9 de dez de 2011

Meu Dezembro III


Para entrar no clima natalino, para ajudar nas minhas reflexões de final de ano, não podem faltar filmes e livros. Me lembro de uma época que a TV passava muitos filmes e desenhos com o tema e assim cresci. Mais tarde comprei muitas fitas VHS, depois DVDs e também gravei muitos que passavam na TV, principalmente na madrugada e que não se encontra em DVD para comprar. De VHS passei meus filmes para DVD e todo ano eu os assisto. Hoje com a facilidade de alugar filmes pela net, pego todos os que não tenho.


Esses são meus livros de dezembro. Os 2 primeiros leio inteiros, os outros dois leio partes,principalmente aquelas que estão marcadas, para relembrar certas coisas que as vezes esquecemos. O bom é que cada vez que leio, uma parte marca mais, aquela que estou precisando no momento.

Uma Ética para um Novo Milênio, não é um livro sobre religião, mas sobre ética mesmo, sobre algo que está bem em falta nos dias de hoje. "Quanto mais coisas vejo no mundo, mais claro fica para mim que, sejamos ricos ou pobres, instruídos ou não, todos desejamos ser felizes e evitar os sofrimentos.

Constato que, de modo geral, as pessoas cuja conduta é eticamente positiva são mais felizes e satisfeitas do que aquelas que se descuidam da ética. Ao pregar uma revolução espiritual, estaria eu afinal defendendo uma solução religiosa para nossos problemas? Não. Cheguei à conclusão de que não importa muito se uma pessoa tem ou não uma crença religiosa. Muito mais importante é que seja uma boa pessoa." Dalai Lama

As Grandes Lições da Vida, foi escrito por um professor que observou que se ensinava muito aos jovens, mas não se ensinava nada sobre a vida. "Urban apresenta as 20 lições que considera essenciais para estabelecer boas relações com as pessoas, definir objetivos de vida e adotar os hábitos necessários para alcançá-los, saber apreciar suas próprias qualidades e se empenhar para realizar todo o seu potencial. Sem propor fórmulas mágicas, ele trata de valores eternos como trabalho duro, honestidade, bondade e respeito, falando com sabedoria de temas como sucesso, tempo e dinheiro, bem como da importância de se ter uma atitude positiva, de ser capaz de rir e de apreciar a vida, de estar disposto a aprender sempre e de ser uma boa pessoa. "

Com minha paixão pelos filmes e meu amor pelo Natal, os filmes natalinos, histórias que se passam nessa época, não podem faltar no meu dezembro. Filmes com histórias de superação, de amor, de "milagres", filmes que mechem com minhas emoções, filmes que me fazem refletir. Fotografei os que já assisti esse mes, pois fazendo meus trabalhinhos de costura e com os filmes dublados, vejo um atrás do outro. Até mesmo os legendados,por já ter assistido tantas vezes, não faz muita diferença, apenas volto certas partes que quero prestar mais atenção.


Um Natal Mágico eu tenho gravado da TV, não existe em dvd :(




Existe uma versão mais nova de A Felicidade não se compra e é com uma personagem feminina, tenho gravado também, não há DVD. A Canção de Bernadete, a menina que teve as visões de Nossa Senhora de Lourdes, é que me fez entender e aceitar os sofrimentos na nossa vida.



Esses são os mais importantes, assisto no início do mes, no meio do mes e no  final de mes. 
O Quarto Sábio seria o quarto Rei Mago, mas não chega a tempo de encontrar os outros 3. Para ele só o Rei que estava nascendo seria capaz de lhe ensinar o sentido da vida. Porém algumas surpresas acontecem e mesmo sem si dar conta Jesus lhe ensina isso, que ele só percebe no final. Um exemplo de como as pessoas buscam por algo e não percebe que está bem na sua frente.
A Corrente do Bem é uma lição a cada momento. Não é aquela história da busca de um mundo melhor que tudo vai dando certinho e tem final feliz, mas que mostra todas as dificuldades que alguém que deseja isso, vai encontrando. O quanto cada pessoa tem sua história e luta com suas dificuldades para ser melhor, para mudar. Mostra principalmente que cada gesto seu para o bem, sempre vai fazer diferença. 

Nesse momento, postando sobre os filmes, percebi que não fotografei um dos meus preferidos, e para ser mais rápida, peguei imagens na net.


Um Conto de Natal ! Sim, a história dos 3 fantasmas, Passado, Presente e Futuro, que vem visitar o avarento na noite de natal. A minha versão preferida é a de 1999 com Patrick Stewart, que é a que tenho. Mas já assisti a versão mais nova com Jim Carrey. Ah e tenho gravado a versão antiga, 1951.

Há outras versão, inclusive em desenho animado


Aliás, o que não falta são diversos desenhos com tema natalino. 
Que tal locar para seus filhos assistirem?



Aqui alguns dos meus filmes gravados e o meu preferido é A Árvore de Natal, mas nem imagem tem na net :(

E você, tem algum filme natalino que gosta de assistir?



4 comentários:

  1. Aqui em casa em Dezembro assistimos O Grinch várias vezes as mensagens que esse filme passa é demais...sei que é de um humor sarcástico e muitos podem não gostar,mais foi esse filme que ensinou ao meu filho sobre o comercialismo que virou o Natal e que mesmo sem presentes o importante é a família reunida..

    ResponderExcluir
  2. Luci,

    Post delicioso! Eita mulher que sabe o que é bom! Girassóis nos seus dias. beijos.

    ResponderExcluir
  3. Alguns dos filmes natalinos que voce citou eu já assisti e amei todos!!
    Sugiro a você que assista "Anjo de vidro".
    É um conjunto de várias histórias que acontecem no Natal.
    É lindo!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Luci, ia sugerir o mesmo que a menina acima, a Caroll. É um filme lindo, passado em uma noite de Natal. Lindo demais. Com a Susan Sarandon, Penélope Cruz, Robin Willians, o veterano Alan Arkin e outros não tão conhecidos. Lindo, lindo, tenho certeza de que vc vai gostar!

    ResponderExcluir