30 de nov de 2010

Eu acredito e não desisto

Um bom dia em busca da paz!

Tem muita coisa que eu gostaria de ter escrito aqui nos últimos dias, mas a falta de tempo não me permitiu. São 06:35 da manhã e eu já estou de pé desde as 5h para trabalhar. Porém eu não podia deixar de vir aqui deixar duas coisas. Primeiro esta foto que não precisa de legenda.


Segundo, que nos últimos 2 dias, através do twitter eu conheci muita gente, sites e blogs. Porém o mais importante de todos, eu quero lhe convidar a conhecer também. Esse site, essas pessoas me mostraram que eu estou certa em acreditar, mesmo o mundo me dizendo para não ser assim. Alguns minutos atrás eu chorei lendo um artigo nesse site e o que eu senti, não dá para explicar, pelo menos não nesse momento.
Quero apresentar para vocês o Papo de Responsa, um site feito por policiais civis do Rio de Janeiro. Entre lá com calma e veja tudo. Mas se estiver com pressa, leia ao menos o último artigo que foi escrito ontem por um deles lá mesmo no Complexo do Alemão.


Eles estão em diveros sites sociais e no twitter são @papoderesponsa. Sigam também @JJAfroRaggae que trabalha dentro do Complexo e ajudou na intermediação com os bandidos. E @vozdacomunidade , jornal feito por pessoas de 11 a 17 anos que moram na comunidade do Alemão e que notiiaram tudo direto de lá. No sábado começaram o dia com menos de 1.000 seguidores e ontem já tinham mais de 20.000. Ganharam a Gloria Perez como madrinha e foram parar na Gllobo News e G1. Precisavam ver a festa deles.

um beijo de paz e esperança para vocês.

26 de nov de 2010

Cariocas, vamos mostrar nosso valor

É muito triste assistir tudo que está acontecendo no Rio de Janeiro, porém já era esperado, pelo menos pela população que há uns 2 meses fala que certos ataques era por conta das UPP's, mas o governo(?) negava. Afinal, se você ocupa 12 comunidades e faz com que os bandidos se mudem de lá, para onde você acha que eles vão? Prá Amazônia? Desde que as UPP's começaram, aumentou o número de assaltos, de todo tipo, pois perdendo dinheiro com venda de drogas, começaram a descer pro asfalto. 
O governo anunciava uma semana antes que a comunidade ía ser pacificada e com isso dava tempo dos bandidos sairem e evitavam o confronto. Tá certo, mas e aí? E vem dizer que pararam porque a população estava cansada de confrontos?
Que temos capacidade de enfrentá-los, nós sabemos, então por que não fazê-lo. Eu creio que seja porque há muita gente envolvida, gente que não mora nas comunidades, muita gente com o rabo preso. 
Que bom que os bandidos resolveram reagir, porque se não fosse isso, nada aconteceria, ficaria tudo igual, todos acomodados. Porém não se pode esquecer, que UPP's e outras coisas mais, só estão sendo feitas no Rio, por conta de Copa do Mundo e Olímpiadas. Deus sabe porque nossa cidade foi escolhida, porque só assim uma série de coisas seriam feitas aqui. Tanta boa vontade do Governo Federal em relação ao Rio, é somente por esses motivos, pois o Rio há muito anda esquecido por todos.
O Rio não produz drogas e armas na escala que existem aqui, vêem de fora e todo mundo sabe disso. E as fronteiras do Brasil? E as estradas por onde elas vêem para chegar aqui? 
O BOPE é referência no mundo inteiro, é considerada a melhor polícia urbana do mundo. Mas e aí? Porque o governo não se vale disso pro nosso bem? 
Eu sempre acreditei que só uma "guerra" resolveria o problema com esses bandidos. Sempre falei que o exército tinha que vir prás ruas do Rio. Morreria inocentes? Sim! Mas não morrem inocentes todos os dias sem que nada esteja sendo feito? É sim uma guerra e confesso que fiquei muito feliz ao ler a notícia, ontem a noite de que finalmente o Governo Estadual pediu ajuda ao Exército e 800 soldados estão vindo auxiliar nossa polícias. Tenho certeza que ao ver aquela debandagem de bandido nas imagens de ontem, eles se assustaram. Tanto que a polícia não previu isso e não estavam esperando por eles lá do outro lado. Se perdeu uma grande oportunidade de pegá-los em área aberta sem moradores. Mas tudo bem , acredito na capacidade das polícias e exército de pegá-los. Sim, eu também acredito qu enem toda nossa polícia é corrupta. 
Tanto todos sabem o que fazer, que a operação de ontem foi muito bem armada. Pediram ajuda a Marinha para poderem subir, Hospital praticamente desocupado para receber feridos, com mais de 10 ambulâncias na porta e até um espaço para receber os moradores que não pudessem ou quisessem voltar para suas casas. E agora, graças a Deus, chega o exército! Aeronáutica vai emprestar 2 helicópteros. E até material para visão noturna receberemos. Finalmente!!!!! Mas isso só porquê o mundo está vendo e a turma aqui não pode correr o risco de perder a Copa e as Olimpíadas! Benditas sejam!!!!

Sabe o que mais me chamou a atenção em tudo que foi noticiado? Que muito policiais estavam sem coletes a prova de bala porque não há quantidade suficiente para todos. Um absurdo isso!!!!!! Vergonha!!!!!

Muit agente tem culpa de tudo isso, mas o grande culpado, quem deu início a tudo isso, foi um safado filho da puta chamado Leonel Brizola. Foi ele quem entregou o Rio para a bandidagem. Suas campanhas eram financiadas por eles. Imaginem que ele proibiu a polícia de subir os morros depois das 18h. Vendo todo esse fogo no Rio, espero que ele esteja ardendo no fogo do inferno junto com seus "amigos" que também já se foram.

Não posso deixar de escrever sobre as pessoas de fora do Rio, que mais uma vez se aproveitam de uma triste situação para falar mal da Cidade e do carioca. Para eles, quero dizer que espero que Deus continue os abençoando e que eles nunca passem por uma situação assim. E que continuem morrendo de inveja por não morarem numa cidade tão linda e amada como a nossa e não conseguirem ser como os cariocas são, guerreiros, alegres e sempre esperançosos.

Que Deus proteja o Rio e sua população que não se rendeu ao pânico. Que Deus abençoe esses homens que estão nessa luta armada e suas famílias, que devem sofrer com tudo isso.

Assista o vídeo com Jabour no Jornal da Globo

22 de nov de 2010

Eu sofro CyberBullying

Sei que muita gente estranha o fato de vez enquanto eu falar da minha falta de tesão em escrever aqui e até sobre a vontade de acabar com o blog. Não é o caso de estar insatisfeita com o blog e nem de ser inconstante.
Quando eu trabalhava no Mercado de Capitais eu estava sempre muito atenta, com a guarda armada, defesa atenta. Sei que tem gente que acha que sou tranquilinha, boazinha, mas não sou assim não. Tenho personalidade forte e sangue italiano, portugues, espanhol e índio correndo nas veias. Porém como uma boa pisciana tenho a sensibilidade a flor da pele. Para que a minha sensibilidade não me fizesse sofrer muito, sempre fui boa de briga.
Porém quando passei a morar sozinha e trabalhar em casa, fui baixando minha guarda. Fui tentando me reeducar. Isso resultou que hoje é muito mais fácil me magoar.

O Vida sempre foi meu canto, sim, ele é meu!  Ele não tem tema, ele fala de e da Vida e por isso posso escrever sobre qualquer coisa, meus sentimentos e opiniões. Não me considero dona da verdade, longe disso e posso mudar de opinião quantas vezes eu qusiser e achar que devo, isso é evolução. Escrever sobre certos assuntos não é fácil, pois você fica mais sujeito a críticas. Se elas forem com o intuito de ajudar a crescer, ótimo, mas quando vem só para agredir, é o Ó. 
O Vida não é escrito para ganhar seguidores, leitores e comentários. Ele é para mim, e para os amigos que gostam de me ler. Muitos amigos lêem e nunca comentaram aqui, conversamos por fora. Não tenho idéia de quem passa por aqui e lê, nenhum programa para acompanhar isso.

Vocês não fazem idéia dos emails que recebo. Tá, não deveria dar bola para isso, mas não é bem assim que a banda toca, principalmente quando falam sobre um assunto que mexe com vc ou então vc não está num bom dia emocionalmente. Muitos machucam sim! Já parei diversas vezes na frente da tela, li e fiquei aqui chorando.
Maldade não é só matar, roubar, estuprar. Existe uma maldade mais fina. Essa maldade nem precisa vir nesses emails ou comentários maldosos. Muitas vezes leio em posts de blogs, uma simples frase que tem a função de alfinetar os outros.. Pura maldade. 

Quando escrevi sobre minha Fibromialgia, choveu emails. Muitos de pessoas querendo saber mais, conversando sobre o assunto, outros dizendo que eu queria me fazer de coitada e coisas assim. E quando escrevi sobre a doença da minha mãe? Esses foram os que mais me magoaram pelo assunto em si. Assim como a Fibro, falei da minha mãe porque acho que outros podem aprender com nossas experiências. Recebi muitos emails de pessoas passando o mesmo problema, pessoas que cuidam dos pais, suas dificuldades e foi muito bom trocar sentimentos com essas pessoas.

Sim, sim, eu não devo dar bola para isso,mas não é assim fácil. Alguns eu passo por cima, quando na época das eleições. Caguei e andei (desculpa) prá todos que me agrediram por conta disso. Teve um cara que me disse que ele podia escrever o que quisesse nos comentários porque o blog pertence aos leitores. Não, não pertence, ele é meu.

Sei que não estou só nisso tudo. Muitas vezes li posts por aí de pessoas reclamando disso. Imaginem vocês a Elaine e o Alexandre, do Lost Japan, também passam por isso, dá para acreditar? Quando a Elaine postou um texto sensual, logo escrevi nos comentários que iriam chamá-la de pervertida hehehe Trocamos emails sobre esses assuntos e ela me deu forças para continuar. Vi no Criative-se uma baixaria por conta de uma promoção. Um mulheril que me deu vergonha e pensei logo : falta de um tanque prá lavar roupa. Sim, porque fazer certas coisas só pode ser de gente que não tem o que fazer, com que se preocupar.

Essas pessoas que agridem por prazer, que se escondem atrás de fakes e e-mails falsos, são doentes, são perversos. Ao invés de abrir um blog e defender suas idéias, saem por aí agredindo os outros, que nem conhecem. Hoje algumas pessoas 
Tem coisas que quando quero escrever, preciso escrever, pois estão transbordando na mente e no coração, vou no word, escrevo e guardo, quando gostaria de escrever aqui... Eu não programo posts pro Vida, sento aqui e escrevo o que vem do coração, da emoção ou da razão, sem correções.
A partir de hoje eu vou escrever o que eu quiser. Não gosta não ler, mas não enche meu saco. A porta da rua é serventia da casa. Assim como quando  não gosto de um blog paro de seguí-lo.Não gosta do meu, não me siga.  Não gosta dos assuntos que escrevo? procura blogs com os assuntos que você gosta.

Diversas pessoas já me disseram que eu deveria parar de escrever sobre assuntos ruins, como de violência. O mundo não é cor de rosa. É feito de coisas boas e ruins e eu não vou fingir que não vejo e me trancar na casinha da barbie. Não vivo isso 24h por dia e ninguém deve, mas se precisa saber, para se cuidar, se previnir, educar os filhos, protegê-los. Temos que saber e  falar, não para sofrer, mas para tentar mudar, ao menos ao nosso redor. Todo mundo fala em paz mundial, mas eu não consigo paz aqui na blogosfera, pode isso?

Outra coisa... Sou cobrada por não visitar os blogs, não comentar. Mais um assunto que eu e a Elaine passamos juntas.  E vou novamente pegar carona no post dela. Me faz um favor? Vai lá e lê ele, é só clicar aqui.

Engraçado como as pessoas se sentem no direito de lhe cobrar. Me cobram visita, me cobram comentários, me cobram ensinar mais lá no Postando sobre Artes. Chego a receber email assim : "Vai demorar muito a postar o passo-a-passo de tal coisa?" Assim, mesmo, sem um oi nem um tchau. Outras escrevem para pedir alguma coisas, da mesma forma, sem um bom dia sequer, como se eu tivesse a obrigação. Não tenho, faço por prazer e não vou deixar de fazer porque tem muita gente legal. Há pessoas que me perguntam como fazer algo, eu paro meu trabalho, respondo com todo detalhe e a pessoa é incapaz de dizer um obrigada sequer. A partir de hoje só vou responder os emails que acho que devo, falta de educação não!!!!
Assim como a Elaine, eu tenho uma vida. Só ganho o que trabalho e o que ganho com meus artesanatos não paga metade das minhas contas fixas e não tenho ninguém para dividir as contas, sou sozinha.. Não estou ficando rica como muita gente pensa. O tempo que preparo os posts e respondo emails eu poderia estar trabalhando, mas eu gosto de fazer, mas não gosto de ser cobrada.

Como a Elaine me disse que ía postar sobre o Bullying Blogueiro e postou hoje a noite, ao invés de ir tomar uma banho, pois são 23:14h e eu estou de pé desde as 6 e trabalhando desde as 7h, decidi parar e escrever aqui. Bom que a blogosfera venha a discutir esse assunto.
Eu ainda teria muita coisa para falar, mas já tá grande demais e eu cansada demais. Mas voltarei a alguns assuntos.
Então ficamos assim: o blog é meu, eu escrevo o que quiser, se você não gosta não aparece mais aqui, se não tem o que fazer, vai encher o saco de outro, e vocês que gostam de reclamar dos meus erros de portugues, vão a merda!

Minha querida prima, Raven, me escreveu o seguinte:  No mundo nerd, chamamos Cyberbullyng de Trollagem. O melhor remédio para combater trolls? Nosso silêncio. Eles ODEIAM! XD Sim, magoa mto, mas é pior responder ao troll do que ignorá-lo. Pq, quanto mais confiança vc dá ao troll, mais ele te magoa.

Me desculpem os amigos queridos pelo desabafo, mas precisava. Não vou desistir do Vida, mas as vezes posso ficar um pouco quieta .  Obrigada Elaine, pela força e carinho!

Não deixem de ler o post da Elaine : CyberBullying - a agressão em seu blog

Agora vou tomar meu banho que quero assistir o show do Paul :)

Uma ótima e abençoada semana!!!!!!!


Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Paz e Bem!


21 de nov de 2010

Todo blogueiro(a) devia ler...

Sou muito fã da Elaine Gaspareto do Um Pouco de Mim e gosto muito das coisas que escreve. Quero sugerir a vocês a leitura de alguns posts dela que poderá ser útil para muitos.





 Um ótimo domingo!!!

15 de nov de 2010

aniversário e muitos presentes

O Artes da Luci vai completar 3 anos!!!!!
Não podia deixar de fazer uma festa.

Mas o presente é para você!



Clique na imagem e venha participar da festa!!!

beijos e ótima semana
Eu tenho lido os comentários e emails sobre esse post aqui. Ainda não escrevi nada porque ainda estou em processo de entendimento. Porém acabei de ler um post da Elaine Gaspareto, no Um Pouco de Mim, que tem muito a ver com tudo que ando sentindo e trouxe para cá. É só clicar no link abaixo.


Uma ótima semana!!!!

12 de nov de 2010

onde chegaremos?

Desde pequena eu queria ser professora. Venho de um tempo que fazer Escola Normal era um orgulho, as normalistas estavam até em letras de música... Quem está na minha faixa de idade sabe bem o que representava a figura de professora na nossa vida.

Algumas pessoas chegam na nossa vida como um presente e você simplesmente se apaixona por elas. Isso aconteceu quando conhece uma certa "minina má", a Patricia Pirota do blog Ainda MininaMá. Se eu fosse falar da Paricia, seria um longo post, mas acho que basta dizer que um dia falei para ela que se eu tivesse uma filha gostaria que fosse exatamente como ela. A partir daí virei sua mãe virtual e isso me orgulha muito. Se você não conhece o blog dela, vai lá e lê muito, tenho certeza que vai gostar.
Pois há uns dias que li um tweet dela que me partiu o coração. Ela é professora e daquelas que ama demais o que faz, e contou que depois de 10 anos, pela primeira vez um aluno gritou com ela e colocou o dedo na cara dela, e de como ela estava triste com isso. E eu aqui do outro lado da telinha também fiquei muito triste... nem sabia o que escrever para ela.

Rafael tem 23 anos, é instrutor de Jiu-Jitsu e faz um curso de auxiliar de enfermagem numa escola técnica particular de Porto Alegre. Aluno com notas altas, de repente ganha um C e o que ele faz?


Com socos e cadeirada, quebra os dois braços e fere o rosto da professora.

“Isso se trata de tentativa de homicídio. Se não houvesse a intervenção de terceiros, ele teria concluído, e essa senhora hoje com certeza já estaria em óbito”, afirma o delegado Fernando Soares.

Eu não tenho palavras que traduzam meu sentimento assistindo a reportagem....

Um bom final de semana !!

ps. Li todos os recadinhos e emails sobre o post sobre meu sentimento em relação ao blog. Ainda preciso digerir melhor tudo e volto para escrever sobre isso. Obrigada a todos pelo carinho.

11 de nov de 2010

no que deu?

Algumas amigas me perguntaram no que deu o workshop que eu participaria.  Então, justo que eu escreva aqui para todos que leram o post.
Não voltei naquele dia, pois seria às 13h. Teria que sair de casa num calorzão de meio-dia, além do mais já havia perdido o pique para aquele dia. A dona do Atelier me ligou pedindo mil desculpas e eu vi que foi um grande mal enetendido entre as partes, onde ninguém tinha culpa, sem intenção de prejudicar ninguém. Ela me ofereceu até de me dar aula grátis, mas não era o caso.
Também não fui no dia seguinte, sábado, pois nesse dia era uma peça diferente e que eu não tinha interesse em fazer. Não ía só por ir.
Meu dinheiro foi devolvido e passou! Vamos pro próximo! Afinal ninguém está livre de enganos.

Acreditam que ontem fiz uma montagem que levava o nome da pessoa e ao invés de escrever o nome da filha dela, Manuella, escrevi Raquel? Minha sorte é que sempre mando a montagem para aprovação da pessoa, antes de fazer o trabalho. Não, não me perguntem como consegui fazer isso, mistérioooo. Fui lá no email dela, li o que deveria escrever, voltei para a página da montagem e fiz isso.

Beijo e obrigada pelo carinho de todos! obrigada também aos que votaram no Artes da Luci para o prêmio TopBlog.

9 de nov de 2010

Tem tanta coisa que queria escrever aqui... as idéias surgem, os assuntos salpicam... Mas o meu sentimento em relação ao blog anda muito confuso. Ao menos uma vez por dia penso em acabar com ele e resolvo pensar mais um pouco. Isso porque hoje ele não é o que eu gostaria que fosse, e isso me incomoda. O que adianta ele existir se eu fico me policiando no que devo postar ou não postar. Se fico com o pé atrás de escrever minha opinião sobre algo, meus sentimentos e emoções? Horrível para mim ter que escrever medindo palavras.
No domingo à noite a querida Eliane do Um Pouco de Mim publicou um post que li logo que ela tuitou, devo ter sido uma das primeiras a comentar e lendo me veio muita coisa em mente e eu perguntei a ela se podia responde-la com um post aqui no Vida e ela me disse que claro que sim. Já sentei aqui diversas vezes para escrever e desisti... Se quiser ler o post que me refiro, clica aqui. Bem, já decidi que não vou escrever sobre. E vamos parar por aqui que é mió.

Agora com o final de ano, meu trabalho aumenta, graças a Deus! O tempo fica mais apertado e eu quero parar e entrar de férias no dia 15/12. Sendo assim, é provavel que eu apareça pouco por aqui. O Vida completará 5 anos e eu vou aproveitar as férias para definir seu destino. Ele nunca teve um formato definido, por isso lá em cima está escrito: falando de vida e da vida. Aqui era para eu falar o que quisesse simplesmente. Quando foi criado foi para que eu reencontrasse as palavras (endereço dele) e me salvasse.

Não estarei também com a mesma frequencia no Postando Sobre Artes, mas poderá me encontrar lá se quiser. Aliás hoje postei lá com quem divido minha cama, para quem ainda não sabe. Quer saber clica aqui! E no Artes da Luci, trabalho, estarei sempre postando o que ando aprontando por aqui. Falando nele, em dezembro completará 3 anos e vou fazer uma grande festa! Venho aqui convidar vocês :)

ótimo dia!!!

8 de nov de 2010

Já votou?

O Artes da Luci está entre os 30 blogs mais votados na categoria variedades para o Premio TopBlog 2010. Famtam só 3 dias para terminar a votação. Se você gosta do blog e ainda não votou em ninguém, vota nele?
Você pode votar com cada e-mail que tiver. Receberá um mensagem neles para confirmar o voto.

Para votar é só clicar na imagem!


Obrigada e ótima semana!!!

7 de nov de 2010

Que tal "esquecer" de um livro por aí?

Nem me lembro se já escrevi sobre isso aqui no blog, mas tudo que é bom temos que divulgar não é?
Há uns anos que fizeram um movimento aqui no Rio para que deixassemos um livro em qualquer lugar, fosse no banco do ônibus, no banco de uma praça, restaurante, metrô, e eu aderi de imediato. A partir daí, todo final de ano eu faço isso, "esqueço" um livro em algum lugar.
Já contei aqui no blog que só guardo os livros que amo muito e sei que vou reler diversas vezes. Os outros passo sempre prá frente. Não foi sempre assim, mas de uns 3 anos para cá, são poucas as coisas que guardo. Também comentei sobre o site Trocando Livros, troquei alguns e hoje tenho um novo estoque, mais de 20 livros para ler.

Inspirada num post que a Luma escreveu no Luz de Luma, a   Isa do Tantos Caminhos  convidou os blogueiros a esquecer um livro no dia 08/11. O movimento cresceu e muitas blogueiras aderiram e divulgaram. Muito bom isso!!!
Vejam a proposta da Isa:
"Convidamos os amigos a separarem um bom livro, apenas um e no dia 08/11, simplesmente, o esquecerem em algum lugar público. Ônibus, metrô, banco de praça, qualquer lugar vale. Dentro do livro deve conter um bilhete informando que aquele livro foi esquecido naquele lugar justamente para que quem alguém o encontrasse e lesse. A única regra: passar o livro adiante, ou seja, após lê-lo fazer o mesmo esquecê-lo em um lugar público e assim dar a oportunidade de que outra pessoa leia."

Na verdade há nove anos que existe o BookCrossing:
O BookCrossing é um conceito que pode ser resumido como a prática de deixar um livro num local público, para ser encontrado e lido por outro leitor, que por sua vez deverá fazer o mesmo. O objetivo do Bookcrossing é “transformar o mundo inteiro numa biblioteca”.
Você se tornando um membro, sempre que for deixar um livro, antes você o registra no site e ganha uma identificação que colocará  no livro. Eles disponibizam etiquetas para isso. A pessoa que o receber, entra no site e se identifica, assim forma-se um histórico do caminho percorrido pelo livro. Eu não faço isso, sempre coloco dentro um marcador de livros com alguma mensagem e digo para que depois que ler fazer o mesmo.
Para vocês terem idéia do tamanho do movimento, esse ano na Bienal do Livro em SP, eles "libertaram" 2.000 livros nos metrôs e na própria Bienal. Não é fantástico?

Veja duas das etiquetas que eles disponiblizam:




Para saber mais sobre o BookCrossing, é só clicar aqui!

Porém vocês não precisam pertencer ao grupo para abraçar a proposta da Isa, viu? 
É só separar um livro aí do seu cantinho e esquecê-lo em algum lugar na segunda-feira.
Não vai ficar fora dessa, não é?
O meu já está separadinho aqui.

beijos e ótimo final de semana!!!!


ps. me desculpem os leitores daqui que tb leem o Postando Sobre Artes, mas hoje o post é o mesmo nos dois blogs.

5 de nov de 2010

frustrada...

Passei a semana na maior expectativa e hoje acordei toda serelepe. O motivo é que eu faria meu primeiro workshop de pintura country e melhor, com a July Santiago. Ontem, já passava das 22h, a dona do atelier me ligou para confirmar minha presença e pedir desculpas porque não estaria lá na parte da manhã (o work seria das 9h às 17h).
Não moro perto de onde seria o workshop, então levantei as 6h par dar tempo de fazer tudo com calma. Banho tomado, arrumadinha, tomei uma xícara de café, dei uma olhada nos emails, conferi material para levar e lá fui eu. Passei na padaria e compreium pãzinho na chapa, que adoro, e fui comendo andando para o ponto do ônibus. Trânsito insuportável, tinha acontecido um engavetamento na praça da bandeira :( . Enquanto isso eu me deliciava com "Clarice, ", biografia de Clarice Lispector escrita por Benjamin Moser e que quem gosta dela não pode deixar de ler. Um olho no livro e outro na hora que passava e o trânsito ruim.
Uma frase de Clarice me fez parar, reler uma, duas... e parei para pensar. "Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida."  Para para pensar mais uma vez nesse blog que você agora está visitando, o Vida. Há umas duas semana que penso nele. Mas isso seria assunto para outro post.
Quando o trânsito melhorou e eu vi que de ônibus não chegaria no horário, desci e peguei um táxi. Faltavam 5 minutos para as 9h e eu estava quase chegando quandoo celular tocou, era a dona do Atelier. "Luci, você já saiu de casa? " Pensei: como assim já saí de casa?" e respondi: "estou quase chegando" . Ela me disse que havia tido um mal entendido e a aula só começaria as 13h, que a July nem estava no Rio ainda, mas que eu poderia ficar lá no Atelier até a hora da aula. Agradeci, mas disse que voltaria para casa e ligaria para ela depois.
Preciso falar do tamanho da minha frustração e chateação? E ainda querer que eu ficasse esperando no atelier por 4h??? Voltei para casa e ainda não liguei para ela porque prefiro acalmar antes de decidir qualquer coisa. Sei que nada está livre de imprevisto, mas que é muito chato é.
Como hoje ficaria ausente o dia todo, trabalhei sábado e domingo, deixei de entrar na blogosfera a semana toda, para não atrasar meu trabalho. Posso voltar a tarde e fazer o work, ou ir amanhã que será uma peça diferente da que escolhi, e será o dia todo, mas ainda não sei o que vou fazer, no momento estou frustrada e chateada, vamos ver daqui a pouco.

Bom final de semana
Paz e Bem

2 de nov de 2010

mirante do leblon

Eu não gosto de cemitérios, entendo que enterra seus mortos e vai visitar seus túmulos, respeito. Nunca fiz visita a nenhum, só vou a enterros. O corpo se vai e para mim o principal é a alma. Para rear por meus mortos posso fazer em qualquer lugar, em qualquer hora. Por isso gostei quando meus pais optaram por serem cremados. Foi nesse lugar que eu e meu irmão jogamos suas cinzas, o Mirante do Leblon.

É um lugar muito bonito. As 3 primeiras fotos foram tiradas por mim quando jogamos as cinzas da nossa mãe. As outras são para vocês que não conhecem, conhecerem melhor.








do alto









Se hoje eu tivesse que ir a algum lugar para rezar por eles, seria nesse lindo lugar.

1 de nov de 2010

um abraço especial

Recebi por email e fiquei encantada. Não poderia deixar de mostrar para vocês.


Lançamento da campanha carinho de verdade em 19/10/2010, com direção de Fernando Salis, solução visual de Visualfarm e criação e idealização da campanha de Casanova Comunicação. Oito projetores de 15.000 Al cobrem a estátua do Cristo Redentor com imagens da cidade do Rio de Janeiro e de animações em 3D, culminando com o "maior abraço do mundo". Música de Villa Lobos, Bachianas Brasileiras no. 7. 



Recebi ontem a noite e para o momento que era, o anúncio da nossa nova presidente, me veio um novo significado do final do vídeo, o Cristo abraçando nosso Brasil.  Claro que fiquei muito chateada com o resultado, porém fiquei muito mais chateada com coisas que li no twitter (sim, eu voltei! @lucicardinelli). Quanta agressividade, quanto preconceito. 
Eu sou o tipo de pessoa, aprendi isso com o tempo, não sou nenhuma menina, tenho 51 anos e já vivi muita coisa, que não arrasta corrente. Lembra quando eu escrevi aqui sobre o Brasil ter perdido a Copa? Eu fico triste 5 minutos e depois a vida segue. Da mesma forma foi ontem, fiquei triste, mas já passou. Raiva no coração por conta disso? besteira, só vai fazer mal a mim mesmo. Torcer para que dê errado só para mostrar que eu estava certa? Santa ignorância. É hora do país se unir e torcer para que dê certo. Fiz isso quando Lula ganhou pela primeira vez apesar de tudo que sinto em relação a ele.
Eu escrevi que vou ficar de olho, mas acho que mesmo quem votou nela deve ficar de olho e cobrar. É hora de união. Passou. Vivemos numa democracia, infelizmente muita gente esquece do significado disso, o que representa. Temos o direito de escolher, de dar nossa opinião, mas acima de tudo respeitar a opinião do outro. 

Beijos e ótima semana!
Que Deus nos abençoe! Sempre!

Essa semana estarei ausente da blogosfera, mas programei posts.