10 de jul de 2011

5 anos...

5 anos se passaram e a saudade é a mesma.

Como eu sempre fui a fotógrafa da família, depois que ela se foi descobri que quase não tenho fotos com ela. Por isso sempre uso fotos de quando eu era bebe, acho que é um momento bem mágico entre mãe e filha.


Outro momento da vida dela que sei foi muito feliz foi quando foi vovó


Apesar dela não estar aqui e ter podido participar de tantos momentos da vida da neta, 
sei que de onde está tem muito orgulho dela.

Mãe, sinto sua falta todos os dias...



Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,é tempo sem hora,
luz que não apaga quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondidona pele enrugada,
água pura, ar puro,puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará semprejunto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Porém Drummond conheceu uma dor maior, aquela que considero a pior de todas, perdeu sua única filha, sua melhor amiga, a pessoa a quem mais amava. Entrou em tristeza profunda e faleceu 12 dias depois.

12 comentários:

  1. um abraço querida..tem dores que só quem as teve que sabe o quanto dói.

    Guarde as lembranças desses momentos tão lindos que sei que já é o tem feito... eles são bálsamo..mas claro, saudades, sempre e muita.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Tem dores que vão nos acompanhar por toda a vida. Mesmo que as lembranças lindas ajudem a anestesiá-las.
    Um abraço bem apertado nesse dia de hoje!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Luci, meu abraço e minhas preces. É difícil ficar sem o contato de quem amamos; quanto maior o amor, maior a saudade. Que as boas lembranças possam suavizar a sua dor nesse tempo de saudade.
    Paz e bênção.

    ResponderExcluir
  4. Luci, que linda era sua mãe! Tanto de novinha quanto mais velha.
    Meu pai se foi há 16 anos. Ontem mesmo falava com uma amiga que me lembro dele todos os dias do ano, MENOS no dia em que faz aniversário da morte dele! Incrível, mas é verdade. lembro-me dele no dia 05/04 e no dia 07/04. No dia 06/04, quando morreu, não me passa pela cabeça que era o dia...
    No outro dia, a primeira coisa de que me lembro: "Ontem foi aniversário de morte do papai"!
    Freud explicaria?? rsrsr
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Luci Querida!
    Que a saudade lhe traga boas recordações e que Deus conforte seu coração.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Luci querida,

    Me fez chorar. Tenho tanta saudade! Sei que ela está bem e feliz! isso conforta um pouco. Mas a saudade não tem jeito, é para o resto da vida. Os dois foram pra outra dimensão com diferença de um mês. A saudade está sempre em dobro!

    Girassóis nos seus dias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Luci,boa noite!
    É,saudade é uma dor danada de doida mesmo...!!
    Estranho,o inverno nos trás estes sentimentos...,ando com saudade do meu pai...!
    Fico com tanta tristeza qdo minha mãe fala q está com saudade da mãe dela(vó),e me pego pensando e me deprimindo temporariamente e antecipadamente,qdo minha mãe partir para outra vida...!
    Tenho certeza q sua mãe fica muito feliz de ver vc tão generosa,tão amorosa e dedicada...
    Fique bem!
    beijo.
    Vania.

    ResponderExcluir
  8. Vc lembra sua mãe.
    Sei o q é a dor da perda, perdi meu pai e vó muito nova tinha apenas 11 anos, mas a dor sempre será imensa.
    Fique bem.

    bjos

    ResponderExcluir
  9. Essas datas sempre mexem muito com a gente;é inevitável...trazem emoções à flor da pele.Mas, procure não sofrer muito.Um bom filme,de preferência divertido - pra escapar mesmo.Eu procuro driblar esses sofrimentos que não têm remédio.Lidar com esses espaços afetivos vazios é muito difícil.Um sono reparador,pra amanhã estar inteira na sua vida tão generosa.Você estará em minhas orações hoje.Bj

    ResponderExcluir
  10. Oie Luci! Sei bem o q é essa saudades q tu esta sentindo, não tem como não lembrar de sua mãe tds os dias. A minha já se foi a três anos e 9 meses e até hj a sua presença é diária, a cada conquista, a cada dor, a cada tristeza, a cada novidade, em fim em todos os momentos da minha vida lembro dela e eu como vc tenho pouquíssimas fotos com minha mãe depois de adulta.Mas infelizmente essa é a única certeza que temos, um dia todos nos iremos partir e alguém q nos amou muito estará pensando em nos assim como nos pensamos em nossas mães diariamente. Bjos e linda semana!!!

    ResponderExcluir
  11. Luci,
    lindo post. Também penso na minha sempre, mas sei que ela está bem!
    bjs e boa semana
    Jussara

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto querida. realmente os que amamos não podiam ir nunca...

    Bj

    Beta

    ResponderExcluir