2 de nov de 2011

eu e a morte

Antes de mais nada, quero deizer que respeitoquem goste e vai, mas eu acho cemitério o lugar mais mal aproveitado do mundo. Um lugar que até depois de morto há discriminação, túmulos simples contrastando com túmulos suntuosos. Espaço que poderia ser utilizado para outros fins e que no fundo serve para alimentar um comércio absurdo. 
O importante é a alma e não o corpo, e para mim a pessoa não está ali. Ela deve permanecer no meu coração e posso rezar por ela em qualquer lugar e a qualquer momento. Por isso sou adepta da cremação. Quando meus pais ainda podiam decidir, eu e irmão conversamos com eles e optaram por ela. 

Aqui foram jogadas as cinzas deles, Mirante do Leblon




Tenho a morte muito bem resolvida em mim, é uma continuação e não um fim. Creio no que Jesus disse, que prepararia um lugar para mim na casa do Pai. Claro que sinto saudades dos queridos que perdi, mas tenho a certeza que estão bem e que ainda irei encontrá-los.

Eu vou ser cremada, e além disso já disse para irmão que não quero velório. A partir do momento da minha morte, estarei longe do meu corpo. Quero que as pessoas se lembrem de mim viva e feliz! Quero que comemorem a vida que eu tive. Não vou precisar de flores, nem de velas, só e unicamente de orações.

10 comentários:

  1. Esse é um assunto que oprime muita gente e a palavra morte até parece um tabu para algumas pessoas.

    Quando eu falo pras pessoas que no meu velório quero festa, quero canto, quero alegria, porque eu creio pra onde vou, vou pra junto do meu Salvador.

    Minha fé é muito resolvida, tenho certeza da vida pós morte junto com Jesus Cristo e Deus Pai.

    Podem me chamar de louca, mas eu realmente creio que essa vida terrena é só um teste pra saber se merecemos ir para um lugar melhor, creio em algo maior que cuida de mim, creio que o Espirito Santo me toca e me ensina e guia, mas sei também que a decisão final é minha, a escolha de qual caminho seguir é uma responsabilidade individual, por isso Deus nos deu o livre arbítrio, que é pra ser usado.

    Eu estou firme na minha decisão e isso me traz tranquilidade a respeito da morte.

    Não estou fazendo apologia pela minha fé, apenas dando a minha versão ao tema.

    bjks linda, fico feliz por vc ter isso resolvido também na sua vida.

    ResponderExcluir
  2. Só posso dizer que concordo com vc,as cinzas de meu pai foram jogadas no rio Araguaia,onde ele queria.Pago meu mútuo funerário com taxa extra para cremação.
    Beijokas carinhosas..www.sonhofantasiarp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Realmente o que importa é a alma, por isso não suporto essas coisas de pedidos pra isso e aquilo pós morte.

    Há pessoas que depois de mortas dão um baita trabalho para os que sobram pra satisfazer as bobas vaidades... Lindo lugar escolhido por vocês! beijos,chica e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  4. Luci,

    Também sinto saudades e tenho a mesma certeza que você.
    Girassóis nos seus dias. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Penso como você e deixa eu te contar, meu pai foi corredor de automóvel e foi cremado. As cinzas dele foram jogadas na pista de Interlagos. Ele pediu, nós atendemos. Simples assim e bem mais verdadeiro. Bjo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Luci,

    Perdi meu pai recentemente. Também acho que a alma dele não está presa ao túmulo. Ele não era do tipo que falava como queria que fosse depois de sua morte, mas visitar, deixar flores, acender velas, rezar, seja aqui ou seja lá, é a forma que escolhemos tbm de homenagea-lo, e diferente da menina que comentou acima, não vejo isso, ou qq outra forma de homenagem como mais ou menos verdadeiro...

    Beijossssss

    ResponderExcluir
  7. Minha querida amiga, mais uma vez concordo com vc! Tb quero ser cremada (e ja' ate' deixei papel assinado e registrado em Cartorio). Tb nao quero ninguem chorando pela minha morte, e sim rindo por ter me conhecido.
    Claro que nao quero "ir agora" pois tenho muito a fazer e oferecer, mas... CADA UM TEM SUA HORA.

    Mil bjs!
    ;-)

    ResponderExcluir
  8. Luci partilhamos da mesma idéia sobre cemitérios, tanto que o meu post de hoje fala sobre o meu feriado de ontem.... uma celebração a vida. Aqui também os qu forem antes de mim vou mandar cremar e eu todos sabem que prefiro ser cremada.
    Pois além de túmulos enormes que concretam uma área que poderia ser verde, tem gente que morava em casa de madeira, não tinha dinheiro e quando morre a familia se enche de dividas para fazer a sepultura.
    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Cada vez me sinto mais igual à vc, faço minhas todas as tuas palavras, e sei que isso tudo é transitório.

    Beijos e um domingo de paz prá vc ♥

    ResponderExcluir
  10. Concordo, Luci. Velório é triste, doloroso... uma pena que a cremação seja meio complicado (R$) pra mta gente pq acho q seria o certo por tudo o q vc disse.
    Ir ao cemitério é algo estranho... vai fazer o que lá? rs Mas isso vai de cada um. Tbm não vou. O melhor a fazer é uma oração pelos que já foram, sentir a saudadezinha (q dá pra sentir sempre, né?) e pronto.
    Beijão

    ResponderExcluir