos para estar feliz, muitas coisas acontecendo, mas o principal, que nem lembro se já contei prá você, é que irmão voltou definitivamente para o Rio \o/\o/\o/ Depois de mais de 2 anos trabalhando fora do Rio e vindo só de vez enquando, ele viu que estava n ahora de mudar, pediu demissão e voltou prá nós. Aaah que coisa boa viu?
Você que tem família, marido, esposa, filhos, qual a coisa mais importante? Vê-los felizes, não é mesmo? Assim é comigo, eles são minha família e o que mais quero é vê-los bem e felizes. Muita gente diz que sou meio mãezona com todo mundo, e eu concordo. Desde muito cedo eu tinha a vontade de ter filhos, planejava meia dúzia, 2 mulheres e 4 homens, pode isso? Mas era. Não tive filhos naturais, mas Deus, a vida, me deu muitos filhos postiços, até mais velhos que eu.
Sou a irmã mais velha e como papai e mamãe já foram, você não concorda qque agora sou a cabeça da família? (irmão vai ler isso e rir muito) Pois então, segunda-feira mesmo levou umas boas palmadas enquanto eu o abraçava, mas veja se não tinha razão. No domingo fazia 10 dias que não os via, e olha que eles moram na rua que fica no final da rua que moro, mas tudo bem. Como já era o segundo domingo que eu não recebia ligação para ouvir que viriam almoçar aqui ou convidando para almoçar lá. Quequefiz? Separei os ingredientes para fazer uma torta salgada que eles gostam e ir lá pro lanche. Niqui tou lá na cozinha, toca o telefone, era Camila, a sobrinha.
"Tia, você quer alguma coisa daqui de Itaipava?" Respirei fundo...
- Camila, vocês estão em Itaipava e não me disseram nada?
- Só fiquei sabendo hoje de manhã.
- Quero nada não, tchau! e desliguei o fone.
Não entendeu, né? Ah e você não me viu brava ainda. Desliguei para não falar um monte.
Semana passada eu havia pensado que queria comprar umas coisas lá em Itaipava e pensei em chamá-los para ir até lá. Custa ligar, que não seja para convidar, mas para saber com calma se eu quero algo e o que? É, eu sou assim...
Então quando irmão chegou aqui na segunda, abracei e dei muita palmada e reclamei tudinho. Ele nem me deu bola....
Agora vou deixar você porque vou assistir o jogo treino do Brasil e começar a esquentar prá torcer na Copa.
beijos geladinhos prá você.

1 de jun de 2010

Bom dia!
Chove, chove e chove aqui no Rio. Foi assim por toda a noite e pelo jeito isso vai longe. Acordei quase 10h porque consegui dormi já devia ser quase 3h da madruga :(. Fiz meu café e vim prá cá assisitr o jornal das 10 da globo news e ver as novidades na net.

O assunto do dia é o ataque de Israel ao navio que levava ajuda para os palestinos que vivem na faixa de gaza. Você já notou que tudo que acontece pelo mundo sempre tem brasileiro no meio? Pois temos uma brasileira detida, é Iara Lee, cineasta e ativista.


Aqui tem uma entrevista que ela deu por telefone. Estou escrevendo sobre ela, porque queria dizer o quanto eu admiro as pessoas que se dedicam dessa forma por uma causa. Admiro as pessoas que não ficam só em palavras, mas que participam de atos, mesmo sabendo que sua vida corre risco. Ela deve ser deportada e já disse que continuará sua luta.
Parei para pensar quantas "guerras" existem hoje. Quantos povos sofrem. Quantas pessoas que gostariam de ter apenas uma vida simples e tranquila, com um mínimo, sofrem as consequências dessas brigas, dessas diferenças. Quantas vidas oprimidas, sem liberdade, sem alimentação, saúde, educação. Quantas pessoas acordam e dormem com medo.
Aqui no nosso país falamos dessa nossa falta de liberdade de ir e vir por conta da violência. Falta de educação decente, de saúde satisfatória e ainda temos gente morrendo de fome, sim, temos isso no Brasil. Nada disso estaria acontecendo no nosso país se existisse "boa vontade" dos nossos políticos.
Me pergunto: somos nós privilegiados diante de tudo isso que assistimos? Sim, nós somos. Mas isso não deve nos impedir de lutar por algo melhor. De lutar para que tantos tenham um mínimo para viver nesse nosso país tão rico e desigual.
Será que é esse tempo chuvoso e esse dia cinzento que me deixou assim? É, pode ser, mas eu não deveria me esquecer de tudo isso no meu dia-a-dia. Não esquecer me faz valorizar mais o que tenho e procurar fazer um pouco mais por tudo isso. Sempre podemos fazer um pouco mais.