8 de mar de 2011

mulheres e suas vitórias

Que ser mulher, nesse mundo ainda repleto de preconceitos, não é fácil, todo mundo sabe. São muitas batalhas travadas todos os dias de acordo com suas escolhas. Porém há batalhas que não são escolhidas, que são dificeis, e que ela enfrenta apesar dos medos, da fragilidade. Eu falo de doenças e hoje em especial eu quero homenagear as mulheres, sua força, através de mulheres que no último ano travaram uma dura batalha contra o câncer e conseguiram vencê-lo. São mulheres famosas, mas na pessoa delas eu homenageio todas as mulheres que já passaram ou estão passando por isso.


Drica Moraes
estou amando vê-la em TiTiTi

Presidenta Dilma, que passou por ele num momento tão importante da vida dela

Gloria Perez, que nesse momento difícil escrevia mais uma de suas maravilhosas novelas

Hebe dispensa palavras, tenho a maior admiração

Márcia Cabrita que sempre nos divertiu e está de volta com esse sorrisão

Vocês sabiam que em 80% dos casos de câncer com mulheres casadas o marido se separa?

Você sabe que pode ajudar, não só as mulheres, mas crianças e todos que enfrentam essa doença? Vejam como:

- Doação de Sangue: dispensa explicações. Veja todas as orientações aqui
- Doação de Plaquetas: por conta da quimioterapia, transplante de medula e até intervenções cirúrgica os pacientes precisam de plaquetas. Saiba tudo aqui
- Doação de Medula: Basta 5ml do seu sangue e você vai para a lista de doares e poderá salvar uma vida. Saiba tudo sobre o assunto aqui

Vamos tirar um tempinho e fazer nossa parte?

REDOME - Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea Rua do Resende, 195, térreo - Centro - Rio de Janeiro / RJ
Telefone: (21) 3207-5238
e-mail: redome@inca.gov.br


Fonte: INCA 


Parabéns as mulheres e aos homens que amam, valorizam e respeitam essas mulheres.
(tá, eu sei q tem mulher e homem q não valem nada, mas esses nós esquecemos)

12 comentários:

  1. nossa, assustei com esse dado, da separação! chega a ser covardia, o marido cair fora justo na hora que as mulheres mais precisam de ajuda! que isso...

    parabéns TODOS OS DIAS POR SER MULHER, Luci.
    e o seu post foi mto bacana, pela forma abordada. todo mundo precisa mesmo ajudar.
    bom dia

    ResponderExcluir
  2. Linda abordagem,Luci! Parabéns à todas nós,beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Assisti de perto um desses exemplos que aumentam as estatísticas de separação em casos de doença. Uma prima da minha mãe teve câncer de mama há 10 anos atrás, ela se submeteu à uma mastectomia e o marido disse que não queria mulher mutilada, queria uma inteira. E foi embora.
    Foi triste e chocante para a família toda. Mas ela deu à volta por cima e hoje é casada com um homem que a ama muito.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Luci
    Um dos posts de homenagem mais bonitos que vi hoje pela mensagem final... surpreendente para mim... mas nem tanto em se tratando de algum comportamento másculo...
    Estou oferecendo um Retiro Espiritual em meu blog... é tempo de reflexão!!!
    Seja muito feliz e abençoada!!!
    Bjs de confete e serpentina de paz.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post, Luci, parabéns pra vc de novo! Olha tem um site tb que a cada clique vc contribui pra que mulheres possam fazer mamografias grátis. Vou procurar o link e volto!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. vOLTEI COM O LINK:
    http://www.cancerdemama.com.br/

    IMPORTANTE DIVULGAR!!!
    BJS, MAEZINHA LINDA!

    ResponderExcluir
  7. Oi Luci

    Excelent post... Muito legal ressaltar essas mulheres fortes que apesar de toda luta, superam e dão a volta por cima.
    Essa estatística sobre os maridos é complicada... Homens, com suas raras exceções, não sabem lidar muito bem com o problema. Eu tenho uma tia que está em processo de quimioterapia por um câncer de mama. O cabelo caiu, como já esperávamos, e o marido quer que ela fique 24hs por dia (até pra dormir) com a cabeça coberta por um lenço ou touca. Falta de compreensão total. Deu pena ver algumas vezes a cabeça cheia de brotoeja. Ele justifica que não aguenta vê-la nesse estado. Já fico pensando como vai reagir caso tenha que retirar o seio. Enfim...

    Muito legal a divulgação sobre como podemos ajudar. Eu e marido já somos doadores de sangue. E somos cadastrados no REDOME. Ele já faz doação de plaquetas há muitos anos. É importante ressaltar que, diferente da doação de sangue, as plaquetas podem ser doadas 1 vez por mês.

    Ma é isso aí...
    Parabéns pelo post...

    Bjoks

    E Feliz Dia da Mulher

    ResponderExcluir
  8. Eu já pude presenciar um caso desses, uma cena lamentável de se ver e eu senti na pele a angústia daquela mulher récem operada e tendo que aguentar a injúrias do marido insensível.
    Num dia tão importante como esse sua postagem fez uma homenagem que faz jus a todas nós.

    ResponderExcluir
  9. Luci adorei o post, parabéns pra vc e a todas nos mulheres. bjos

    ResponderExcluir
  10. Ótimo post. Admiro muito essas mulheres que batalham muito, não se entregam de jeito nenhum. Adoráveis, admiráveis. Minha mãe é uma delas, sem dúvida. Mas vitoriosa, assim como todas.
    Parabéns para elas, parabéns para nós.
    Beijinhos, com carinho
    Joana (Jô)

    ResponderExcluir
  11. Passando por aqui pela primeira vez. Parabéns pela iniciativa de divulgar os dados do REDOME. Sou doadora cadastrada e também já falei sobre isso meu blog.

    Gostei muito do que li por aqui... voltarei!

    beijinho

    Tatá

    ResponderExcluir
  12. Bem, Luci, acabo de conhecer melhor seu BLOG, pois vim aqui te dar os parabens pelo niver. Gostei de tudo-tudinho e nao sou de bajular ninguem pra agfradar ou "fazer media"... TB SOU SUPER FA DAS MULHERES CITADAS, ESPECIALMENTE DA DRICA, que tinha acabado de adotar um filhinho qdo a noticia da doenca chegou, nao foi? que bom que todas essas mulheres deram a volta por cima!
    OLHA, EU SOU 100% A FAVOR DA DOACAO DA MEDULA OSSEA e nao sei porque a MIDIA nao explica e nao divulga isso assim: tim-tim-por-tim-tim... tem muita gente que nao sabe que o processo e' relativamente simples, que o doador nem precisa ficar dias internado, etc., que e'feita uma "puncao" do liquido... as pessoas acham que vao "operar", abrir... tirar pedaco de osso!
    Eu escrevi tb sobre o tema, em setembro de 2010: http://umaesposaexpatriada.blogspot.com/2010/09/medula-ossea-vamos-conhecer-mais-um.html
    Bjs! e muito prazer.

    ResponderExcluir