1 de fev de 2011

dando notícias :)

E janeiro já se foi.... Com certeza as pessoas estarão dizendo que o tempo está correndo muito e não conseguiu fazer quase nada do que queria. Andei pensando sobre isso nos últimos dias e me pergunto se é mesmo o tempo correndo ou nós que estamos com coisas de mais para fazer e assim não damos conta.

Desde o dia 15 de janeiro tenho dedicado 90% do meu tempo as campanhas de doação e a Rifa Solidária e estou muito feliz com o resultado. É muito trabalho, qu enem eu dimensionei que seria. São controles, muitos emails a mandar e a responder, conferência de depósitos, mas tudo valendo muito a pena. Porém confesso que comecei a sentir saudade da minha vidinha. No domingo acordei sem net e a previsão de retorno era 12h. Aproveitei isso e decidi passar um dia sem net. Uma coisa que antes me deixaria doidinha, me fez um bem enorme.Curti bem o meu dia e me curti.

Desde o meu tombo, meu pé direito nunca mais foi o mesmo. Já vai completar 2 meses e ele sempre inchando muito. Semana passada começou a avermelhar e pensei logo numa inflamação e comecei a dar banho nele com cataflan e ontem fui ao médico. Ele está com problema de circulação e médico me disse que seria um principiozinho de trombose, o que me assustou muito. Me pediu para ficar ao máximo com ele para o alto e nada de ficar sentada no pc ou trabalhando... Por conta da rifa ele permitiu que a cada hora no pc, devo ter 1h na cama com o pé para o alto. E mesmo aqui no pc, tem uma mesinha baixa com uma almofada para deixá-lo pro alto.Medicação para circulação dos membros inferiores, de 500mg por 3 meses. Então vamos lá. 
A bolinha que ficou na minha cicatriz do corte ao lado do olho ele disse que o p*** do médico pegou um nervo ao dar os pontos e por isso é dolorido. Ao olhar meus joelhos noto que o esquedo criou uma "ponta", ele disse q a patela foi machucada e meio que saiu do lugar e me mandou para ortopedista. O engraçado é que não dói a não ser que eu aperte o local.

Eu já deveria ter aprendido uma lição que a vida me ensinou, mas acabo esquecendo e tibum! Tudo aquilo que planejo muito não acontece, não adianta, é sempre assim. Passei 2 meses planejando minha viagem nas festas de final de ano e também tudo que eu faria em janeiro, como diversos novos projetos de trabalho, pintar apartamento e mais uma porção de coisinhas que precisava fazer. Conclusão? Não fiz absolutamente nada do que planejei, sem contar q por conta do tombo a viagem foi por água a baixo. Então, lição relembrada vamos devagar...

Amanhã teremos o primeiro sorteio da Rifa Solidária. Se você está participando, dá uma lida AQUI.

beijos e um excelente dia!!!

8 comentários:

  1. Ei querida, que tal tirar o pé do acelerador? Passe a cuidar melhor de ti.Você já fez muito pela rifa solidária e precisamos de você totalmente inteira...
    Estamos aqui torcendo por sua rápida recuperação, mas procure ficar de repouso, agora isto é necessário.
    Um grande beijo.
    Fátima.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luci!
    Te conheço há pouquíssimo tempo (inclusive pessoalmente), mas pud peceber que você não é mulher de parar. Pois é. Mas precisa. Ao menos, diminuir a marcha. É necessário para o teu retabelecimento. Portanto, acompanhe, sim, mas devagar. Se cuide. Fique inteirona para os encontros entre blogueiras, para as "saarizações" (a Fernanda Reali me convidou ontem), para o ano que só começou e tem muita coisa por vir, tá?
    Um beijão (meu e do Davi)!

    ResponderExcluir
  3. aqui o mês passou rápido tb... a mobilização aqui é pelas vítimas das enchentes na Austrália - apesar de quase não ter tido mortos, muitos perderam tudo, cidades inteiras debaixo d'agua. Ano começou complicado...

    ResponderExcluir
  4. Tia Luci,

    Sabe que muitas vezes a sensação do tempo passar rápido pode ser por ter muitas coisas a se fazer, mas a sensação de não ter feito nem a metade, pode ser por casos específicos e fatores externos, ou uma falta de administração do tempo. Venho pensando muito a respeito disso. =]

    Que bom ter notícias suas, já que andamos nos desencontrando no twitter. Espero que se cuide direitinho para obter a melhora esperada. E sim, muita calma. Nem tudo é como a gente quer, nem tudo pode ser perfeito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Luci!

    Poxa vida...tu trabalha pra cacete mesmo hein? Mas tá trampando tanto que o corpo tá pedindo arrego...descansa mulher! Melhoras procê e SE CUIDA!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Luci...e melhoras pro seu pé. qualquer coisa troca de médico, sei lá, mas atenção viu, pra não complicar.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Luci!

    Você está fazendo um trabalho maravilhoso! Parabéns, viu! Mas desejo que cuide de si, da sua saúde, coloque seu pé pra cima pra poder melhorar logo! Tem horas que temos que dar um "stop" na nossa vida e olhar com mais carinho pra nós mesmas... Espero que fique bem!

    Um beijo

    Carla

    ResponderExcluir
  8. Luci, oi!

    Minha querida, uma coisa é ajudar (fazer um pouco pelo outro), outra coisa é fazer TUDO pelo outro, isto não deve acontecer, nem Deus topa fazer a parte que cabe à cada criatura.

    Falo isto até levando em conta meus problemas familiares, vc sabe.
    A gente deve sacar o momento de dizer:opa, hora de dar um tempo e cuidar de mim tb.

    Muitas pessoas estão precisando de cuidados e descanso, inclusive vc.

    Beijoca com carinho

    ResponderExcluir