31 de dez de 2011

Foi bom prá você?

Todo final de ano é a mesma coisa, pessoas doidas para chegar o ano seguinte porque o atual foi ruim. Como sempre é isso, penso que essas pessoas só tiveram anos ruins na sua vida e não será o próximo a ser diferente. Infelizmente as pessoas acabam se lembrando mais do que lhes aconteceu de ruim, das dificuldades, mas todo ano sempre terá momentos ruins, momentos difíceis. E os bons momentos? Momentos de alegria, de felicidade? Momento que alcançou a vitória após uma luta? Momento que realizou algum sonho? Momentos de amor e carinho? Momentos com sua família, seus amigos? Será que o ano foi mesmo tão ruim?

Não, meu ano não foi feito só de coisas boas. Tive muitos momentos tristes, tive decepções, me magoei muito nesse ano. Foi nele que tive minhas piores crises de fibromialgia, não consegui fazer uma viagem que queria muito e tinha tudo planejado. Não consegui realizar trabalhos que queria muito. Mas não são dessas coisas que quero me lembrar, delas procurei tirar alguma lição, amadurecer.

Eu tive um ótimo ano e agradeço a Deus por isso. Cheguei ao final dele com saúde, que para mim é o principal. Conheci pessoas ótimas, fiz novas amizades, estreitei outras que já tinha e afastei de mim aquelas que não eram boas para minha vida. Vivi ótimos momentos com minha família, com amigos e com pessoas conhecidas. Conheci lugares novos, comprei algumas coisas que queria, ganhei presentes. Dei e ganhei carinho de diversas formas. Meu trabalho me deu muitas alegrias, fiz coisas que nunca havia feito e que me realizaram. E no mundo de tanta violência e desigualdade, temos que agradecer por nenhum mal maior ter nos acontecido, por termos um teto, por termos alimento na mesa e nossos amores bem e por perto.

Esse ano teve algo muito especial para mim, e só isso já basta para ser um bom ano, foi todo o trabalho que fizemos para ajudar os desabrigados das chuvas de Nova Friburgo. A Luci que começou esse trabalho não foi a mesma que terminou. Foi uma enorme surpresa a quantidade de pessoas que se uniram nessa campanha e me ajudaram a realizá-lo. Gente que nem sabia que eu existia e que depositou dinheiro nas minhas mãos. Artesãs que doaram seus trabalhos e as demais que doram algo para ser sorteado nas rifas. E aquelas que não podendo ajudar com algo material, ajudaram divulgando. As pessoas que conheci lá, as experiências que passei, me marcaram muito. Foram 6 meses de muito trabalho, união e solidariedade. Para quem não conhece o Blog Solidários, onde está nosso trabalho, é só clicar AQUI.

"(...)
Essa felicidade que supomos,
Árvore milagrosa, que sonhamos
Toda arreada de dourados pomos,

Existe, sim : mas nós não a alcançamos
Porque está sempre apenas onde a pomos
E nunca a pomos onde nós estamos."
(Vicente de Carvalho)

Desejo a você um 2012 com muita saúde, alegrias, amor, união, solidariedade e também força para enfrentar os momentos difíceis que com certeza existirão. Que você nunca se esqueça que para que as coisas se realizem, depende muito de você, que lute para ver suas vontades e seus sonhos se realizarem. Que não se esqueça de respeitar, ser gentil e paciente com o outro, assim como você quer que ajam com você. Que jamais perca a fé e a esperança.


Agradeço a Deus pelo seu 2011
e peço que Ele abençoe o seu 2012.

27 de dez de 2011

o que eu não quero

O QUE EU NÃO QUERO...
                                                 (Mário Quintana)
 "Não quero alguém que morra de amor por mim...
Só preciso de alguém que viva por mim,
que queira estar junto de mim, me abraçando.
Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo,
quero apenas que me ame,
não me importando com que intensidade.
Não tenho a pretensão de que todas
as pessoas que gosto, gostem de mim...
Nem que eu faça a falta que elas me fazem.
O importante pra mim é saber que eu,
em algum momento, fui insubstituível...
E que esse momento será inesquecível...
Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Quero sempre poder ter um sorriso
estampando em meu rosto,
mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz
para os que estiverem ao meu redor.

Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém
também pensa em mim quando fecha os olhos, 
que faço falta quando não estou por perto.

Queria ter a certeza de que apesar
de minhas renúncias e loucuras,
alguém me valoriza pelo que sou,
não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo,
que abusa demais dos bons sentimentos
que a vida lhe proporciona,
que dê valor ao que realmente importa,
que é meu sentimento... e não brinque com ele.
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude,
para que eu nunca cresça,
para que eu seja sempre eu mesmo.
Não quero brigar com o mundo,
mas se um dia isso acontecer,
quero ter forças suficientes para
mostrar a ele que o amor existe...
Que ele é superior ao ódio e ao rancor,
e que não existe vitória sem humildade e paz.

Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar,
amanhã será outro dia, e se eu não desistir
dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei  êxito
e serei plenamente feliz.

Que eu nunca deixe minha esperança
ser abalada por palavras pessimistas ...
Que a esperança nunca me pareça um "não"
que a gente teima em maquiá-lo de verde
e entendê-lo como "sim".
Quero poder ter a liberdade de
dizer o que sinto a uma pessoa,
de poder dizer a alguém o quanto ele
é especial e importante pra mim,
sem ter de me  preocupar com terceiros ...
Sem correr o risco de ferir uma
ou mais pessoas com esse sentimento.

Quero, um dia, poder dizer
às pessoas que nada foi em vão ...
que o amor existe, que vale a pena
se doar às amizades a às pessoas,
que a vida é bela sim,
e que eu sempre dei o melhor de mim
... e que valeu a  pena!!!"



23 de dez de 2011

É Natal...

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa." (Mt 5:1-11)


Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade!

Que nesse Natal Jesus possa renascer no coração de todos nós.
Que sentimentos como paz, respeito, solidariedade e amor ao próximo,
possam estar sempre presentes em nossa vida.

beijos natalinos

21 de dez de 2011

Meu Natal tem que ter: rabanada, bolo de maçã e bacalhau ao Zé di Pipo

Já escrevi aqui sobre uma porção de coisas do meu dezembro, do meu Natal e claro que não pode faltar comidinhas \o/  Essas receitas foram postadas em 2007 e desde lá, todo ano eu as trago de volta, já que sempre tem gente nova no blog. Dessa vez ao invés de republicar (nunca sei se escreve assim, sempre me parece estranho) uma por uma, estou postando as fotos com link prás receitas.

Essas 3 não podem faltar no meu Natal


Bacalhau ao Zé do Pipo. 
Geralmente não faço no segundo semestre só para chegar no Natal cheia de vontade
receita AQUI 


Bolo de Maçã com nozes
Esse bolo não leva fermento nem leite

receita AQUI



e o melhor de tudo Rabanadas \o/\o/

receita AQUI

E vocês? Tem alguma coisa que não pode faltar no seu Natal?

beijosssssss

20 de dez de 2011

Missão Especial de Natal e um diálogo para pensar....


Final de semana eu assisti, pela primeira vez, Missão Especial de Natal (Hogfather - 2006)

Sinopse: Na cidade de Ankh Morpork, a mais importante cidade do Discworld (na opinião do Morporkianos, e que outra opinião vale a pena considerar?) começou o Hogswatch - um festival de inverno de celebração e presentes, o que talvez o faça lembrar de outro festival em algum outro mundo. O Hogfather - um homem alegre, gordo e vestido de vermelho - está distribuindo os presentes em seu trenó voador e todas as crianças esperam para ouvir-lo bater no telhado. Mas neste Hogswatch, elas podem ter que esperar um pouco ... Alguém, ou algo assim, quer o Hogfather fora do caminho. E se você é uma personificação antropomórfica, você não pode ser ajudado por seres humanos - mas talvez um, digamos "colega", poderia ajudar. E assim a Morte (dublado por Ian Richardson), o seu servo Albert (Sir David Jason) e sua neta (não pergunte), Susan (Michelle Dockery) saem para salvar o dia, er... à noite. Mas enquanto eles estão fazendo isso, o temível senhor Teatime (Mark Warren) da Guilda dos Assassinos e sua equipe, que inclui o inapto mago estudante Sr. Sideney (Nigel Planer) e brutamontes Banjo (Stephen Marcus) pôs em marcha um plano diabólico, o que significa muito, muito mais do que apenas o fim do Hogswatch ... (daqui)

Eu gostei muito, mas escrever esse post, não foi só para falar do filme, mas sim de um diálogo que acontece entre a Morte e sua neta, que salvaram Hogfather e o Hogswatch (Papai Noel e o Natal). Se você for assistir o filme e quiser surpresa, não leia.

neta para o avô: - Quer dizer que os humanos precisam de fantasia para tornar a vida suportável?

- Não. Humanos precisam de fantasia para serem humanos. Para estarem onde o anjo caído encontra o macaco em ascensão.

- Como Fadas do Dente, Hogfathers?

- Sim, para exercitar você tem que começar aprendendo pequenas mentiras.

- Para acreditar nas maiores?

- Sim. Justiça, compaixão, dever, essas coisas...

- Mas não são a mesma coisa?

- Você acha que não. Então, passe o Universo por um moedor até obter o pó mais fino que puder; filtre com o filtro mais fino que encontrar, e me mostre um átomo de justiça, uma molécula de compaixão, e ainda assim... você quer viver como se houvesse uma ordem utópica no mundo, como se houvesse justiça no universo com a qual se pode realmente contar.

- Mas as pessoas precisam acreditar nisso, senão qual o sentido?

- Você tem que acreditar em coisas que não são verdadeiras. De que outra maneira elas poderiam existir?

Pois é....

19 de dez de 2011

tempo de perdão e reconciliação


Estamos na semana natalina e creio ser uma boa hora para pensar, perdoar e se reconciliar, 
seja com alguém ou com Deus.


É exatamente assim que me sinto quando converso com Ele.

Aprendi, vivendo isso e não apenas lendo sobre, que o perdão faz mais bem a quem dá do que a quem recebe. Fácil? Não é mesmo! E precisa ser de coração, não da boca prá fora. Vai lá, conversa com a pessoa e termina com um longo abraço.
Como faz quando é alguém que não faz parte da sua vida e você também não quer que volte a fazer? Uma coisa que aprendi num retiro que fiz, é que você não precisa conviver com a pessoa que está perdoando, sequer precisa procurar por ela. Difícil? a mágoa é grande? Peça ajuda a Deus, entregue prá Ele essa mágoa, peça que cure isso no seu coração. Você vai ver como vai se sentir bem melhor.
E a você mesmo? Tem algo que você precisa se perdoar? Como perdoar o outro se não conseguimos nos perdoar? Não seja muito duro(a) com você mesmo.

Vamos exercitar o perdão e passar um Natal mais leve, ao invés de remoer tudo isso no dia ?

17 de dez de 2011

adeus a um grande artista


Mais um dos grandes nomes que se vai, uma imensa perda!
Quem admira a arte, fica triste, mas também diz: Muito Obrigada, Sergio!

16 de dez de 2011

mais um grande absurdo

Chegou o período das chuvas e já podemos assistir os estragos que elas estão fazendo. Hoje ao abrir as notícias, fiquei impressionada com essa foto de Mariana-MG.


Vejam como o rio está cheio. Já imaginaram se ele transbordar? :(

E a região serrana do Rio de Janeiro, onde morreram quase 1.000 pessoas há quase 1 ano? A notícia é que esperaram chegar dezembro, mes das chuvas, para começarem o trabalho de recuperação das encostas. 




Porém, o que mais me chocou no noticiário de hoje, foi a declaração do Ministro da Ciência e Tecnologia, o senhor Mercadante : "Morrerão pessoas nesse verão e nos próximos. Nós não vamos ter um sistema capaz de impedir vítimas"

Um bom final de semana.
que Deus proteja todos os que correm riscos por conta das chuvas
e conforte o coração daqueles que estão perdendo os seus.

15 de dez de 2011

consegui!!! feliz da vida!

Coisa boa é conseguir atingir um objetivo. Já contei que eu havia planejado ter um dezembro diferente em termos de trabalho, não queria stress e principalmente queria um tempo para fazer o que eu quizesse. Ontem fiz minha última encomenda \o/ uhuuuu Mesmo com encomendas, meus dias já vinham sendo tranquilos e com tempo para ir fazendo algumas coisas prá turma que sempre bate aqui em casa em busca de algo, principalmente lembrancinhas. Além disso consegui terminar algumas peças em mdf que tinham ficado inacabadas do ano passado e o melhor, já foram vendidas. Gente, nem sei quantos sachês fiz só esse mes e só tem 8 por aqui.
Hoje foi dia de Tânia, minha secretária doméstica e amiga. Com a minha tranquilidade começamos a faxina de final de ano, aquelas coisas que vamos fazendo juntas. Pedi que viesse semana que vem novamente, assim nos próximos dias vou arrumando coisas que depois é só ela cuidar da bagunça que eu deixar. Será que finalmente consigo organizar o armário da área de serviço? Com ela aqui aproveitei para cozinhar, coisa que adoro fazer. Ela foi ao hortifruti para mim, e eu já preparei algumas coisas para congelar, pois semana que vem eu já quero deixar adiantado tudo para o final de semana natalino, para ir prá cozinha só finalizar, afinal terei companhia da prima amada por aqui, o que estou amando \o/\o/
O trabalho não vai parar não, quero ver se pela primeira vez consigo fazer presentes de Natal, porque isso de ser arteira e comprar presente não dá, né mesmo?
Depois de cozinhar tudinho e almoçar, me dei o direito de uma sonequinha. Fui acordada pela Tânia avisando que já ía embora (sim, ela chega as 7h e as 15h já tá tudo pronto, inclusive com roupa passada e tendo ido a rua prá mim, morram de inveja) e com uma xícara de café fresquinho na mão. Sou ou não sou feliz? Agora depois de contar tudo isso procês, vou ali atrás dos meus enfeitinhos de Natal prá casa ficar com ar natalino, coisa que ano passado nem aconteceu. Amanhã eu mostro.

E por aí, como estão os preparativos??

PS. Alguém tem receita de biscoito natalino, gostoso e fácil?? Quero receita já testada por alguém que conheço, por isso não vou  buscar na net.



14 de dez de 2011

tempo... tempo... tempo... como está o seu?



Você conhece alguém que não diga que o tempo está passando rápido demais? Que não diga que precisa que o dia tenha 48 horas para poder dar conta de tudo? Tempo, tempo, tempo, tempo...

O tempo continua o mesmo, nós é que, cada vez mais, acumulamos coisas para fazer. A vida prá lá de moderna, exige mais e mais de nós. É tempo de seleção, de sabermos o que é mais importante de ser realizado, o que realmente nos faz feliz. É tempo de sermos donos do nosso tempo, de dizer não aos milhares de apelos de fazermos as mais diversas coisas que no fundo não acrescentam nada a nossa vida. É tempo de prioridades.


Como melhorar o uso do nosso tempo? Acredito que para começar, o melhor é parar no final do seu dia e pensar em tudo que fez e que deixou de fazer, e se perguntar o que poderia ter deixado de fazer e aproveitar aquele tempo para fazer algo que é mais importante, e que não fez. Exemplo: Menos tempo numa rede social e mais tempo com seus filhos, sua família. Ah as redes sociais... e a cada dia surgem novas e tem gente querendo participar de todas, onde na verdade encontra as mesmas pessoas....


Eu já disse que não sou uma pessoa muito organizada, disciplinada e mudar isso é meu desafio para 2012 e para conseguir meu objetivo, já comecei a treinar nesse dezembro :D Parece algo complicado, mas não é, questão de exercício, de não ter pressa. Quer ver? Algo que estou mudando: assistir menos filmes/séries e ler mais. Ao invés de dormir assistindo algum, tenho desligado a TV e usado esse tempinho para ler.

Nos últimos 12 dias fora das redes sociais, meu tempo rendeu mais para outras coisas. Se vou voltar? Claro que vou, mas de uma forma mais seletiva e disciplinada, será que consigo? Era assim que eu vinha pensando. Desde ontem a noite surgiu um fato que vai me fazer colocar isso em teste. Eu comentei que excluí minhas contas porque não sou disciplinada e não sei ter os perfis e simplesmente não escrever, que eu iria ficar lendo :(  Recebi emails que me fizeram mudar isso. Um, de amiga blogueira literária me dizendo que fui sorteada no blog dela, mas como eu tinha excluído a conta do twitter onde fazia a divulgação, ela teve que sortear outra pessoa :( e eu estava participando de uma porção de sorteios. Outro email, a pessoa me questionou como eu dava como chance extra no sorteio que está tendo aqui no blog, retuitar a frase ou postar no facebook, se eu tinha excluído minhas contas, como eu iria conferir. Nem tinha pensado nisso :( #véia Como os dois ti dão 30 dias para você reativar a conta antes de serem excluídas definitivamente, reativei as duas. Agora é me disciplinar e não entrar para ficar bizuzando por lá... 

E o seu tempo, como está?



9 de dez de 2011

Meu Dezembro III


Para entrar no clima natalino, para ajudar nas minhas reflexões de final de ano, não podem faltar filmes e livros. Me lembro de uma época que a TV passava muitos filmes e desenhos com o tema e assim cresci. Mais tarde comprei muitas fitas VHS, depois DVDs e também gravei muitos que passavam na TV, principalmente na madrugada e que não se encontra em DVD para comprar. De VHS passei meus filmes para DVD e todo ano eu os assisto. Hoje com a facilidade de alugar filmes pela net, pego todos os que não tenho.


Esses são meus livros de dezembro. Os 2 primeiros leio inteiros, os outros dois leio partes,principalmente aquelas que estão marcadas, para relembrar certas coisas que as vezes esquecemos. O bom é que cada vez que leio, uma parte marca mais, aquela que estou precisando no momento.

Uma Ética para um Novo Milênio, não é um livro sobre religião, mas sobre ética mesmo, sobre algo que está bem em falta nos dias de hoje. "Quanto mais coisas vejo no mundo, mais claro fica para mim que, sejamos ricos ou pobres, instruídos ou não, todos desejamos ser felizes e evitar os sofrimentos.

Constato que, de modo geral, as pessoas cuja conduta é eticamente positiva são mais felizes e satisfeitas do que aquelas que se descuidam da ética. Ao pregar uma revolução espiritual, estaria eu afinal defendendo uma solução religiosa para nossos problemas? Não. Cheguei à conclusão de que não importa muito se uma pessoa tem ou não uma crença religiosa. Muito mais importante é que seja uma boa pessoa." Dalai Lama

As Grandes Lições da Vida, foi escrito por um professor que observou que se ensinava muito aos jovens, mas não se ensinava nada sobre a vida. "Urban apresenta as 20 lições que considera essenciais para estabelecer boas relações com as pessoas, definir objetivos de vida e adotar os hábitos necessários para alcançá-los, saber apreciar suas próprias qualidades e se empenhar para realizar todo o seu potencial. Sem propor fórmulas mágicas, ele trata de valores eternos como trabalho duro, honestidade, bondade e respeito, falando com sabedoria de temas como sucesso, tempo e dinheiro, bem como da importância de se ter uma atitude positiva, de ser capaz de rir e de apreciar a vida, de estar disposto a aprender sempre e de ser uma boa pessoa. "

Com minha paixão pelos filmes e meu amor pelo Natal, os filmes natalinos, histórias que se passam nessa época, não podem faltar no meu dezembro. Filmes com histórias de superação, de amor, de "milagres", filmes que mechem com minhas emoções, filmes que me fazem refletir. Fotografei os que já assisti esse mes, pois fazendo meus trabalhinhos de costura e com os filmes dublados, vejo um atrás do outro. Até mesmo os legendados,por já ter assistido tantas vezes, não faz muita diferença, apenas volto certas partes que quero prestar mais atenção.


Um Natal Mágico eu tenho gravado da TV, não existe em dvd :(




Existe uma versão mais nova de A Felicidade não se compra e é com uma personagem feminina, tenho gravado também, não há DVD. A Canção de Bernadete, a menina que teve as visões de Nossa Senhora de Lourdes, é que me fez entender e aceitar os sofrimentos na nossa vida.



Esses são os mais importantes, assisto no início do mes, no meio do mes e no  final de mes. 
O Quarto Sábio seria o quarto Rei Mago, mas não chega a tempo de encontrar os outros 3. Para ele só o Rei que estava nascendo seria capaz de lhe ensinar o sentido da vida. Porém algumas surpresas acontecem e mesmo sem si dar conta Jesus lhe ensina isso, que ele só percebe no final. Um exemplo de como as pessoas buscam por algo e não percebe que está bem na sua frente.
A Corrente do Bem é uma lição a cada momento. Não é aquela história da busca de um mundo melhor que tudo vai dando certinho e tem final feliz, mas que mostra todas as dificuldades que alguém que deseja isso, vai encontrando. O quanto cada pessoa tem sua história e luta com suas dificuldades para ser melhor, para mudar. Mostra principalmente que cada gesto seu para o bem, sempre vai fazer diferença. 

Nesse momento, postando sobre os filmes, percebi que não fotografei um dos meus preferidos, e para ser mais rápida, peguei imagens na net.


Um Conto de Natal ! Sim, a história dos 3 fantasmas, Passado, Presente e Futuro, que vem visitar o avarento na noite de natal. A minha versão preferida é a de 1999 com Patrick Stewart, que é a que tenho. Mas já assisti a versão mais nova com Jim Carrey. Ah e tenho gravado a versão antiga, 1951.

Há outras versão, inclusive em desenho animado


Aliás, o que não falta são diversos desenhos com tema natalino. 
Que tal locar para seus filhos assistirem?



Aqui alguns dos meus filmes gravados e o meu preferido é A Árvore de Natal, mas nem imagem tem na net :(

E você, tem algum filme natalino que gosta de assistir?



7 de dez de 2011

Meu Dezembro II

Dezembro é o mes que mais penso na minha vida, em como sou e estou, em como foi meu ano, análise total. É mes de me preparar para um novo ano que está chegando. 
Hoje faz 1 ano que levei aquele tombo terrível (aqui e aqui) e o machucado emocional foi bem maior que os machucados físicos. Foi traumatizante ter que trabalhar quando tudo que eu precisava e queria era ficar em repouso, mas estava cheia de encomendas e trabalhei até na véspera de Natal. Sair da cama de manhã para enfrentar 12, 14h de trabalho, 7 dias por semana, era um suplício. Por conta disso, esse ano foi bem diferente. Parei de pegar encomendas no início de novembro e registrei isso lá no Artes da Luci. Deixei um espaço aberto para as clientes de sempre, que sabia  viriam com seus pedidos mais próximo e acima de tudo, queria um tempo para fazer meus presentes de Natal, coisa que não consegui fazer nos últimos 2 anos e que me incomodava. Enfim, planejei meu dezembro e dia 15 já terei todas as encomendas entregues, graças a Deus. Terei um tempo meu.
A saída das redes sociais era algo que já vinha pensando, já vinha freiando. Sou uma pessoa que gosto de liberdade, que gosto de falar/escrever, que gosto de brincar e por conta de uma série de coisas que vieram acontecendo, com raros momentos, eu já não era a mesma, não era 100% o que sou e isso me incomodava. Impressionante as coisas que eu lia e me incomodava e não é simples como pensam, parar de seguir e pronto, porque muitas vezes vem de pessoas que você gosta e até se decepciona por conta de certas coisas que lê, por certas "atitudes". Cada pessoa tem seu jeito de ser e encarar as coisas, e não adianta ir contra isso. As redes sociais me ensinaram que sou uma pessoa ultrapassada, ah sou sim! Não consigo entender uma série de coisas. Eu sempre vou fazer aquilo que acho que seja melhor para mim, independente do que as pessoas achem. As pessoas amigas, as que gostam mesmo de mim, mesmo que achem que eu deveria agir diferente, me entenderam e estão apoiando, afinal de contas, eu não sumi, tou aqui :) . 
Há muito que pensar e mudar, o que não quer dizer que consigo realizar tudo, mas já é um passo. Tudo na vida é um exercício, é um passo de cada vez. Isso de "eu sou assim e não vou mudar" é imaturo, gente que nunca vai crescer, melhorar como pessoa e ser mais feliz, viver melhor. Não me acho melhor que ninguém, mas a educação que tive, os valores que me foram ensinados, o que a vida já me ensinou ( e ela cobra caro para ensinar), se eu não tentar ter uma vida melhor, ser uma pessoa melhor, de nada adiantou o que já vivi.

essa imagem está em alta resolução, se quiser salvá-la, clique na imagem primeiro

5 de dez de 2011

Meu dezembro, meu Natal e resultado sorteio marcadores internacionais

Essa é uma época que a grande maioria das pessoas está preparando a festa de Natal. Veja bem, eu escrevi a festa, e não o dia de Natal. Eu adoro a época de Natal, mas nunca liguei muito para a festa e nos últimos anos isso chegou quase a zero. Minha mãe não gostava de passar o Natal fora de casa, as poucas vezes que fizemos isso não foi bom, sempre tivemos que presenciar alguma briga de família, ou gente que bebeu demais ou aquelas tristezas que as pessoas cultivam. Quem instituiu que o Natal é dia de tristeza, de saudade? 
No ano que meus pais morreram decidi que passaria o Natal sozinha, embora tivesse sido convidada para passar com a família da minha cunhada, pessoas que gosto muito. Eu sabia que se falaria da morte deles e eu não queria isso. As duas primeiras ligações que recebi foram de parentes falando de como eu sentiria falta deles e blá blá blá. Liguei para meu irmão e avisei que se quisesse me ligar usasse o celular, porque eu não atenderia mais telefone naquela noite. Não sou do tipo masoquista que fico procurando motivo para sofrer e não seria o Natal que me faria sentir mais ou menos saudade. Passei uma noite tranquila. 
Os dois últimos Natais voltei a passar sozinha. Faço meu bacalhau e rabanadas, que não podem faltar. Janto, assisto programas, filmes, durmo tranquila na hora que tenho sono. No dia seguinte, dia de Natal, vou enterrar os ossos com a família da cunhada, aí sim com muita alegria. O interessante é como as pessoas ficam com pena de mim quando sabem que ficarei sozinha em casa. Tenho certeza que meu Natal é melhor que o de muitas delas. Claro que não estou dizendo que as pessoas deveriam passar sozinhas, mas creio que é uma noite que deveria ser mais tranquila, de paz e alegria com a família, sem tumultos, sem tanta comida e bebida, sem todo o cansaço de passar um mes inteiro na correria para preparar essa noite e principalmente sem tanta tristeza.
Se alguém disser que já me viu, em pleno dezembro, entrar em lojas para comprar presentes de Natal, não tenha dúvida que é mentira, pelo menos nos últimos 20 anos. Sempre comprei com antecedência e depois que se pude fazer compras pela internet, aahhh uma delícia! Prá terem idéia, até o grosso de supermercado e material de trabalho para o resto do ano eu já comprei antes do dia 20 de novembro. Se durante o ano, ir a shopping é um suplício para mim, imagina nessa época. Tudo aquilo que quero comprar de novo para mim ou para a casa, só faço após o Natal nas liquidações. Qual o problema de esperar alguns dias e economizar ainda mais? 
Para mim o dia de Natal é um dia de alegria, Jesus nasceu! É dia de agradecer meu ano e pedir bençãos para o novo ano que está chegando.
O mes de dezembro eu vivo de uma forma bem diferente da maioria das pessoas, mas isso eu conto no próximo post. E você, como passa essa época? 



...........................................

Resultado do sorteio dos marcadores internacionais

Link para os 2 formulários em 1 só AQUI

número 20 Rudynalva Correia Soares

Parabéns Rudynalva, estou lhe mandando email 

Obrigada a todo mundo que participou :)

Já está participando do sorteio de Natal? É só clicar AQUI

................................................................

Obs. Para quem não viu meus recadinhos, eu deixei o Twitter e o Facebook. Sei que há pessoas pensando: outra vez? Fiz isso 2 vezes há 1 ano, em dezembro e janeiro últimos, embora algumas pessoas falem disso comigo até hoje como se tivesse sido semana passada. Mas em compensação recebi alguns emails lindos falando da minha atitude. Obrigada pelo carinho :)
O importante é que estou muito tranquila em relação a isso, e não é esse fato que me impede de continuar interagindo com as pessoas que gosto. Vou ter muito mais tempo para a blogosfera que sempre foi uma paixão minha e que estava meio de lado.
O blogger continua com seus probleminhas e no Painel diz que não sigo nenhum blog :( No Reader, de mais de 1.000 blogs que sigo, só aparecem 42. Mas com certeza, ao invés de toda manhã ficar lendo tweets e postagens no face, e me aborrecer com muitos deles, eu vou blogar, o que sempre me deu muito prazer.

24 de nov de 2011

Dia de Ação de Graças

Assisti alguns episódios de séries que acompanho e neles se comemorava o Thanksgiving. Nos Estados Unidos é feriado e tem a tradição da família jantar junta e agradecer. O que muita gente não sabe é que o Dia de Ação de Graças foi instituido no Brasil em 1949, porém como não é feriado, quase ninguém sabe disso e muito menos comemora.
Na igreja católica comemoramos o Dia de Ação de Graças, dia de agradecermos a Deus por tudo que somos e temos. No Dia de Ação de Graças devemos também refletir sobre como temos nos comportado diante da Palavra de Deus, como temos agido em relação ao nosso próximo e sobretudo agradecer o dom da vida.

O Dia de Ação de Graças também marca o início do ano litúrgico e o Advento. O Advento são as 4 semanas que antecendem o Natal, um tempo onde nos preparamos para o Natal, para o "nascimento de Cristo".

"A liturgia do Advento nos impulsiona a reviver alguns dos valores essenciais cristãos, como a alegria expectante e vigilante, a esperança, a pobreza, a conversão. Deus é fiel a suas promessas: o Salvador virá; daí a alegre expectativa, que deve nesse tempo, não só ser lembrada, mas vivida, pois aquilo que se espera acontecerá com certeza. O tempo do Advento é tempo de esperança porque Cristo é a nossa esperança (I Tm 1, 1); esperança na renovação de todas as coisas, na libertação das nossas misérias, pecados, fraquezas, na vida eterna, esperança que nos forma na paciência diante das dificuldades e tribulações da vida, diante das perseguições, etc.
O Advento também é tempo propício à conversão. Sem um retorno de todo o ser a Cristo, não há como viver a alegria e a esperança na expectativa da Sua vinda. É necessário que "preparemos o caminho do Senhor" nas nossas próprias vidas, lutando incessantemente contra o pecado, através de uma maior disposição para a oração e mergulho na Palavra.
No Advento, precisamos nos questionar e aprofundar a vivência da pobreza. Não pobreza econômica, mas principalmente aquela que leva a confiar, se abandonar e depender inteiramente de Deus e não dos bens terrenos. Pobreza que tem n'Ele a única riqueza, a única esperança e que conduz à verdadeira humildade, mansidão e posse do Reino." (daqui
Hoje é dia de agradecer, mesmo que você não frequente uma religião, mas acredita em Deus. Se puder, reuna sua família e juntos tenham esse momento. Se não pode estar com sua família, tire um tempo prá agradecer.
Uma vez, num retiro, um frei disse que devemos agradecer não só os nossos pedidos que Deus atende, mas principalmente os que Ele não atende. Só Ele sabe o que é melhor para nós e se não atende nosso pedido, é porque sabe que aquilo nãoé o melhor. Quantas vezes você pediu algo a Ele, não foi atendida e depois viu que foi melhor assim?
Não precisa de palavras bonitas, não há regras, converse com Deus como conversa com seu melhor amigo, e tenha a certeza que Ele está ao seu lado lhe ouvindo.


Obrigada Pai!

Ao menos hoje, não reclame nem peça nada, apenas agradeça.

23 de nov de 2011

sorteio marcadores de livro internacionais

Nas duas vezes que fui ao exterior, comprei diversos marcadores pelos lugares que passeei. Alguns eu guardava e outros eu dava como lembrança aos amigos. Faz pouco tempo resolvi desfazer dos meus marcadores e comecei a dar, inclusive mandei diversos para uma amiga que descobri colecionava.
Outro dia mexendo numa caixa de cartões encontrei mais e separei para sortear aqui no blog. Tem marcadores de Portugal, Espanha, França e Inglaterra. Espero que gostem!


Para participar do sorteio basta preencher o formulário abaixo


Pronto! Você já está participando!

Se quiser chance extra, basta divulgar no twitter ou facebook , a seguinta frase:

#sorteio "Eu vou viajar com os marcadores internacionais que a @LuciCardinelli vai sortear no Vida. http://bit.ly/sQY14M "

Só pode divulgar uma vez ao dia em cada rede social

A divulgação não é obrigatória.

Cada vez que divulgar pode preencher o formulário abaixo:


Serão aceitas entradas até as 23:59 do dia 02/12. O sorteio será realizado pelo Random.org.
- A pessoa sorteada receberá um email e terá 5 dias para responder, caso contrário será feito novo sorteio.


Fiquem de olho que teremos mais sorteios!
Boa sorte!!

21 de nov de 2011

Culpa de Mãe, Cabra Cega e Segredos que Ferem. Você já conhece?

Nas minhas andanças pelos blogs literários conheci muitos novos autores nacionais, autores em seus primeiros livros, alguns na luta para conseguir uma editora, outros já comemorando por terem conseguido. Enfim, sabemos como esse caminho é difícil, por isso decidi divulgar alguns desses autores, ou melhor, autoras, pois são 3 mulheres.

Pedi que elas escrevessem sobre seus trabalhos. Vamos conhecer?




Culpa, culpa, culpa. Quando uma criança nasce, junto traz este sentimento de presente para sua mãe. E nós sabemos que carregaremos a tal da culpa muitas vezes em nossas vidas, melhor acostumar, aprender a lidar com ela. São vários os motivos que desencadeiam a culpa. O dilema maternidade x trabalho é campeão. Basta desejarmos ter filhos.
Assim que eles nos chegam, embrulhados em nossos maiores sonhos, acordamos para a realidade que nos lembra que fazemos parte de uma sociedade bem diferente daquela em que nossas avós viveram. A maioria de nós precisa trabalhar em uma atividade remunerada, muito mais pela remuneração do que pela atividade em si. Mas precisamos trabalhar por realização pessoal também, o que, é claro, não constitui crime algum, pelo contrário. Acima de tudo amamos nossos filhos, esses pequenos grandes seres que dão uma nova dimensão às nossas vidas. 
Queremos estar com nossos filhos. Ver seus primeiros passos, ouvir o som divino das primeiras palavras balbuciadas. Queremos conhecer seus primeiros problemas e saber de suas vitórias . Queremos estar lá sem deixar de sermos nós mesmas. Queremos ser mães. Alguma coisa contra?
Fernanda, a personagem principal de Culpa de mãe, deseja apenas ser mãe de seu bebê. Faltando poucos dias para o término da licença maternidade, a a nova mãe descobre que não quer deixar a filha apesar de ser muito feliz profissionalmente. A partir de então, inicia uma busca pela solução do dilema. Uma solução pessoal e intransferível.


Quer ler o primeiro capítulo? É só clicar AQUI

Para adquirir um exemplar do livro Culpa de Mãe  envie um email para: fiodeariadne.blog@gmail.com


A Vanessa é dona dos blogs Fio de Ariadne e Mãe é tudo igual  

..................................................................




Clara e Gustavo se conhecem em um Clube de Curitiba, quando ela estava pensando em viajar, antes de começar a fazer faculdade, e então se apaixonam e casam, assim, a vida de Clara muda rapidamente. A mudança é radical, pois Gustavo se revela um homem agressivo, ciumento, possessivo, violento, ardiloso e perspicaz, com isso transformando a vida dela numa constante surpresa e esconde-esconde. Não somente de comportamentos como também de cidades. Com o intuito de não criar laços com ninguém e, principalmente, de não deixar que a família de Clara saiba onde ela está, você vai acompanhar Cabra Cega sem ter a certeza de até quando aquela cidade fará parte dos planos de Gustavo. Em Cabra Cega acompanhamos os escondidos.

Cabra Cega é o meu primeiro romance e nele é falado sobre várias patologias, entre elas e a mais divulgada é a agressão física contra a mulher, mas não é o único assunto do livro. Falo também sobre ciúmes, paixão, agressão psíquica, dependência emocional, o poder de persuasão do vilão e muito mais. Publiquei Cabra Cega em Setembro de 2010 e no primeiro Concurso que participei entre 600 obras inscritas consegui o 3º lugar no II Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea. Sendo autora independente eu além de escritora, sou a Editora, a Divulgadora, a Assessora e a Distribuidora do meu livro. Aos poucos tenho conseguido grandes conquistas.
Amo escrever e seguirei certamente no caminho, mas como acredito que tudo nessa vida requer aprendizado e aperfeiçoamento tenho feito cursos diversos na área para melhorar cada vez mais, e em breve terei novidades para apresentá-los. 



Para comprar um exemplar do Cabra Cega, mande um email para a autora : cantinhoshe@gmail.com

Faça uma visita aos blogs da Sheila: Cantinho da She e Cabra Cega

..................................................................





Mayara vive em uma comunidade onde a lei do tráfico impera. Em um assalto à banco seu irmão é morto por ser um policial e ela é acusada de acobertar sua profissão. Só havia uma única opção: Fugir! Ela foge do cativeiro levando consigo um PM que foi sequestrado por engano. Na fuga ele a faz prometer que procuraria o Capitão Lopes para que eles a ajudassem. Maya sabia que ninguem poderia ajudar. Ela concorda com o rapaz achando que nunca mais o veria. Sem ter para onde ir acaba vivendo nas ruas do centro velho de SP. Mas nem tudo é desgraça em sua vida. Nas ruas conhece Estela, Sapo e Andrezinho eles dão proteção e segurança a ela. Com o passar das semanas Maya quase esquece que é procurada pelos traficantes até começar a aparecer corpo de jovem pelo centro velho…

Vamos falar do livro: Bom são 4 volumes, mas cada um com sua estoria própria, com começo,  meio e fim.
O nome da série é Segredos que ferem. São 4 amigo, que trabalham na ROTA  na verdade são 5 mas o 5º é casado, eu conto a história de cada um. No primeiro volume eles fazem uma pacto, quando os 4 estiverem casados eles deixam a profissão. Claro que nenhum pensava em casar. O 1 volume conta o segredo de tenente Guedes e Mayara, como vocês podem ler na sinopse..
Os outros estão sendo escritos, na verdade o segundo estou terminado e conta o segredo do tenente Campos e Tainá. Para quem já leu o primeiro, vai saber que Campos é o da correntinha rs. Sou suspeita para falar, mas estou gostando.Os outros dois estão no inicio, muitas emoções a caminho.


Para adquirir um exemplar de Sem Perdão, manda um email para contatomarciapaiva@gmail.com

Conheça o blog da Márcia, Segredos Que Ferem


Fica as sugestões de leitura e presente para o Natal!

Um ótima semana!

aaahhh essa semana vou postar os sorteios de Natal!
Não percam!!!

17 de nov de 2011

Nem sei que título dar a esse post...

Ontem recebi esse email. Já conhecia o trabalho, mas se você não conhece fica a dica e ajude a divulgar
O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site: www.dominiopublico.gov.br
  Eu acessei o site. Existe de verdade. Confiram
DIVULGUEM 
Leitores, estudantes, aproveitem essa oportunidade criada pelo Governo Federal...divulguem aos seus contatos...

LIVROS EM PDF - ISSO NINGUEM DIVULGA
A REDE GLOBO NÃO DIVULGA NUNCA ! ! ! Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos. Imaginem um lugar onde você pode gratuitamente: 
· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
· escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
· Ler obras de Machado de Assis Ou a Divina Comédia;
· ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA
· e muito mais....

Esse lugar existe! 
O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site: www.dominiopublico.gov.br Só de literatura portuguesa são 732 obras! 
Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.
Divulgue para o máximo de pessoas!
É MELHOR FAZER PROPAGANDA DOS BBBs E DAS NOVELAS, POIS, O POVO ASSISTE E FICA BURRO, E ASSIM É MAIS FÁCIL DE SER ENGANADO!

VAMOS COLABORAR!!!!!


Porém não posso deixar de comentar algo, que por mais que tente, não consigo entender.
Primeiro, uma coisa tão legal de divulgar, precisa vir acompanhada desse tom de revolta totalmente desnecessário. Segundo, essa revolta que pessoas têm com a Globo. No twitter eu já apelidei essa turma de "odiadores da Globo" . Impressionante como buscam motivos em pequenas coisas para se manifestarem contra ela, e muitas chegam a ser ridículas.
Uma vez uma pessoa tuitou para a outra que eu era apaixonada pela Globo, como assim? Eu não sou apaixonada por um canal de TV, mas também não deixo de assistir ótimo programas que passam por lá. Outra pessoa me fez a seguinte pergunta quando eu disse que na Globo tinha bons programas: "O que tem de bom na Globo? " Tipo de pergunta que nem devia responder, de tão ridícula, mas respondi, e cito Profissão Repórter, A Grande Família, Bom Dia Rio e Bom Dia Brasil, Altas Horas, Os Cara de Pau, Bem Estar, Vídeo Show... Ah e uma coisa que gosto muito na Globo é o respeito pelos horários. Há muito desisti de assistir filmes anunciados na Record e SBT por conta disso, não há o mínimo respeito a horários. Tem uma porção de coisas que eu não gosto na Globo, mas preciso ficar falando disso toda hora? Não gosto, não assisto, ponto. Meu tempo é precioso.
Falando em horário, me lembrei que uma vez uma amiga falou mal disso, que era um absurdo o horário que a Globo passava programas bons como Telecurso e Globo Rural. PeloamordeDeus , quem faz Telecurso geralmente trabalha, vai assistir a que horas? E o povo que tem maior interesse em Globo Rural? Ou seja, prá que pensar? O negócio é falar mal.
Na verdade eu acho que esse ódio pela Globo vem de posição política e tal, mas aí eu pergunto: E quem é o dono da Record? Eu não assisto a Record por conta disso, não dou audiência pro bispo, mas nem por isso fico falando mal toda hora, muito menos assisto ao canal para ter motivos prá falar mal. Aliás lamentei demais o PAN ser transmitido por eles e já lamento que as Olimpíadas também serão. Não por eu ter que assistir ao canal, mas pela péssima qualidade do trabalho.
Mas enfim, cada um tem o direito de gastar seu tempo e emoções com o que quiser. 

Se você for divulgar o trabalho acima, retire as observações de revolta, faça por achar útil.


Esse email já circula na net há anos...