3 de jan de 2011

Me reeducando - post 1

Mudar nunca é fácil, ainda mais mudar velhos hábitos, aqueles que te acompanham há trocentos anos. Porém preciso mudar alguns e o mais importante está na minha alimentação. Preciso perder algum peso, sim algum. Não tenho problema em relação a ser gorda, já tive, não tenho mais, e sei que isso é uma afirmação que a grande maioria não acredita que aconteça, mas tudo bem, eu sei disso.
Comecei a engordar quando há uns 15 anos parei de fumar, foram 14. Para conseguir tal feito caí de boca na comida e preincipalmente nos doces. Ou eu controlava uma coisa ou outra. Fiquei 2 anos sem fuma, voltei, mas os quilos continuaram comigo. A idade traz peso extra, isso é fato. Devagarzinho outros quilinhos foram chegando. O pior foi há uns 4 anos quando entrei na menopausa e logo depois passei a trabalhar em casa. No primeiro ano foram 10kg. Lamentar só lamentei toda a roupa que perdi :( mas que já dei todinha pois não tenho a menor intenção de voltar para aquele peso.
Decidir perder peso vem de apenas um motivo, saúde, e a parte dela é coluna, joelhos e facilidade em fazer certas coisas. Noto que devagarinho continuo ganhando peso. A outra coisa que preciso é fazer algum exercício. Odeio! Sou uma sedentária nata.
Sei que tenho dificuldade para perder peso, ja constatei isso, e acredito que é porque nunca faço exercício junto ao fato de cuidar da alimentação.
Hoje eu começo mudanças, não só na alimentação, mas em diversos hábitos que precisam se mudados. Não vou sair fazendo nada radical, mudando tudo num só dia porque sei que não terei sucesso, preciso me respeitar. Creio que um passo de cada vez surte mais resultados. Creio que  cada um se conhece bem, conhece seus limites e não adianta querer exigir de si o que já sabe que não será capaz, só traz frustração.
Ah mas o que você quer mudar além da alimentação? podem me perguntar. Quero diminuir a quantidade de café que tomo pela manhã, diminuir a quantidade de cigarros que fumo, diminuir a bebida alcoolica, fazer as pazes com minha esteira que fica abandonada no canto do quarto, por exemplo.
A única coisa que me ajudou a perder peso numa época, foi o Vigilantes do Peso e eu tenho todos os livrinhos, é o que pretendo seguir. Porém nessa primeira semana ainda não pegarei neles, fiz uma listinha dos primeiros passos:

- Diminuir o sal na comida que faço
- Comer mais fruta, legumes e verduras do que estou acostumada.
- Cortar doce ao máximo
- Cortar totalmente qualquer tipo de fritura
- Beber mais água 
- Cortar o pãozinho fresco da padaria, apenas pão de forma light, q já costumo comer.
- Diminuir a quantidade de comida no almoço e jantar.

Se eu conseguir isso, creio que já estou dando um bom passo.

Eu já estava com essa idéia quando a Clau Finotti do Força de Expressão lançou a idéia de uma Dieta Coletiva, uma forma de uma incentivar a outra. Aderi e toda segunda-feira a minha postagem será sobre minhas conquistas e derrotas sobre a minha reeducação alimentar.

Quer participar também? Aqui você fica sabendo como é e todo mundo que está participando. E aqui no blog usarei o marcador Dieta Coletiva para quem quiser ler todos os posts que farei.

Esteja a vontade para comentar, ajudar, incentivar, dar dicas. Críticas, só construtivas, as outras eu dispenso, ok?
 Uma ótima semana!!!

9 comentários:

  1. Isso, amiga, um pouquinho cada dia, senão a montanha fica intransponível. Deixea para comprar guloseimas sábado e domingo. De seg a sex, geladeira magra.

    comprando certo, fica mais fácil, por isso eu te digo: planeja.

    beijooooo

    ResponderExcluir
  2. Tb tô nessa e tb não pretendo radicalizar pois sei que não funciona. Meu gde desafio é a noite prá controlar a boca e tenho que deixar de ser sedentária, ainda não encontrei uma atividade que me dessa prazer, mas vou fazer caminhada.
    Força, juntas chegaremos lá!
    Bjs♥

    ResponderExcluir
  3. Concordo Luci! Se a gente muda de forma radical, ou se quer tudo de uma vez só, nada acontece! Mas se a mudança vem aos poucos, entrando devagar na rotina, acaba se tornando hábito! Parabéns e boa sorte para todas nós!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Comecei 2011 fazendo pequenas mudanças em minha vida...aos poucos, vou alcançar o que quero.


    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir
  5. LUCI..
    feliz ano bom minha querida que toas as bençãos de Deus te cubram como um manto de alegria e felicidade.
    lú...tb to nessa , aderi a idéia e estou achando maravilhoso conhecer cada história...
    sim, começe passo a passo ,devagar se vai ao longe sem loucuras pois elas sóm fazem mal e não atingem os objetivos.
    hoje me despeço dos fast, reduzirei e muito a cerveja e os cigarros estou diminuindo bastante...
    acredite que tudo dará certo vc , eu , nós vamos conseguir.
    força na peruca, baby!!!
    rsr
    bjuivos no seu coração.
    loba.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Luci,
    Desejo boa sorte nessa mudança de vida, que eu sei, é bastante difícil, mas é questão de mudar hábitos mesmo!
    Eu também preciso urgente fazer isso, mas no momento, os problemas estão tirando as minhas forças! Vou acompanhar seus posts, quem sabe eu possa me animar, também!
    Obrigada pelo comentário carinhoso lá no blog!
    Feliz 2011! Vamos nos conhecer esse ano? Eu adoraria!

    ResponderExcluir
  7. Assino embaixo de tudo que escreveu Luci!
    E considero que nossa Dieta Coletiva será como um Vigilantes do Peso. Estamos aqui para dividir receitas, conquistas e como está sendo a dieta de cada. Além de tudo incentivamos umas as outras!

    Comece devagar, uma passo de cada vez, e o resultado virá, pode não ser rápido, mas com certeza dentro de um tempo ele aparecerá!

    Vou postar sobre a Dieta Coletiva sempre no http://noivablogando.blogspot.com
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  8. Luci, sei o quanto é difícil esse início, passei por isso antes de engravidar do Leo, me vi muito acima do peso, sedentária, desanimada, com uma marido que não colabora no quesito alimentação saudável... diferente de vc, eu me odeio quando estou acima do peso, me irrito, não tenho vontade de nada, nem de por a cara fora da porta e na verdade isso é muito bom, porque me serve de incentivo prá não deixar a situação se prorrogar, mas sou totalmente contra mudanças drásticas, medicamentos, radicalismos. Acho que cada um sabe de si, de onde pode ir, o que pode mudar. Sempre digo que fazer dieta não é o canal, reeducar-se sim, mudança de hábitos. Boa sorte prá todas nós e estou aqui de mãos dadas contigo ;o) Beijocas.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lucí
    Depois de entrar na dieta coletiva, percebi o quanto fui relapsa comigo. Mas tenho lido os posts feitos pelas participantes e acho que será muito proveitoso. Uma vai incentivar a outra, cada uma com sua história e motivação. O melhor, talvez, é que nos tornaremos mais próximas umas das outras e se Deus quiser, mais saudáveis.
    Não entendo quase nada de dieta (nunca fiz). Acho que vou xeretar todos os posts para aprender. Você se deixa?
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir