6 de out de 2012

Decálogo de Bertrand Russell (Código de Conduta)

Bertrand Russell propôs, na sua autobiografia, um "código de conduta" liberal baseado em dez princípios, à maneira do decálogo cristão.


1- Não tenhas certeza absoluta de nada.
2- Não consideres que valha a pena proceder escondendo evidências, pois as evidências inevitavelmente virão à luz.
3- Nunca tentes desencorajar o pensamento, pois com certeza tu terás sucesso.
4- Quando encontrares oposição, mesmo que seja de teu cônjuge ou de tuas crianças, esforça-te para superá-la pelo argumento, e não pela autoridade, pois uma vitória dependente da autoridade é irreal e ilusória.
5- Não tenhas respeito pela autoridade dos outros, pois há sempre autoridades contrárias a serem achadas.
6- Não uses o poder para suprimir opiniões que consideres perniciosas, pois as opiniões irão suprimir-te.
7- Não tenhas medo de possuir opiniões excêntricas, pois todas as opiniões hoje aceitas foram um dia consideradas excêntricas.
8- Encontres mais prazer em desacordo inteligente do que em concordância passiva, pois, se valorizas a inteligência como deverias, o primeiro será um acordo mais profundo que a segunda.
9- Sê escrupulosamente verdadeiro, mesmo que a verdade seja inconveniente, pois será mais inconveniente se tentares escondê-la.
10- Não tenhas inveja daqueles que vivem num paraíso dos tolos, pois apenas um tolo o consideraria um paraíso.


6 comentários:

  1. Um bom texto sempre vale! Excelente contribuição nessa hora em que os ânimos ignorantes se manifestam inconvenientemente. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Texto perfeito para dias como os atuais.
    "Encontres mais prazer em desacordo inteligente do que em concordância passiva, pois, se valorizas a inteligência como deverias, o primeiro será um acordo mais profundo que a segunda." Leio isso e concordo tanto!

    ResponderExcluir
  3. Gostei dos 10.
    A 2,4,6,8 e a 10 são essenciais.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
    Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
    Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
    Deixo a minha benção e a paz de Jesus.

    ResponderExcluir
  5. Meu pai sempre citou o Bertrand Russell. Quando adolescente eu até ficava com raiva dessa coisa chata que ele vivia lendo (suas obras fazem parte do acervo de meu pai) e sobrava sempre pra criatura aqui limpar toda a biblioteca. Eu queria ler naquele tempo Agatha Christie... Hoje, na verdade hoje não, já faz um bom tempo, percebi minha santa ignorância adolescente, não pelo que queria ler, mas por não entender os valores dos ensinamentos de meu pai. Graças a Deus deu tempo de aprender...
    Bjks

    ResponderExcluir